História Everything has Changed - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~woosung-ah

Postado
Categorias DAY6
Personagens Dowoon, Jae, Wonpil, Young K
Tags Day6, Dopil!brothers, Dowoon, Escola, Greysun, Jaehyungparkian, Kid!ua, Lembranças, Songfic, Wonpil, Woosun, Woosung-ah
Visualizações 19
Palavras 970
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Woosung-ah: Hi hello, eu e a solzinho estamos aqui com essa fluffyzinha baseada (toda vez que eu escrevo isso penso no cachimbo da paz kkkk) everything has changed como diz o nome da fic.

Greysun: Eae man, eu tô super feliz em escrever junto com a mozona, porque sério, a gente tava tentando arrumar tempo e plote e quando conseguimos eu fiquei tão feliz e espero que vocês gostem e comentem.

Capítulo 1 - One.


Dowoon estava na porta de sua casa, ajeitava os cabelos negros e a farda desconfortável da escola. Fazia aquilo todas as manhãs que seu pai não podia levá-lo para escola, sentava na porta de casa e esperava o ônibus amarelo com uma faixa negra passar em frente a sua casa e se irritava com o barulho que o mesmo fazia, era chato andar no ônibus com os outros alunos da escola, porque alguns eram barulhentos demais e o deixavam irritado, era uma criança com os mesmos traços e gosto do pai, porque assim como YoungHyun odiava barulho, preferia a calmaria e a caminhada gostosa que faziam para ir juntos à escola.

E tinha Wonpil, seu hyung, ele ao contrário de Dowoon era agitado, conversa o tempo todo e não parava no lugar. Wonpil pegava o ônibus todos os dias e em alguns dias voltava com Jaehyung, seu pai, que assim como o garoto era muito falante e de sorriso contagiante. E apesar de serem totalmente opostos se davam muito bem, eram melhores amigos.

Começaram a amizade de um jeito bem clichê, Dowoon havia se mudado e era novato na escola e Wonpil foi o primeiro a tentar conversar com o menino. Wonpil era sempre o primeiro a tomar atitude quando se tratava da sua amizade com Dowoon, mas sabia que aquela timidez de seu dongsaeng era apenas medo de não ser aceito e por estar em um local novo já que o pequeno tinha vindo do Japão para a escola era tudo muito novo para Dowoon e as pessoas estranhavam seu jeito calado e não falavam consigo, o que deixou Wonpil mais animado, porque gostava de fazer amigos novos e saber que seria o primeiro a falar com o moreno o deixava mais animado.

Wonpil era exótico quando se tratava de fazer amigos e seu jeito extrovertido deixava Dowoon encantado e feliz por ter um hyung tão legal

Mesmo Wonpil sendo todo barulhento e Dowoon silencioso, eles pareciam se completar, onde um estava o outro estava também, quem olhasse de fora até pensaria que eram irmãos. Os dias na escola eram resumidos em fazer algumas lições chatinhas, brincar até cansar e comer o lanchinho.

Das aulas que tinham a que mais gostavam era de artes, podiam desenhar, moldar coisas com massinha colorida, pintar usando os dedinhos no lugar dos pincéis.

E era aquilo que estavam fazendo, Dowoon desenhava no braço de Wonpil, pequenos corações, planetas e naves espaciais e o Park adorava e ria pois o causava cócegas. Dowoon se sentia ótimo em ver seu hyung feliz e rindo, e Wonpil também se sentia assim quando iam para sala de música e Dowoon podia tocar em um violão velhinho que poucos usavam. O Kang tocava músicas conhecidas e algumas que ouvia seu pai cantar, todas eram dedicadas à Wonpil, como uma forma de agradecer o carinho que o mais velho dava para ele.

Wonpil tratava Dowoon como seu irmão mais novo e tentava proteger o pequeno de todas as maneiras que conseguia.

Os dois brincavam nos balanços do parquinho e faltava pouquinho para bater o sinal anunciando o término das aulas daquele dia, conversavam sobre vídeo games, os jogos que tinham e até fizeram planos de ir jogar na casa do outro.

— Será que seu pai deixa eu ir brincar na sua casa sábado? — Wonpil perguntou depois de descer do balanço.

— Eu não sei, acho que sim. Ele só não gosta façam muito barulho.

— Ele vai te buscar hoje? O meu vai, aí a gente podia falar com eles, né?

— Ele vem me buscar então você pede para seu pai conversar com o meu, tudo bem? — Dowoon falou balançando fraco e olhando para seus joelhos que estavam um pouco vermelhos porque vez ou outra caia enquanto corria atrás de Wonpil.

— Seus joelhos doem Dowoonie? — o mais velho perguntou um pouco triste ao ver os joelhos do amigo e tirou de seu bolso alguns band aids coloridos que sempre levava consigo.  — Pera, deixa eu colocar isso...

Falou se levantando sem jeito do balanço e colocando o band aid nos machucados do joelho do Kang que sorriu com o desenho fofo que tinham.

Saíram do pátio e voltaram para as salas, o sinal havia tocado e tinham que recolher suas mochilas.

Já com suas mochilas nas costas, foram em direção ao portão da escola onde já se podia ver uma pequena quantidade de pais aguardando a saída dos pequenos. Logo na frente Dowoon conseguiu ver seu pai, acenou para o mesmo quando ele o avistou.

— Hyung! Olha meu pai ali! — Chamou Wonpil e apontou para onde o Kang mais velho estava.

Wonpil olhou para onde o mais novo apontava e só conseguiu enxergar seu pai chegando.

— A Dowoonie, meu pai também está vindo, vamos juntos e quando chegarmos a gente apresenta um para o outro. — Wonpil disse animado e saltitante.

Segurou firme a mão do Kang para que o mesmo não acabasse caindo e correram até os pais.

— Pai esse é o Wonpil, ele é meu hyung.  — Dowoon apresentou brevemente ao pai que se abaixou e sorriu para o menino.

— Oi, pequeno. — Passou a mão nos cabelos de Wonpil os bagunçando, fazendo-o rir.

— Oi, ahjus- Wonpil se interrompeu quando viu seu pai se aproximar. — Pai! Pai! — Chamou e correu em sua direção.

— Pai! Pai! — Abraçou as pernas de Jaehyung. — Pai vem conhecer meu dongsaeng! — E o puxou pela barra da blusa.

— Espera, filho! — Jae riu, pegou na mão do filho e o seguiu.

Quando chegaram onde os Kang estavam, Younghyun ainda estava agachado e amarrava o cadarço do tênis de Dowoon.

— Pai, esse é o Dowoon, meu dongsaeng! — Ao dizer isso Wonpil acabou chamando a atenção dos Kang.

Younghyun se virou olhou para Wonpil e sorriu, quando olhou para a pessoa ao lado do pequeno seu sorriso foi desmanchando.

— Jae?!

— Younghyun?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...