História Expensive Girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 3
Palavras 885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sempre quis escrever, mas nunca pensei que fosse boa o bastante. Não tenho nenhum seguidor no momento, porém eu espero que quem aparecer por aqui goste da leitura no decorrer da história. Aproveitem!

Capítulo 1 - Just one day


Fanfic / Fanfiction Expensive Girl - Capítulo 1 - Just one day

Deitada de bruços na cama, coberta, você quase acordando, conseguiu sentir a brisa de um ventinho frio que entrava por um vão da janela mal fechada que você deixara na última noite. Em seguida, conseguiu sentir o peso que um dos gatos do orfanato fazia deitado em suas costas, resmungou:

-Hmmrr... Yay... Eu já acordei... Saia daí...

Você costumava levantar assim que o despertador tocava, mas hoje havia sido diferente: você levantou antes dele. Seus pensamentos não te deixaram dormir. Seus dezoito anos chegariam em dois dias e, por consequência, em três meses, você deveria encontrar um lugar para ficar, por si só, e sair do orfanato. Para onde iria? O que deveria fazer? Continuaria à se dedicar para a dança? Teria tempo? Junto com os pensamentos, o aperto no coração chegava. Seus pensamentos turbulentos que se desenrolavam enquanto tomava um banho e fazia sua higiene pessoal, foram interrompidos por uma voz doce no fundo:

- Ya, S/n! Não vá se atrasar para aula! Deixei seu lanche no balcão, tenho umas coisas para resolver. Cuide de si! 

A voz era de Nona, a sua representante do orfanato. Como sempre, se preocupando e apoiando você. 

Depois de sair do banho, vestir o uniforme, arrumar devidamente a gravata, que fazia parte dele, você pegou sua mochila (já com seu lanche dentro dela) e saiu. O tempo estava um tanto nublado, o chão molhado de uma garoa recente. Chegou na escola e, como o habitual, fez seus deveres. 

Lá, você não tinha amigos, mas pra isso você não ligava. O que te incomodava era as pessoas que te perturbavam sem motivo. Por isso, tentava ser o mais invisível possível, pra evitar qualquer pessoa que viesse até você para te humilhar e perturbar. Fora da escola, você passava seu tempo dançando e participando de rodas de dança na rua, quando a maior parte das músicas eram K-pop, típico do lugar. Lá era seu refúgio, onde você podia ser você mesma, se expressar e dar o melhor de si, sem precisar dizer uma palavra sequer.

Saindo da aula, você viajava em seus pensamentos, como sempre. Um garoto, de boa aparência por sinal, se aproximou de você com um grupo de cinco pessoas, meninos e meninas. Esbarrou propositalmente de forma brusca, fazendo você cair de joelhos, com impacto, causando gargalhadas no restante do grupo:

- Desculpa, é que você parece tão invisível que eu pensei mesmo que você não estivesse aí. - disse o garoto, rindo com o restante do grupo. Você se levantou e continuou andando, já estava habituada àquele tipo de pessoa. 

Chegando em casa, tirou o sapatos e percebeu um hambiente suave e quieto.

-"lar doce lar"- você disse, dando um suspiro. 

Tirou seu uniforme e desceu as escadas, quando encontrou Nona na sala, assistindo TV, onde passava-se uma propaganda com um apresentador expressivo.

-ah, oi S/n, como foi hoje? - perguntou Nona.

- Como sempre - você respondeu, se sentando ao lado dela e deixando-se encostar na mesma, que te acolheu com os braço, enquanto ambas assistiam à propaganda.

"...E AMANHÃ SERÁ O ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÕES PELO SITE! É ISSO! O PERÍODO DE TRAINEE SERÁ COM UM K-GROUP QUE ESTARÁ NA LISTA PROPOSTA NO SITE. FAÇA SUA INSCRIÇÃO, FAÇA SUA AUDIÇÃO, REALIZE UM SONHO!"

- O que é isso..? - você perguntou para Nona, curiosa, apesar do sono.

- Ah, parece que se você tiver algum talento entre cantar e dançar, você entra no site, se inscreve, faz uma audição e é selecionada pelos jurados para virar trainee, mas ao invés de ser com um trainer, é com um grupo de K-pop famoso. - ela respondeu.

-ah... - você retrucou, sem pensar em nada.

- Aliás, porque não se inscreve? - propôs Nona

-Hm? - você resmungou.

- É sério! Você é boa, qual é?! Eu já te vi dançar, é como... Como... Observar um pôr do sol... É maravilhoso.

- Eu não sei se teria chance, são tantas pessoas... - você disse, sem muita esperança.

- Yay! Pare já com isso! - Disse Nona, levantando, pegando o notebook e sentando de novo ao seu lado.

- Vamooos, por favorzinho! - disse ela, mais uma vez.

- Tá, tá, já que você quer tanto - você respondeu, pegando o notebook e abrindo o site da inscrição.

Com o site aberto, você leu os termos das etapas do concurso:

 Faça sua inscrição.

• Aguarde um possível e-mail de confirmação da inscrição, com o local, a data e o horário da audição.

• O roteiro da audição no dia, será uma surpresa. Compareça no devido local, no dia e horário indicados e espere pelo melhor.

• Jurados estarão presentes na audição e te selecionarão para ser trainee de um grupo de K-pop que eles julgarão por si só, ser o ideal para você e seu treinamento.

• Os grupos são:

Bangtan Boys (BTS)

Twice

Blackpink

Exo

Monsta x

Exid

Red Velvet

• Será escolhido apenas UM trainee por grupo, entre x pessoas que se inscreverem no concurso.

• Depois de aprovado e indicado para um dos K-groups, você deverá se mudar para a moradia deles, como um trainee e viver lá por um tempo que será determinado.

• A inscrição só é permitida para quem tem ou completará 18 anos antes da audição.

Boa sorte!

Feita a inscrição, você fechou o notebook e levantou, se direcionando à escada:

- Boa noite, Nona. Estou morta de sono.

- Boa noite, meu bem. -respondeu Nona, com um sorriso satisfeito.

Assim que deitou, conseguiu dormir, sem pensar em muita coisa.












Notas Finais


Vou encerrar esse capítulo por aqui. Me empolguei e percebi o quão grande ficou (=>.<=)
Aproveitem o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...