História Falso namoro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Luna Lovegood
Tags Drama, Romance
Visualizações 35
Palavras 829
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores, nova fanfic o shippe é Harry e Luna. Quem tiver gostando comenta e favorita para eu saber se tem alguém lendo ou estão gostando, amando ou odiando.
Vai ter um personagem original que vai ser esse sonserino.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo


A guerra eminente terminou arrastando consigo pessoas que lutaram bravamente naquela guerra terrível, levando consigo; Lupin, Tonks, Fred, Dumbledore e tantos outros. Mas como todos esperavam Harry Potter conseguiu derrotar Voldemort novamente e todos puderam viver em paz no mundo bruxo.
Hermione havia conseguido encontrar seus pais e restaurar a memória que, mesmo aborrecidos, ficaram felizes por tê-lá de volta e decidiu passar o restante do verão na companhia deles para recuperar o tempo perdido.
Harry ficara bastante deprimido depois da guerra, uma parte dele estava feliz e aliviado por derrotar o pior bruxo de todos os tempos, por outro lado não conseguira deixar a culpa de ver tantas pessoas inocentes sendo mortas diante de seus olhos e não pôde fazer nada para salvá-los.
Ele havia destruído Voldemort, mas isso não traria Tonks, Fred, Dumbledore, Cedrico e tantos outros, principalmente seus pais, ele sentiu seu estômago revirar e pela primeira vez, depois de tanto tempo chorou pela morte de todos eles.
Harry queria ter tido a escolha de não colocar ninguém em perigo e muito menos terem se sacrificado por ele.
Luna Lovegood também permaneceu na toca o verão inteiro, pois sua casa havia sido destruída pelos comensais da morte e no meio de todo aquele caos seu pai tinha desaparecido, não soubera sobre seu paradeiro ou se havia sobrevivo em meios aos escombros, aquela casa que vivera tanto tempo com seus pais não existia mais, talvez tenha acontecido o pior com o Sr. Lovegood, mas Luna não desistiu do pouco que restara de sua esperança que ele ainda estava vivo.
Perdas e sofrimentos os uniam mesmo inconscientemente.
***
Luna estava sentada no quintal da toca, sentindo a grama macia e vento gelado passeando pelo seu rosto e esvoaçando seu cabelo loiro, os olhos azuis sonhadores estavam opacos e tristes, mesmo se sentindo calorosamente acolhida com os Weasley. Sentia que estava incomodando certos momentos e isso a desconcertou.
Ninguém havia falado ou mencionado nada, pelo a contrário, todos a acolheram, foram gentis, atenciosos e principalmente a fizeram se sentir parte da família, mas no fundo sabia que não pertencia ali.
Olhando a grama, lembrou dos momentos que passou ao lado dele e sem perceber sentiu lágrimas escorrendo pelo seu rosto.
– Sinto sua falta pai. - Mumurrou para si mesmo enxugando às lágrimas.
– Tenho certeza que ele também senti, onde estiver. - Harry falou simplesmente e sentou-se ao lado dela. - Me desculpe, ouvir o que tinha dito e...
– Tudo bem. - Falou entristecida. - Eu sinto falta dele, das férias de verão que passávamos pesquisando e sobre o Pasquim que ele escrevia. Sinto falta até de ler o artigo do jornal, sempre me deixava ler primeiro. - Desabafou sem encará-lo olhando para a frente.
– Pelo menos você passou algum tempo com ele. Eu não tenho nenhuma memória dos meus pais, só os conheço por fotografia e...muitas das vezes, sinto vontade de abraça-los e quando a dor da perda cresce eu... Não tenho lembranças pra me consolar.
– Mas eles te amam e sempre vão está perto de você, te protegendo. - Luna falou virando-se para Harry e sorriu.
– A culpa é minha, se eu não tivesse nascido, talvez eles ainda estivessem vivos. - Harry desabafou o que estava pensando há semanas, desde o fim da guerra. - Todos Luna se sacrificaram, tivemos tantas perdas e andei pensando no que eu havia feito para evitá-las e não fiz nada. - Harry parou para olhá-lá que estava numa expressão tão serena que nem parecia que tinha ouvido o que acabara de pronunciar e percebendo o silêncio vindo da parte dela, prosseguiu. - Eu vi Dumbledore morrendo diante dos meus próprios olhos e fiquei paralisado, assistindo vendo ele perder a vida, também teve Cedrico que vi Voldemort o matando e não fiz nada, eu poderia tê-los salvados e ...
– Harry, você é não é culpado. - Luna começou observando Harry interromper a própria fala. - O único culpado disso tudo é você sabe quem. Não fique se torturando pensando nas perdas e muito menos sentindo o fardo de tudo. Dumbledore iria falecer de qualquer maneira por causa da horcrux que ele usava no dedo, ele pediu ao próprio professor Snape para matá-lo, caso Malfoy falhasse. - Luna observou Harry atentamente e notou sua expressão séria e pensativa, como se tivesse vagando nas próprias lembranças. - Sobre Cedrico, eu não sei o que aconteceu nessa última tarefa, mas tenho certeza que você teria o salvado se tivesse escolha. Você me salvou do porão dos Malfoy, salvou Hermione da morte na mansão e salvou Gina no segundo ano do diário de Tom Riddle, ela me contou. Você salvou todos nós quando derrotou você sabe quem pela segunda vez, se não tivesse nascido como disse, estaríamos perdidos. - Luna terminou olhando nos olhos verdes do garoto que, deu um meio sorriso.
– Obrigado.
Ela asssentiu e ambos voltaram a olhar pra frente sem pronunciar nada, apenas compartilhando a mesma dor, a dor de perderem quem mais amam.

Notas Finais


Gostou?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...