História Eu sou o ômega do presidente? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Kristao, Menção!jikook, Menção!namjin, Xiuchen
Visualizações 229
Palavras 1.570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Slash, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amoras, está quase virando uma rotina postar dia sim dia não, mas no domingo não sei se vai rolar capítulo, quem vai fazer enem com eu sabe o extresse.
Meus agradecimentos aos quase 50 favs, vocês são de mais.
~kyunghae (acho que é assim que escreve desculpe se errei amora) obrigado pelo seu comentário fico feliz que não tenha achado nada parecido com essa fic, eu tive duas inspirações para ela primeiro uma fanfic camren com essa temática do esquecimento, e também a fanfic da maravilhosa aikimsoo graças a ela escolhi kaisoo como meu casal principal e gênero abo.

Falei de mais de novo grr desculpa.

Boa leitura amoras

Capítulo 4 - 04 - Mais uma página de um mistério P-1 (KD Music School)


Kim's Home

9 de Janeiro

6:00 AM



Acordei com uma vozinha fofa e infantil chamando por mim, e ao abri os olhos não era ninguém menos que Kim Jungkook. Olhei no relógio e ainda era muito cedo, devia por o menor para dormi mas ao invés disso  resolvi saber a razão que o fez acordar.

- Bom  dia  bebê o que ouve? - perguntei com a voz roca embriagada pelo sono.

- Omma tem que arrumar mim pra escolinha. - ele diz como se fosse óbvio.

Ri baixinho pois realmente era óbvio, já que eu e JongIn  trabalhavamos e SooIn  ficava  com a babá — que se  chamava Lalisa — então Jungkook tinha que ir a escolinha. Com uma disposição que desconhecia me levantei da cama em seguida pegando o pequeno no colo.

- Vai  escovando os dentinhos no seu quarto que eu já vou. - disse o pondo no  chão.

Ele assentiu e saiu. Fui direto para o banheiro fiz minhas higienes matinais, tomei um banho e  quando sai coberto pelo roupão que adotei como sendo meu. Fiquei surpreso ao vê JongIn no quarto, ele estava de cabeça baixa sem blusa e com uma calça social preta estava sentado na cama calçando o sapato social preto. Engoli em seco. Seus derrepente me sentia quente só de olhá-lo, tentei me convencer de que era obra do meu lobo interior marcado por aquele homem moreno. Mordi meu lábio inferior, eu nem ao menos conseguia me mover. Encostei-me na parede ao lado da porta do banheiro e foi quando ele levantou o olhar e por mil demônios que olhar. Minhas bochechas pegavam fogo, e eu tentava me convencer que era apenas vergonha.

- Oh Soo você está bem?  - perguntou ele com a voz rosquinha e calma, tão gostosa de se ouvi. Balancei minha cabeça tentando afastar esses pensamentos absurdos de minha mente.

E quando dei por mim o pecado moreno estava a minha frente, me encara com preocupação e segurava meus ombros e onde ele tocava esquentava. Levantei meu rosto para encarar seu rosto ao invés de seus peito e abdome pecaminosos. Agora eu fitava sua boca, bem delineada e rosada devia ser macia e eu quis toca-la com a minha própria. Mas no minuto seguinte  estavamos quase encostando nossos lábios - eu até senti sua respiração bater contra a minha própria -n quando o  som de um celular tocando se fez presente.

Ele se afastou e suspirei aliviado, corre para closet em busca de roupas pra vestir. Em poucos minutos eu vestia uma calça skinny  cor preta, uma camisa branca claro e um  casaco jeans azul. Sai e JongIn já estava totalmente vestido também, não pude me conter e soltei um pequeno muxoxo. Percebe que ele ainda falava no telefone e este no alto falante, aproveitei que ele ainda não havia notado minha presença para ouvir um pouquinho a conversa. O que? Eu era um ômega curioso. Hm... O cheiro do Nini está divino. Balancei minha cabeça repreendendo mentalmente meu lobo interior. Maldito traidor.

- Como não  vai chegar a tempo pra reunião JongInnie? - uma voz feminina e fina rompeu meus pensamentos me dano nojo.

- Krystal  por favor, o Sehun vai me representar. - o  moreno disse firme enquanto ajeitava a gravata.

- E por qual motivo o senhor presidente irá faltar? - pelo tom de ironia na voz da tal Krystal, a própria estava se irritando com meu pressuposto marido.

- Eu vou levar o Soo na K&D Music School.- o moreno respondeu como se fosse óbvio.

- Por que você tem que leva-lo  Jonggie? O Do tem pernas sabia? - Krystal retrucou, nesse momento JongIn virou pra mim e eu ele  olhou-me perdido fazendo uma carinha infantil tirando sorrisos dos meus lábios.

- Sim eu tenho pernas, assim como tenho um bom marido que quer me agradar, agora se nos de licença Krystal estamos atrasados.- respondi a moça antes de JongIn, este que ficou mais confuso ainda por causa  do meu ato.

- Do? O que... - JongIn desligou antes que a  mulher pudesse dissesse algo indelicado.

- Desculpe, essa é a Krystal Wang a ministra das relações públicas. - ele explicou e eu apenas assenti. Até notar que Wang é a família dos betas lúpus.

- Beta lúpus? Aquela Beta lúpus? - perguntei mesmo já sabendo a resposta. E ele apenas assentiu e eu suspirei... - JongIn  me responda uma coisa sim? - e de novo ele assentiu. - Você recebeu a carta que mandei ela te entregar?

