História Falling in love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Akemi, Jessie, S/n Min Chaeyoung
Visualizações 8
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Harem, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esta história terá duas temporadas a primeira:"Os dois lados".

A segunda:"O lado Black"

E talvez a terceira.

Capítulo 1 - Trabalho


Fanfic / Fanfiction Falling in love - Capítulo 1 - Trabalho

FALLING IN LOVE

Primeira temporada:Os dois lados

   O meu despertador toca, marcando exatas: 6:30 pm.Paro o mesmo rapidamente para não acordar minha família-Pai,mãe ,irmã e irmão -levanto-me, descalça e coloco os pés no chão frio,sinto um arrepio em meu corpo,corro até meu banheiro,tiro minha roupa-meu pijama-.

 Encho a banheira com água quente e me toco ná mesma, fico apenas com meus pés e cabeça para fora,pego meu sabonete e passo por meu corpo,sentindo o leve perfume de rosas,pego meu Shampoo e passo por toda extensão de meu cabelo.    Finalmente acabo meu banho, pego meu roupão, me enrolo no mesmo e saio para meu quarto, coloco um conjunto lingerie vermelha, uma blusa vermelha com detalhes em preto, uma calça jeans e um tenis.

    Pego a toalha, esfrego em meus cabelos, e os penteio, em seguida passo um batom vermelho claro mate, e uma sombra preta, um par de brincos pretos, e um colar dá mesma cor. 

   Olho para Sun Hee minha irmã mais nova que ainda dormia, e roncava, a mesma tem dezesseis anos, vou até sua cama e começo a cutuca-la.

 -Sunni,avisa a mamãe e o papai que saí para ir procurar emprego,ok? -digo a ela que acente mesmo de olhos fechados -Não esqueça. 

 -Conte comigo unnie... -diz sonolenta se remexendo.   

Apago a luz do quarto e fecho a porta e desço às escadas. Preparo o café dá manhã, tomo uma xícara de café e quando ia sair a voz de meu irmão me chama.

 -S/n, sua bolsa.- diz Hoseok me entregando a mesma.

 -Oh, obrigado oppa, não tem trabalho hoje? -digo a ele que nega com a cabeça. 

 -Vai a onde? -diz o mesmo servindo uma xícara de café. 

 -Procura de um emprego... -digo e respiro fundo. 

 -Boa sorte, onde vai? Já sabe? quem é seu chefe? -fiz ele sem pausa.

 -Hope! calma... não sei onde vou -digo a ele que levanta uma sobrancelha - E-eu estou a procura de qualquer trabalho,preciso morar sozinha, tem a faculdade ainda... -digo e meu irmão me interrompe. 

 -O papai e a mamãe disseram que pagam sua faculdade. -diz ele bebericando seu café.

 -Me sinto desconfortável, eles tem a faculdade da Sun, contas da casa, você. -olho para ele que serra os olhos.

 -Aigoo! -reclama -Eu vou cuidar deles! -diz com um bico. 

 -E dá comida dá mamãe né?! -digo a ele que fecha a cara e eu lhe atiro um beijo.

 -S/n, você poderia ir trabalhar ná mesma empresa que eu... -diz Hoseok e eu me sento ao seu lado.

 -Não tenho experiência. -digo negando com a cabeça -Aliás é do seu amigo,que vergonha Hope. -digo cobrindo o rosto. 

 -Tente, meu chefe tem uma irmã, ele procura uma babá, e...ele paga bem. -diz ele olhando o nada. 

 -Ok...me convenceu com esse seu chefe, eu só vou se for a última luz no fundo do corredor. -digo e ele ri .

-Tchau oppa. -me despeço-me dele com um abraço pelas costas.

 -Boa sorte.-diz fofo.  

  Fecho a porta e saio de casa, vou até um ponto de ônibus que fica próximo de casa e me sento no banco do ponto de ônibus.

     Olho meu relógio e eram exatas 8:00 horas pm. Bufo algumas vezes,aliás,esse ônibus chega ou não?    Coloco meus fones já extressada e começo a ouvir  There's Holdin me back do Shawn Mendes, que me fez ficar muito energizada, e me deixou com raiva, quando fico elétrica e com tédio fico brava.

