História Escola, Rock e Cinco Garotos Loucos - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso
Visualizações 22
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Entrando Na Banda



   O caminho para casa foi bem silencioso, Marin dirigia sem nem ao menos olhar para mim, quando chegamos em casa fomos direto para o escritório dela, ou seja a cozinha.
-Me começa a explicar.
-Pensei que você já soubesse.
-O diretor me contou uma historia, que na moral, não deu pra acreditar.
-O que ele falou?
   Marin suspirou sentou em uma cadeira fez sinal para que eu fizesse o mesmo, sentei na sua frente.
-Ele me disse que você e seus amigos provocaram a briga e eu sei que você não faria isso, então o que aconteceu?
-Foi ele que começou não eu desde que cheguei nessa escola.
-Espera ele quem?
  Contei toda a história para ela desde quando cheguei à escola.
-Porque não me contou entes?- perguntou Marin chateada.
-Não queria te incomodar, você já se estressa com seu trabalho fora os pepinos da faculdade, eu pensei que ia conseguir me virar.
-Me desculpa.
-Hã?
-Deveria ter percebido que você não andava bem.
-Ei relaxa- disse pegando sua mão- eu to legal.
  Marin sorriu.
-Bem pelo menos você fez amigos, traga- os para casa quero conhecer e agradecer por terem te ajudado.
-Ta bom!
_________________________________&_____________________________________
  Assim que cheguei à escola fui procurá-los, “bom não vai ser difícil encontrar já que são um grupo que se destaca na multidão”.
-Seiya!- gritou uma cabeça loira
-Aqui!-sinalizou uma mão.
   E lá estão eles na frente da sala de química sentados em cadeiras e com as pernas esticadas em outras cadeiras.
-Senta ai. -disse Shiryu.
-Obrigado. - sentei e fiz o mesmo que eles com a perna- Como vocês conseguiram essas cadeiras?
-Pegamos da sala de química. -respondeu Ikki.
-E a professora sabe?
-Não.
-Oi meninos.
  E então ela apareceu. Saori Kido, a deusa do mundo, pelo menos do meu mundo.
-Oi. -responderam todos, exceto eu que tava ocupado demais babando.
-Ai quer um babador?-pergunta Shiryu me cutucando.
-Não, to de boa. -abaixo a cabeça.
-Ikki eu terminei o concerto naquelas partituras que você me pediu. -disse ela entregando umas folhas para ele.
-Show!
  E então ela olhou para mim.
-Há! Olá, tudo bem?
-S-sim.
-É Seiya né?
  Ela sabe meu nome.
-Me desculpa pelo o que o Julian fez com você, foi idiota da parte dele.
-T-tudo b-b-em.
-E como sempre você pede desculpa pelo o seu namorado.
  Aquilo foi uma facada no meu coração, ela tinha namorado. É claro que tinha era perfeita.
-Eu terminei com ele, Ikki. - o rapaz ergueu os olhos do papel.
    E meu coração se alegrou “isso é musica para meus ouvidos, como se você tivesse chance, há cala essa boca consciência.”
-Já era tempo! – disse Shun.
-É ele bateu na gente!-falou Hyoga
-Na verdade a gota de água foi eu ter encontrado ele com a Tetis se agarrando atrás da quadra.
-Não foi nem o fato dele ter batido na gente, que amizade. -disse Shiryu.
-E como você ta?-perguntou Ikki.
-Há to indo.
-Eu te disse que ele não prestava.
-Não você me disse pra não namorar com ele.
-É a mesma coisa.
  Saori cruzou os braços e fez beicinho. “Hoooooinnnnngggg que adorável.”
-Bom e você Seiya vai entrar pro grupo?
   Hyoga me cutucou.
-Hã? O que?
-Perguntei se você vai entrar pro grupo?
-Que grupo?
-O do Ikki.
-É a gente tem um grupo, sem nome, sem vocalista, sem guitarrista, mas a gente tem um grupo. -disse Shun.
-Deixa eu te apresentar-disse Saori – Hyoga o baterista, Shiryu o baixista, Ikki o compositor, Shun o empresário e eu a tecladista.
-Espera você é empresário?-perguntei olhando Shun.
-É eu tento.
-Voce sabe tocar algo?-perguntou Ikki.
-Sei violão.
-Bem vindo ao grupo.
______________________________________&_______________________________
  Depois da aula eu os levei até minha casa.
-Tua casa é maneira!
-Brigado Hyoga.
-To sentido cheiro de bolo. - disse Shun.
-Sim e de chocolate- disse minha irmã saindo da cozinha- oi sou a Marin muito prazer, entre e se acomodem.
   Todos estavam sentando a mesa menos Ikki que ficou parado na porta da cozinha encarando minha irmã.
-O que foi?-perguntei.
-Eu sento, mas só se você me disser que tinta você usa nesse cabelo,e não me venha com esse papinho que você não pinta porque sei que é mentira!
-Ikki minha irmã não us..
-Ou é claro que eu uso! Chama-se “Flor de cerejeira”.


Notas Finais


Beijocas da lu-chan.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...