História Famous Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Bieber, Fama, Justin, Justin Bieber, Romance
Visualizações 33
Palavras 1.914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Enjoy xx ❤

Capítulo 5 - Caesars Palace


Kyara Cassidy Point of View.


Respirei fundo olhando a vista em minha pequena janela que mostrava toda a cidade de Los Angeles. Eu estava dentro do meu jatinho particular,  que tinha decolado à poucos minutos. Meu segurança se encontrava mais a frente e eu estava sozinha no fundo.

Nosso destino era Nevada, íamos para Las Vegas. Teria o aniversário de Kylie e eu passaria 5 dias hospedada lá para comemorar junto dela. Nos 4 primeiros dias seria somente os amigos mais próximos, e no quinto dia seria a festa oficial.

Encostei minha cabeça em meu travesseiro ficando mais confortável, coloquei meus fones de ouvidos e dei play em uma playlist aleatória. Voei meus pensamos em questão de segundos para o meu maior problema do momento: o lançamento do meu CD.

Eu estava preocupada e cansada demais, a ponto de desistir de lançar essa droga. Quero dizer, estava dando tanto pepino em relação à isso, que era difícil não pensar em desistir. Eu já tinha um CD, que era um EP, daqueles que é apenas para lançar o artista. Tinha sido um sucesso, felizmente, e não tinha dado tanta dor de cabeça como esse segundo trabalho estava dando.

Talvez seja a tensão de saber que, se tudo der certo, vai ser esse CD que vai me lançar para minha primeira turnê. Com o outro, fiz divulgações e comecei abrindo shows, depois passei para apresentações em programas de TV, premiações, e agora terei minha própria turnê.

O fato de ainda não ter saído em turnê, mas já ter indicações e prêmios importantes me fazia sentir um puta orgulho e querer fazer um trabalho ainda melhor nesse novo CD. Provavelmente era essa pressão toda que estava me deixando com essa insegurança.

Las Vegas não ficava muito longe de Los Angeles, o vôo durava em torno de 1h e 15 minutos. Durante esse tempo me distrai ouvindo música e assistindo um episódio de Friends, mal percebi quando o jatinho começou a pousar.

 Peguei minha mala e minha bolsa de mão, Joshua, meu segurança, iria passar esses dias de folga com a esposa, então ele tinha uma mala também e a pegou, logo descemos. Saímos do aeroporto, e tinha alguns paparazzis por ali. Juro que eu nunca vou entender como eles descobriam onde me encontrar.

Passei por eles sendo escoltada e levada em direção ao carro e entramos. Não demorou muito para Joshua, que dirigiria, arrancar o carro dali indo em direção ao Caesars Palace.

Fui o caminho todo observando a paisagem pela janela do carro, perdida em meus pensamentos. Não demorou muito para chegar no hotel e eu ir fazer meu check in. Joshua partiria logo dali, me despedi e entrei indo em direção à recepção.

Dei meus dados, que não precisava de muito, e peguei a chave indo em direção ao elevador, assim que ele chegou, entrei apertando o botão que indicava o número do meu andar.

Era até clichê Kylie ter escolhido esse hotel, mas, Kylie é Kylie né, com a festa que eu imaginava que ela daria, se não fosse para escolher um hotel como esse, não seria ela.

Cheguei no andar e imaginei que ela tinha mandado os quartos de todo mundo ser tudo no mesmo corredor, pois tinha muitos seguranças por ali. Cumprimentei alguns deles e continuei andando olhando de porta em porta procurando pelo número 338, e assim que achei, entrei.


– Uau. - pensei em voz alta quando me deparei com aquele quarto. Magnífico. Kylie sabia escolher as coisas muito bem. Deixei a mala e a bolsa em um canto e fechei a porta, indo dar mais uma olhada por ali. Vi que em cima da cama tinha duas sacolas e um bilhete. Me aproximei e peguei uma sacola, abrindo com uma mão enquanto com a outra segurava o bilhete e olhava para ver o que tava escrito. Era um cartão de boas vindas do hotel, e com umas coisas relacionadas à festa da Kylie, informando que durante os 4 dias, teria festas temáticas, para então no último ser a festa de comemoração de seu aniversário.

