História Even If I Die It's You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Bang Yongguk, Chanyeol, Chen, D.O, Daehyun, Himchan, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jongup, Joo Heon, Jungkook, Kai, Ki Hyun, Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Show Nu, Suga, Suho, Tao, V, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Youngjae, Yugyeom, Zelo
Tags Bap, Bts, Exo, Got7, Hoseok, J-hope, Monsta X, Romance, Taehyung, Vhope, Yaoi
Visualizações 1
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha primeira fic Vhope! Uhul!
Então, primeiro capítulo! Não sei nem o que dizer...
Bom, essa fanfic foi baseada no MV do K.will, Please Don't, aquele MV lá que quase todo kpoper conhece
Espero muito que gostem!
Boa leitura!

Capítulo 1 - "Você é o meu tudo, Kim Taehyung"


Fanfic / Fanfiction Even If I Die It's You - Capítulo 1 - "Você é o meu tudo, Kim Taehyung"

"Vou começar essa história deixando claro que: Vocês nunca vão escolher quem amar, vocês não podem escolher... Isso é egoísta, não é mesmo? Mas é assim que funciona.

Deixe-me ser sincera: Amor correspondido machuca... Amor unilateral machuca ainda mais. Quando o amor é correspondido, tudo é partilhado entre as duas pessoas, a alegria é compartilhada; os sorrisos; o calor; e, até mesmo, as dores, tornando-as mais fracas e suportável para ambos os lados... Mas, quando o amor é unilateral, a dor vem duas vezes pior, um peso muito grande para apenas um aguentar... Um peso que Kim Taehyung aguentou por muito tempo..."

•Taehyung•

-Hobi... - murmurei batendo na sua porta, tão fraco que eu pude jurar que ele não iria ouvir. Meus olhos marejados, o aperto no peito, meus pulsos cortados sujando as mangas da minha jaqueta de sangue, a vontade de me trancar em um quarto, engolir o número de remédios possíveis para ter uma overdose e acabar com toda a dor que eu sinto. -Hobi, por favor... - murmurei me escorando na porta, derramando as lágrimas pelo meu rosto. -Hobi...

A porta foi aberta e meus joelhos foram de encontro ao chão. Um Hoseok preocupado apareceu e eu me juntei aos seus pés, botando toda a minha dor para fora.

-TaeTae, o que aconteceu? - o escutei perguntar, sentindo suas mãos irem para os meus braços. Hoseok, meu melhor amigo, o meu conselheiro confidente, era com ele que eu sempre contava.

-Eu quero morrer, Hope, eu quero morrer! - soltei com a voz embargada e seus braços rodearam a minha cintura.

-Não quer, não!


°2 anos antes°


-J-Jungkook-ah... - chamo o moreno que estava sentado na minha frente encarando o contrato. O menor levanta o rosto e sorri fraco para mim.

-Oi, hyung? - ele deixou o trabalho de lado e me deu total atenção. Engoli em seco, eu queria a atenção dele, mas, por que eu estava tão nervoso agora?

-Errr... - cocei a nuca e ele franziu o cenho, parecendo notar o meu nervosismo. Quem não notaria esse seu nervosismo idiota, Kim Taehyung?

-Algum problema? - perguntou sério e eu fiquei ainda mais nervoso.

-É que... E-eu tenho que t-te dizer uma coisa. - gaguejei e ele se levantou de onde estava sentado, vindo até mim, erguendo o meu queixo com o indicador.

-Você está bem?- perguntou olhando bem para o meu rosto. - Você está soando. - soprou a minha testa, fazendo meus cabelos bagunçarem. Café, ele tinha bebido café, mas nem mesmo o café tirou o seu hálito habitual de menta.

-K-Kookie-ah...

-Ora, vamos. O que está acontecendo? Você nunca mais me chamou assim. - perguntou preocupado e eu me levantei.

-É que... Já faz um tempo que, eu... - fui interrompido pelo som do seu celular tocando.

-Espera um pouco. - assenti e ele pegou o celular. - É a Lisa. - ele sorriu e atendeu. Meu coração doeu, ele sempre sorria assim quando ela ligava, esse sorriso apaixonado era para ela... Não para mim...

