História Eu realmente te amo - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~AnjoDaPutaria

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bellitty, Foda-se, Fudanshi, Fujoshi, Lesbicas, Yuri
Visualizações 36
Palavras 792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Apenas um beijo


Fanfic / Fanfiction Eu realmente te amo - Capítulo 2 - Apenas um beijo

 Point of View Isabella 


Hoje completa três semanas que aquilo aconteceu, também faz três semanas que nosso grupo de amizade se rompeu.

Kitty não olha na minha cara, Pac ignora Mike e Cellbit parece odiar nós dois.

Isso tudo está acontecendo por culpa do João, mas eu não teria coragem de terminar com ele. Uma parte de mim ainda o ama, mas outra parte parece o odiar.

Isso pode parecer meio ruim de dizer, mas eu sinto mais falta da Kitty. Com ela, tudo parecia ter sentido, mas sem...

Sinto saudade de andar de mãos dadas com ela, sinto saudade daquele sorriso, sinto saudade até mesmo de quando ela gritava correndo por aí e me deixava constrangida.


— Filha? — Sai de meus pensamentos quando minha mãe entrou no quarto. — Já estou saindo. Você não ia dormir na casa do seu namorado?

— Eita, é mesmo! — Falei tirando algumas risadas de minha mãe. — Onde a senhora vai?

— Já lhe disse várias vezes, vou visitar sua avó no hospital e só volto amanhã. — Ela ajeitou sua bolsa nos braços. — Vai querer carona até a casa do João?

— Er... Não, obrigada mami! — Falei.

— Tudo bem, mas não faça nada de errado com ele, hein! — Ela falou fazendo eu corar. 

— Mãe, para!!! — Gritei.


[...]


Estou parada na porta da casa de João, já toquei a campainha várias vezes, porém ele parece não estar.

Talvez ele esteja dormindo, afinal acabei chegando uma hora antes do que havia dito que iria chegar.

Direcionei a mão direita até a porta, dei duas batidas, e a porta acabou de abrindo.


— Amore? — Falei andando lentamente em direção ao quarto dele.


No caminho inteiro, havia roupas dele pelo chão, eu preferi apenas não desconfiar até que vi roupas femininas.


— Mas, oque... — Falei meio rápido. Acelerei o passo e parei em frente a porta do quarto. Não bati, apenas entrei dando de cara com algo que me partiu o coração. — O que está acontecendo aqui?! — Gritei vendo uma garota abraçada com João, os dois estavam pelados.

— B-Bella?! — Ele falou. — E-eu posso explicar!

— Não, não pode! — Falei lacrimejando e já saindo do quarto. — Como fui idiota!


E então sai correndo para fora do quarto, e logo em seguida para fora da casa dele.


[...]


Eu corri até chegar no lugar onde só eu, Kitty e João conhecíamos, um lugar belo no meio da floresta, cheio de árvores, pedras e com uma cachoeira gigantesca.

Corri ainda chorando até uma pedra que ficava na frente da cachoeira, mas vi ela.


— K-kitty? — Falei e ela olhou para mim. Seus olhos estavam cheios de lágrimas, mas quando els me viu, as limpou e fez uma expressão brava.

— O que está fazendo aqui?! — Perguntou ela num tom alto e cruzando os braços. Logo vi seus lábios formando outro de seus sorrisos irônicos. Oh, que sorriso.

— E-eu... — Abaixei a cabeça deixando mais lágrimas escorrerem. Corri até ela e a abraçei forte, no começo ela não retribuiu, mas logo também me abraçou forte. — E-eu fui uma idiota!

— O que aconteceu, Bella? — Ela perguntou olhando nos meus olhos cheios d'água assim que eu a larguei.

— O João... — Fechei os olhos deixando mais algumas lágrimas escorrerem. — Ele me traiu, ele me traiu!

— O que?! — Ela falou. Seu tom de voz ficava cada vez mais intenso, e seus olhos eram as únicas coisas que me acalmavam. A abraçei forte novamente, logo chorando em seu ombro.

— Me desculpa... — Falei. — Eu fui uma idiota, com você, com o Pac e com o Cellbit... — Dei uma pausa. — Vocês tinham razão, e eu não lhes escutei!

— Calma... — Ela me apertou ainda mais no abraço. — Tudo vai ficar bem... Minha pequena. — Ela falou baixo, porém consegui ouvir.


Ela me ama...?


— E-eu... — Fui interrompida com o barulho de folhas, o que chamou a minha atenção e também a de Kitty.

— Bella? Você está aqui? — Ouvi a voz de João vindo dos arbustos, e logo em seguida o vi saindo de lá. — Bella, deixe eu me explicar, por favor... — Ele falou se aproximando de mim.

— Não, João! — Falei cruzando os braços. — Você me fez de idiota várias vezes. Não vai conseguir me reconquistar. — Dei uma pausa e olhei para Kitty. — Até porque, eu prefiro dar uma chance para outra pessoa... — Me aproximei dela. — Uma pessoa que sei que realmente me ama... — Encarei seus lábios cobertos por batom cor de lilás. — Uma pessoa como a Kitty. — E então a beijei, e antes que pudesse pedir passagem, ela havia cedido.


Um beijo calmo porém quente, minha língua explorava sua boca, e a dela fazia o mesmo.

Oh, Katharine... Por que eu nunca lhe beijei antes?




Notas Finais


As coisas estão indo meio rápiras, pois como dito na sinopse, isso será uma short-fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...