Abri uma sacola e me deparei com um roupão de seda branco, bordado com meu nome em rosa pink nas costas. Tinha também uma lingerie rosa pink, com um pequeno bilhete escrito "Caso a senhorita arrume um boy." Ri. Kylie sendo Kylie. Abri a outra sacola menor, e tinha uma caixa com bombons dentro. Nem preciso dizer que quase morri de felicidade, Kylie era a melhor.

Aproveitei para mandar mensagem à ela avisando que já estava no hotel. Em seguida fui em direção ao banheiro, e vi que ali tinha uma banheira. Assim como o quarto, o banheiro era todo com paredes de vidro, que imaginei ser do tipo de vidro que você vê todo o lado de fora, mas quem está lá, não vê nada do lado de dentro.

Voltei em direção ao quarto, dessa vez pegando minha mala e começando a desfazer para guardar em um armário que tinha ali. Como eu não tinha muita roupa, não demorou muito para eu finalizar. Meu celular apitou e olhei vendo ser uma mensagem da Kylie.

"Estou no meu quarto, 343, vista o roupão que estava em sua cama e não demore para vir." 

Respondi apenas com um "Ok" e fui tomar um banho. Era rápido, ia só jogar uma água no corpo pra tirar o suor. Assim que terminei peguei uma lingerie preta que eu havia trazido, e coloquei o roupão branco por cima. Soltei meu cabelo, que ficou marcado com umas ondas, e peguei um par de chinelos branco.

Saí do quarto, dando de cara com um dos vários seguranças, e perguntei se ele sabia em qual direção ficava o número 343, segui a direção em que ele tinha me informado e encontrei o quarto, sendo o último do corredor, era a suíte presidencial. Mas é óbvio, que burra. Me xinguei mentalmente por não ter adivinhado antes. Bati na porta apenas uma vez e logo alguém abriu. Reconheci de imediato e vi que era Angel.

– Hey, não sabia que já estava por aqui. Pensei que viria só amanhã. - disse enquanto abraçava ela.

– Consegui adiantar para hoje, assim não perco nada. - riu leve - Vem, entra. - abriu espaço e pude observar que o quarto era mil vezes maior e era um puta de um quarto chique. Dali da porta dava para ter uma visão de todo o cômodo, era realmente enorme, parecia um casa, eu moraria ali de boa. Na entrada tinha uma pequena escada de quatro degraus, que dava acesso à uma enorme sala, com dois sofás, TV, uma poltrona e um tapete branco felpudo que cobria todo o chão, no canto esquerdo tinha uma escada em formato de L, que dava para a parte de cima, onde ficava a cama, era um cômodo aberto então lá de baixo era possível ver tudo lá de cima. As paredes, assim como meu quarto, eram de vidro, porém ali uma delas era porta, também de vidro, que dava pra uma pequena sacada. No lado direito tinha um mini corredor com uma porta que eu acreditava ser o banheiro.

– Ai, que saudades. - disse Kylie vindo em minha direção. Notei que ela usava um roupão rosa, e as meninas usava um branco, como o meu, imaginei que seus nomes também estavam bordado nas costas.

– Você? com saudades de mim? Milagre ein. - brinquei e ela deu a língua.

– Vem! - me puxou indo em direção à sala, e pude ver Kendall deitada sob o tapete, entre os sofás. Percebi que tinha três moças de uniforme circulando pra lá e pra cá, e vi que um pouco mais a fundo na direção direita tinha uma mesa enorme, onde elas levavam bandejas e deixavam por lá. Olhei para Kylie que pareceu ler meus pensamentos. – Pra começar vai ter uma festa do pijama hoje à noite, elas estão preparando algumas coisas.

– Festa do pijama? Estamos em Las Vegas e você vai dar uma festa do pijama, sério Kylie? - perguntei rindo enquanto descia os degraus e ia em direção à Kendall para cumprimentá-la.

– Qual é, acha mesmo que vai ser uma festa simples? Além do mais, a maioria do pessoal vai chegar mais tarde, uma festa dentro do quarto é melhor pra começar. - deu de ombros.

– Por falar nisso, quem tanto vem passar esses 4 dias antes da festa? - perguntei enquanto me jogava no tapete, deitando de bruços com o rosto apoiado nas mãos, ao lado de Kendall. Logo Kylie e Angel se juntou à nós.

