História Eu odeio dorama - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Eu Odeio Doramas, Falha Em Comédia, Jikook, Kookmin, Park Jimin Vacilão, Também Preciso De Atenção
Visualizações 61
Palavras 470
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu odeio dorama. Exatamente o que você leu, eu odeio dorama. Essa porcaria, sempre consegue atrapalhar a minha vida, a todo momento.

Eu sou jovem, tenho uma vida corrida, não tenho tempo para essas porcarias, tenho mais é que aproveitar. Porém, a partir do momento em que esta simples maneira de expressar sentimentos, cotidianos humanos, sendo cópias da TV Globo, uma quase igual a outra, minha paciência VAI PRA PUTA QUE PARIU, e a única coisa que eu vou fazer com você que vem me recomendar esses lixos é arrastar sua bela face, cheia de olheiras por conta dessas novelas, no asfalto.

Jeongguk odeia, de fato, doramas. Independentemente do gênero, ódio, é ódio e nada vai mudar. Você pode até se perguntar:

"Jeonggukie, mas, por quê?”


Pessoas precisam de atenção, e por partido meu, se você namorasse alguém como Park Jimin, duvido que não iria implorar por um mísero chamego, vindo dele, certo? Certo.

Nosso amor, sempre foi baseado em carinho acima de tudo, até do, geralmente, sexo violento e repleto de fetiches estranhos vindos da minha parte.  E sempre vai ser assim, afirmativo? NÃO.

Desde três dias atrás, aquele filho da puta, não sai do quarto, eu já tentei de tudo, literalmente, de tudo, então, resolvi apelar para o meu melhor.

A voz manhosa, foi a primeira coisa na qual pensei que daria certo, então, minimamente abri a porta e com uma roupa confortável, me deitei ao seu lado, abraçando seu corpo de estatura baixa, fazendo um pequeno afago em seus cabelos. Incrível, ele nem pisca para aquela porcaria que rodava no computador.


— Jimin-ssi… — sussurrei em seu ouvido, tendo como resposta apenas um “Hum”. — eu quero fazer coisinhas hoje, bem que você poderia…


E numa tentativa falha, abaixei a tela do Notebook, mas quase instantaneamente fui repreendido, com gritos histéricos, de modo que só ele sabe fazer.


— MAS QUE CARALHOS JEONGGUK! EU TAVA NO EPISÓDIO TRINTA! OLHA O QUE VOCÊ FAZ!


— Você por acaso me escutou??


— O que??


— Argh! Que ódio! Você fica o tempo todo assistindo essa porcaria de dorama pornô, sendo que tem eu aqui, dedicado pra você! Eu já até voltei a ser virgem por sua culpa! Já olhou minhas mãos?! São só calos!


E pela primeira vez na vida, o vi ficar quieto sem reclamar. Achei que tinha dado certo, achei que tinha funcionado…


MEU CU QUE FUNCIONOU!


— Sai daqui Jeongguk! Só volta quando for dormir! Me deixa terminar o episódio.


— AÍ APARECE CHIFRUDO E NÃO SABE PORQUÊ!


— Você não seria capaz…


— Não seria?! Casa com esses atores, é mais fácil.


— Jeongguk. Só mais esse episódio, está bem?


— Isso você me disse ontem.


— Prometo, só mais esse.


Qual é meu sobrenome mesmo? Jeon? Achei que era trouxa.


— Está bem, só mais esse.


Bem, adivinha o que aconteceu? Depois daquele episódio… teve mais outro, e mais outro, talvez mais outro, e outro.


De fato, eu odeio doramas.


Notas Finais


So sorry pela fanfic tão curta, sabe quando você precisa extravasar? Então passo por isso, e não há nada melhor do que usar isso para falhar na vida de comédia.

Beiguinhos, e não esperem muito de mim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...