    Olho para o lado e vejo um garoto, com um boné preto que estava super baixo em seu rosto quase impossibilitando a visão de seus olhos, e essas máscaras que se usam por modinha aqui ná Coreia, ele também usa uma blusa branca que encontra-se suja, e a calça do desconhecido estava podre de suja. Olho para os pés do mesmo e só agora percebo que ele está apenas com um pé de tenis o outro descalço.  

 Guardo meu celular rapidamente, pois pelo o estado do garoto, nota-se que deveria ser um assaltante talvez? Ou um terrorista? talvez... um batedor de carteiras? 

 -Não vou te estrupar. -diz o garoto com uma voz rouca daquelas que parece que você saiu da rave depois de beber umas garrafas de whisky.   

Arregalo meus olhos e ia me levantar quando o mesmo segura meu pulso. 

 -Você, sabe quem...eu sou?-diz ele apertando mais meu pulso. 

 -Um lunático tarado que ataca meninas e...até meninos... -digo isso e começo a rir de nervosismo.

 -Você é burra? Se quisesse te estrupar já teria te levado para aquele matagal que você passou para chegar aqui... -diz ele e eu arregalo mais meus olhos - Ah...meu carro chegou. -diz ele mordendo os lábios, ele me solta e entra em uma Lamborghini vermelha que parou em nossa frente.

 -c-c-como?-digo sem entender.

 -As coisas mudam.-diz tirando sua máscara me mostrando seu sorriso.  

 Fico paralisada, como assim? O mendigo fica rico em um passe de mágica? não entendi foi nada. Acabo ficando tão distraída que perco meu ônibus.   

 Me praguejo inúmeras vezes e começo a caminhar, subir uma lomba enorme,e subir outra, e outra e outra.          

   ***  

  Finalmente chego a loja de roupas onde pretendo trabalhar, pretendo pelo menos. 

 -Bom dia,em que posso ajudá-la? -uma mulher sorridente vem me atender. 

 -Eu,não vim comprar...-digo isso e a mulher arqueia as sobrancelhas.

- Eu queria saber se há vagas para trabalho? -digo a mulher que comprime os lábios.

 -Querida...mil desculpas, más não temos vagas.-diz a mulher e eu a agradeço,e saio.    

 E assim foi-se meu dia,com simples palavras:"Desculpe,não a vagas."   

 Meus pés doem,meus tenis surrados ameaçam abrir,o tempo aos poucos esquecendo,sento-me em uma praça e pego meu celular e envio uma mensagem a meu irmão.  

 [Você]Qual o endereço do seu ?

 [Hobi]:( não achou emprego Flower?

 [Você] Não :'( 

 [Hobi]Esse aqui:Rua xxx,bairro Albert Staff,casa 666. 

 [Você] Ish,é o inferno?'-' 

 [Hobi]tipo isso...mais para frente você sabera...beijo:3. 

 Depois de por o endereço em meu celular,vou até o local,aquele é um dos lugares mais nobres de Seul,para se ter uma ideia a rua chega a ter três policias particulares por casa. 

555...559...600...666 ,finalmente em frente a casa,na frente dá mesma a dois seguranças.

 -C-com licença,eu queria ocupar a vaga de babá. -digo sorrindo.

 -Nome?-diz um deles sério.

 -J-jung S/n. -digo vendo o homem anotar em sua prancheta.

 -Número de celular?-diz ele e eu reviro os olhos.

 -Se isso é uma ca...-ele me interrompe. 

 -Não não é um chaveco, numero por favor.-diz sério. 

 -______-digo e reviro os olhos. 

-Senhor,uma tal de Jung s/n quer falar com o senhor. -diz o homem em seu radinho. 

 Ele me dá passagem para passar pelo o portão e me acompanha até uma sala em um segundo andar,ele bate algumas vezes e uma voz conhecida diz um"entre". 

   O segurança abre a porta,me mandando sentar em uma cadeira,que estava em frente a uma escrivaninha e atrás dá escrivaninha a grande  poltrona virada para o jardim se vira em minha direção.

 -Você? !-eu e o homem dizemos juntos.              


Notas Finais


Equipe de apoio:
@LuhPacheco _corretora de erros ortográficos.
@Taekooka-mochii _Corretora de erros ortográficos.

A gente trabalha muito nessas fanfics,espero que gostem do trabalho delas,e do meu claro,aproveitem e leiam minhas outras fics:

Monte sua frase e outros games.

Oh!girl!(imagine Suga bts)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...