– Bem, vocês, Tyga, Gigi e Bella, Justin com os caras, e acho que só. Tirando os acompanhantes que alguns vão trazer. - sorriu

– Nem sabia que Justin viria. - resmunguei - Quais "caras"? - perguntei.

– Querida, uma festa sem Justin Bieber, não é festa né? - rimos- Uns amigos dele e de Tyga, Lil Za e Twist, e parece que vem um tatuador, que Tyga chamou.

– Tyga chamou? pensei que a festa fosse sua. - falei rindo.

– Não faz mal um tatuador entre nós, não é mesmo? - disse maliciosa e riu em seguida, fazendo eu e as meninas acompanhar. - Mas, fala aí, e o Bieber ein? 

– O que tem ele? - perguntei me fazendo de desentendida.

– Ora, não se faça de idiota. - disse Angel revirando os olhos. 

– Sim, não se faça de idiota, na ligação você disse sobre a "tensão sexual" entre vocês. - disse Kylie engrossando a voz. - Não rolou nada?

– Não é bem uma "tensão sexual", está mais para uma "atração que está escrito em nossas testas". - fiz aspas com os dedos.

– Mesma coisa. - revirou os olhos.- Mas e aí, não rolou nada mesmo, nem um beijo? - insistiu na pergunta.

– A gente transou pelo telefone. - falei desviando o olhar e pressionei meus lábios em uma linha reta.

– O QUE? - as três gritaram, com Kendall se pronunciando pela primeira vez na conversa, me assustando.

– Ai, não gritem. - reclamei.- Foi isso, ué.

– Meu Deus, Kyara! - Kendall disse boquiaberta - Como foi isso?

– Nunca transaram pelo telefone? - perguntei às três.

– Dã, não é esse sentido a pergunta. Você sabe, como chegaram à esse ponto? - ela perguntou e eu suspirei, começando a explicar.

– Bom, não sei como exatamente chegamos à esse ponto, até porque apesar da atração, não nos tornamos tão íntimos, sabe? Criamos uma amizade com facilidade, sim, mas pra falar a verdade nos vimos algumas vezes durante duas semanas e depois a gente se falou só por telefone. - expliquei mexendo as mãos. - Até que, aconteceu isso, eu estava tomando banho e ele me ligou querendo conversar, no meio daquele diálogo chato de "tudo bem?" "tudo e você?" "ah tô bem, o que está fazendo?", eu disse que estava no banho, e bom... aconteceu.

Uau, que rápidos. - disse Angel - e depois?

– Hum... não nos falamos mais. A não ser por duas vezes, no máximo, sobre a música que estamos gravando.

– Caraca, quero só ver a reação de vocês dois quando ele chegar. - Kylie disse debochada.

– Normal, ué. Pelo menos da minha parte. - Era o que eu esperava, né.

– De uma coisa eu sei, Kyara vai ser a primeira a estreiar a lingerie que Kylie deu. - gargalhei com a frase de Kendall, e as meninas fizeram o mesmo.

Passamos o resto do dia conversando, fofocando, comendo, bebendo champanhe e tirando muitas fotos. Em um momento decidimos fazer uma live no twitter, o que fez passar as horas muito rápido e logo já tinha que ir para meu quarto me arrumar.


Notas Finais


Ei, girls. Esse foi o capítulo de hoje, espero que gostem.
Queria dizer que eu sei que a "aproximação" de Justin e Kyara foi uma coisa muito rápida, e que no começo estou já pulando muitos dias, mas é que não quis ficar de enrolação pra chegar logo na parte em que quero que chegue, que é eles bem próximos.
Não pensem que eles vão ficar juntos tão rápido assim, vai rolar algumas coisas, mas não vão namorar logo ou ter algo sério logo. Vai ter muitos altos e baixos nessa fanfic, e eu vou sempre tentar dar uma fugida dos clichês, ok?

Espero de coração que estejam gostando da fic, e como eu disse, quem tiver opinião para dar, podem ficar à vontade, é tudo nosso snksbhkdn

Revisei o capítulo apenas uma vez, os erros que encontrei eu corrigi, mas ainda assim se tiver algo incorreto, me desculpem.

Enfim, beijinhos, até o próximo. xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...