História Eu trocaria tudo por você!! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Hodge Starkweather, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Personagens Originais, Raphael Santiago, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Visualizações 9
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Mistério, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mano ta muito grande, espero que gostem!!

Capítulo 2 - "The mortal chalice"


Fanfic / Fanfiction Eu trocaria tudo por você!! - Capítulo 2 - "The mortal chalice"

Eu estava a ponto de socar a cara de alguém 

"Vocês não são caçadores das sombras? Como não sabem onde Simon esta?" -disse gritando

"Acalma-se" -disse jace

"Somos caçadores, não vampiro agora cala a boca trmos um dever a fazer" -alec disse arrogantemente 

Todos viraram de costas saindo do quarto e antes deles sairem eu disse.

"Nos últimos segundos de vida da minha mãe, vocês juraram me proteger. tudo que fizeram até agora foi ter me prendido nessa merda de Instituto, vocês fizeram Simon virar vampiro pra proteção de vocês mesmo." - os três se viraram pra mim

"clary vamos te proteger" -izzy fala

"eu não preciso de proteção, vocês causaram a morte da minha mãe. Acabaram com a minha vida justo no momento em que a gente estava se aproximando de novo, e vocês querem tanto a merda do cálice mortal. Eu vou dar essa merda a vocês e ai pronto missão concluída, mas uma estrelinha pros três mosqueteiros shadowhunters, enquanto eu não ganho merda nenhuma. Venham me acompanhem" - soltei um sorriso sarcástico, enquando pegava a minha estela e a espada.

Sai da sala, passei pelos corredores e finalmente sai do Instituto, ouvia eles vindo atrás de mim e sussurrando alguma coisa que eu não fazia questão de saber.

Pulei o muro que dava na minha casa e entrei no prédio subi as escadas e entrei no meu antigo apartamento, estava horrível destruído. Não restava nada, fui a meu quarto e tirei a tábua solta do chão, peguei a pequena caixa de madeira e tirei a carta.

"Não estava na hora de jogar clary" -alec falou

Olhei pra ele, enfiei a mão na carta e tirei o cálice lá de dentro. 

"Quem esta jogando hein?" -disse amonstrando o cálice.

"Uau" -izzy disse sorrindo.

"ou ou ou" -falei me afastando de alec que iria pegar o cálice e logo em seguida coloquei o objeto dentro da carta.

"Vamos tenho que voltar pra minha toca" -falei saindo do apartamento.

Voltamos ao Instituto, colocamos o cálice aonde precisava estar, só eu poderia tira-lo de dentro da carta. Fui para meu quarto, o sinal tocou. Instituto estava sendo invadido, eram 5 demônios.

"É menina clary chegou sua hora" - falei pra mim mesma enquanto colocava uma faca na cintura, duas espada na perna, minha estela em meu bolso e peguei a minha espada. Sai do meu quarto, todos corriam virou um caos, fala serio nem parecem ser acostumado com essa merda. Sai pelo corredor e logo estava no centro do Instituto aonde comandavam tudo, izzy estava em perigo. Pulei sobre umas das maquinas e consequentemente dei um mortal pra frente, quando cai ja enfiei a espada no demônio assim o matando.

"Te devo uma" - ela sorriu me estendendo a mão para ajudar ela levantar.

Sorri de volta e sai dalí, estava com tanta raiva me senti tão bem em matar aquela coisa. Algo estava errado, estava me sentindo angustiada corri para o terraço e lá estava alec e jace,cercados por valentine e seus empregados. Não sabia oq fazer, eu não era forte o suficiente pra valentine mas não custava tentar.

"A qual foi? Vocês estão fazendo reunião sem mim?" -faleu sarcástica "que desagradável em papai" 

"clarissa, que bom te ver de novo filha" 

"Não mete essa" -falei tirando as duas espadas da perna "venham"

Os dois vieram pra cima de mim, quando estavam proximos eu me joguei jo chão e levantei rapidamente, eles estavam de costas pra mim, enfiei uma espada em cada um deles e os matei.

"Eu que treinei ela" -jace falou sorrindo  e logo após foi atingido por uma espada de samurai.

"Filha da mãe" -falei olhando pra garota que atirou a espada nele.

"Conheça minha filha postiça Clarissa" -valentine disse com orgulho.

"Hahaha essa ai? sabe que eu sou muito mais forte" -disse sem sombra de dúvidas.

Derrepente fiquei tonta, estava tudo girando apareceu um desenho brilhante pra mim, era uma runa. Peguei minha estela, e desenhei aquilo na palma da minha mão. Era um portal que puxou valentine e seus companheiros para dentro.

"JACE" -gritei, corri até ele e logo me ajoelhei no chão segurando sua mão.

"Com...como fez aquilo?"-jace disse com dor porém impressionado.

-ei não importa, olha pra mim não dorme. Jace não dorme por favor" -segurei sua mão mais forte e levei ela até meu rosto. 

Estava ali a alguns minutos, alec tinha saido dali porque eu pedi, ele foi lá pra baixo mas ainda estava impressionado.

"Que merda jace você ta me fazendo chorar, acorda por favor. Sabe quando eu cheguei aqui, não sabia como fazer, não sabia oq eu era, não sabia como suportar a morte de minha mãe e você me fez superar tudo jace, você ficou do meu lado quando todos me acaharam uma mundana chata e mimada. Você viu potencial em mim, você não pode ir jace não pode, acorde...acordeee jace" -falei com algumas lágrimas escorrendo pelas mãos de jace que ainda estava no meu rosto seus dedos acariciaram meu rosto suavemente, abri meus olhos devagar.

"Esta chorando!" -ele disse sorrindo.

"Esta vivo" -abracei ele deitando em seu peito. "Vamos pra dentro"

Levei jace pro meu quarto, o Instituto estava calmo, tudo certo, levei ele até o banheiro e fui buscar roupas pra ele, voltei e ele estava olhando a marca da espada ainda aberta em sua barriga. 

"Aqui trouxe roupas" -disse entregando a ele.

"Obrigado clary" -ele disse segurando minha mão.

"Não precisa agradecer" -disse sorrindo.

Algumas horas depois, eu e jace dormimos juntos, eu acabei acordando mas deixei ele dormir. Fiquei lendo alguns livro na esperança de pegar no sono.



Notas Finais


Desculpa pelo tamanho, me empolguei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...