- Eu sabia que você iria perguntar isso. Soo vai arrumar o Jungkook para ir a escola, depois que deixarmos ele conversamos antes de irmos a K&D Music School. - ele disse se esquivando da minha pergunta. Eu apenas acenei concordando.

Em seguida sai do quarto.



***K&J***




7:00 PM



Já dentro do carro lá estavamos dentro do carro, todos. Jungkook, JongIn, SooIn na cadeirinha dormindo assim como o Kim mais novo. Eu me sentia extremamente nervoso, era a primeira vez que iria deixar meu filho na escola e iria onde eu ensinava canto. 5 minutos de viagem estavamos em frente a escola do pequeno Kookie. O tirei da cadeirinha e abri a porta para que ele saísse mas não sem antes ganhar um beijo meu em sua bochecha e um bagunçar de cabelos por parte de JongIn. No mesmo instante que ele saia um rostinho muito bem conhecido por mim se fez presente arracando gritinhos por parte do meu filho.

- Tio Min. - a voz de Jungkook fez SooIn acordar e choramingar, tirei a pequena da cadeirinha acalentando-a nos meus braços.

- Olá Kookie, Kai, Kyung. - Minseok nos cumprimenta e eu coro pois concerteza ele já devia saber da minha situação.

- Xiumin-hyung como vai o Dae e o  Hoseok? - a voz de JongIn se fez presente.

- Bem, dois fominhas devo confessar. - ele diz e os dois riem me deixando perdido.

- Hoseok é filho do Min com o JongDae lembra dele Soo?  - explicou o moreno ao meu lado.

- Oh. - foi tudo que consegui dizer.

Eu lembrava-me deles na escola, Minseok era primo de JongIn, e JongDae era meu amigo. Eu sempre soube que os dois tinham algo, mas vê que eles eram casados e tinham um filho era impressionante.

- Bom, Min é professor da escola que nosso filho estuda. - se pronunciou novamente o Kim moreno.

- Ótimo, diga JongDae que me visite quando puder. - disse a Min e lhe sorri pequeno. Era tão desconfortável está por fora dos acontecimentos.

Então Minseok se foi com meu filho.

- Kyung? - me chamou e o carro começou a se movimentar novamente.

- Hum? - o olhei enquanto colocava a bebê na cadeirinha.

- Você deve está muito confuso então me pergunte o que quiser. - o moreno esclareceu  gentilmente.

- Me conte sobre os meus amigos. - foi a primeira coisa que passou por minha cabeça.

- Bom, como você já sabe Xiumin-hyung e Chen-hyung tem um filho de 3 anos e meio, bom você deve lembrar que eles não eram muito próximos na escola mas tudo mudou quando Min ajudou o Dae então eles começaram a namorar de mentirinha para que o Min não fosse obrigado a se casar com quem não queria. Bom, o principal você já sabe eles acabaram se apaixonando. Ouve complicações mas nada que não pudéssemos encarar. - Disse ele sem me olhar uma vez que o chão parecia mais interessante.

Apenas fiquei quieto enquanto o carro continuava seu caminho.

- Me conte mais... - pedi mas fui interrompido pelo chorinho da pequena SooIn. A peguei no colo e nesse momento o carro parou.

- Chegamos. - avisou o  moreno que abriu a porta e foi o primeiro a sai, em seguida eu e SooIn. - Essa é a K&D Music School.

- Uau.- foi o que consegui dizer.

Era um prédio grande com um slogan da escola, um campus maior ainda com algumas árvores. Quando  dei  por mim já estava entrando no prédio.

- Bom  dia Senhor Presidente, primeiro dono. - disse a moça da recepção, uma mulher pequena de cabelos castanhos e franja.

- Bom dia Jennie, Soo essa é a Jennie a ômega da Lalisa. - explicou JongIn e eu fiz a reverencia como podia, com a bebê no colo.

- Bom dia. - sorri sem mostrar dentes e a garota ascenou.

JongIn me puxou pelo local  indo em direção ao elevador, assim que entramos a porta se fechou. Paramos no primeiro andar para um garoto entrar, ele nos olhava tímido  e eu podia sentir o cheiro de ômega exalar dele. Algo com cereja e orquídeas.

- Senhor Kim Kyungsoo o senhor está bem? Soubemos que esteve no hospital. - resolveu se fazer notar o jovem.

- Estou bem só... Um pouco confuso. - sorri para acalmá-lo.

- Oh, que bom. - deu fim a conversa quando desembarcamos no terceiro andar.

- Quem é? - perguntei ao Kim mais velho.

- Seu aluno. - respondeu  dando de ombros enquanto me guiava pelo extenso  corredor  até pararmos numa sala de música.

Assim que entramos todos os alunos pararam suas atividades, se infileraram e olharam diretamente para nós. Então o professor que estava os ensinando virou para mim, e não era ninguém menos que o Byun ou Park Baekhyun. Ele sorrio e eu fiz o mesmo.

- Kyunggie, nós temos uma surpresa para você. Melhore logo e volte para nós hm? - disse o  Park travesso.

- Isso é obra sua também? - olhei pra JongIn e ele deu de ombros sorrindo contido.

Céus o que eles aprontaram?


Notas Finais


Se você chegou até aqui, obrigado e espero que tenha gostado.

Falem comigo gente adoro interagir com meus leitores.

Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...