-Oi, meu amor... Não, eu só estava falando com o Tae hyung... - ele me olhou ainda sorrindo.

-J-Jungkook... - ele ergueu a mão, um gesto silencioso para que eu não falasse agora.

-Hoje a noite?... Pode ser, eu...

-Eu gosto de você! - soltei e vi o sorriso dele se desfazer aos poucos... Consegui a atenção dele.

-Lisa, depois a gente conversa, tudo bem? - ele esperou um pouco e encerrou a ligação.

- O que disse? - ele perguntou e o meu coração saltou, acelerado, querendo fugir do meu peito.

-E-eu g-gosto de v-você. - repeti com a voz falhando, ele pareceu surpreso. Abaixei a cabeça, observando meus dedos.

-Tae... - eu o interrompi.

-Já, faz um tempo que eu sinto isso... - o silêncio se faz presente, sua expressão continua séria e eu, realmente, fiquei com medo.... No que ele estava pensando?

Isso acabaria com a nossa amizade, eu realmente queria isso? Queria deixar de ficar perto dele? ...

...

..

.

Não, eu não quero ficar longe dele. Mas, como eu sairia dessa? Eu já soltei a bomba e ele parece não estar reagindo bem... Um silêncio ensurdecedor tomou conta do local, um silêncio que logo foi quebrado por uma risada nervosa do menor.

-Ah! Taehyung! Não acredito que tá fazendo isso! - continuou rindo. - Para de apostar com o Hobi, sabe que ele pega pesado nos desafios! - o nervosismo dele pareceu sumir quando eu comecei a rir junto. Ele acha que era uma aposta? Mais uma das apostas que eu fazia com o Hoseok? - Você atua muito bem, sabia? Eu tava quase achando que era verdade!

-Pff! Eu? Gostar de você? Qual é cara, todo mundo sabe que eu sou hétero! Hoseok, realmente, pegou pesado no desafio. - menti e o moreno continuou rindo e, pela primeira vez, eu fiquei desconfortável na presença dele.

°•°•°

-Você tentou contar para ele? - perguntou Hobi, enquanto ajeitava os óculos, de armação redonda, no rosto. Hoseok conseguia ficar bonito até mesmo usando óculos... E eu não estou falando isso só porque ele é o meu melhor amigo, ele é, realmente, muito bonito.

Hope é o único que sabe sobre a minha opção sexual e o único que sabe de quem eu gosto. Ele, desde sempre, foi o meu conselheiro, sempre me ajudava quando eu estava mal.

-Sim, mas ele achou que eu tinha feito uma aposta com você. - resmunguei, apoiando os cotovelos na bancada, enquanto o mais velho ia até a geladeira para pegar um pote de sorvete de menta com chocolate.

-E você, simplesmente, concordou com o que ele disse? - o moreno perguntou pegando uma colher, botando a mesma e o sorvete diante de mim.

-O que eu poderia fazer, Hobi? Somos amigos, eu não queria destruir a única coisa que temos. - respondi abrindo o pote.

-Sabe o que deve fazer? - perguntou pegando outra colher, vindo até mim, começando a tomar o sorvete comigo.

-O quê?

-Contar a verdade, antes que tudo isso fique pior. - respondeu encarando o pote de sorvete.

Pior? Como pode ficar pior?

-Eu não vou conseguir fazer isso, você sabe! - exclamei exasperado e ele revirou os olhos, tornando a me encarar.

-É fácil, olha. - ele arrodeou o balcão que nos separava, vindo até mim sem nenhuma interrupção.

Ele estava começando a ficar perto demais, perto demais.

-O-o-o que es-está fazendo? - perguntei, sendo completamente ignorado pelo mais velho.

-Você é o meu tudo, Kim Taehyung. - não tive tempo de falar nada, apenas fiquei estático no lugar, sentindo seus braços apertarem a minha cintura e seus lábios separem os meus.

Isso é só encenação, certo? Ele não quis dizer isso de verdade, não é?


~oOo~


Notas Finais


...
Foi! Ainda não sei o que dizer skksk
Espero muito que tenham gostado
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...