História Flashback - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Junghan "Jeonghan", Seungcheol "S.Coups"
Tags Jeongcheol, K-idol, Kpop, Seventeen
Visualizações 11
Palavras 1.947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Sensações Conhecidas


Fanfic / Fanfiction Flashback - Capítulo 2 - Sensações Conhecidas

Hoje é dia de mudar nossa aparência,

O pesadelo de Doyoon é ter que passar pelo processo lento e doloroso de descolorir o cabelo e servir de boneca de vestir para as estilistas, não posso o culpar por deixar a manager tão irritada, é um saco mesmo. Eu tenho que cuidar das reclamações dos garotos, qualquer palavra pode se virar contra nosso pequeno grupo, sinceramente, é muito cedo para algum tipo de escândalo.

Como visual do grupo eu passo por mais horas de tratamento, além de escutar coisas como “Ele fica melhor com esse tom”, “Ele se parece com tal idol”. Enquanto eu definhava esperando como uma estátua as cabelereiras acabarem o trabalho, uma delas ligou a TV em um programa musical e para minha infinita infelicidade, Seungcheol estava lá com o resto da tão conhecida Hip-hop Team.

- Eles são tão atraentes... Ei, Chinhwa, venha ver! – Gritou uma das mulheres.

- Hm? Estou revendo a agenda dos garotos o que foi agora? – Respondeu a manager.

- Hyung... - Chamei-a com um olhar quase piedoso para o manager – Eu realmente quero ir embora...

Sem resposta, faço um bico e após, um longo e doloroso suspiro. Volto a atenção á TV onde o pequeno pedaço de minhas memórias estava, mesmo não querendo ouvir suas vozes, teria de aguentar por capricho das mulheres. Observando mais os outros, noto um pouco de cansaço em seus rostos, como se estivessem acordados há horas.

- A Pledis está abusando deles, como podem deixar eles com uma aparência tão ruim assim?  - Comentou o manager. – Hannie, quando eu perceber que você ficou com está aparência pode ter certeza que vou providenciar uma folga.

- Que hyung mais cuidadoso, apesar de não me consolar enquanto meus seboongies me ignoram... – Comento fechando os olhos. – Mas eles devem estar apenas praticando demais, não diga coisas estranhas.

 

-

 

Ao chegar ao lugar do fansign, pego meu celular pausando a música que tocava em meus fones, Amber sunbaenim sempre me deixa de bom humor. Estranho o nervosismo entre os membros já que, eles adoraram nosso primeiro fansign, foi como um momento no paraíso para eles. Aproximo-me do maknae e então, me apoio em suas costas.

Pode até estranhar, mas ele já está tão acostumado com isso que apenas continuou em silêncio, o que é bom já que, antigamente tudo o que ele fazia era tirar meus braços e rudemente me chamar de bebê pesado, eu realmente me senti insultado.

Em uma hora já estávamos trocados e pronto para receber com amor nossos midnight’s, esbocei um sorriso carinhoso e entrei junto dos outros, ganhando gritos animados em respostas, ao olhar para todas aquelas pessoa pego meu microfone totalmente surpreso.

- Wuah, veio mais gente do que da última vez! – Disse a eles acenando como uma criança. – Mingssi, acha que devemos recompensá-los hoje?

- Por que não? Vieram muitos midnight’s hoje, vamos fazer o maknae dançar para eles! – Me respondeu juntando-se aos outros na frente das mesas

- Por que EU devo dançar? O expert nisso é o Doyoon... – Reclamou.

Rimos juntos após ver o mais velho fazer um pequeno passo de dança, logo após uns minutos conversando e fazendo poses para as fotos, todos nos sentamos e então, começamos a falar com todos e todas, maioria mulheres, como sempre. Mesmo sendo jovens tão bonitas, ainda mais sendo tão preciosas para mim, ver nossos fãs homens sempre será mais contagiante.

Nunca pensei em mulheres dessa forma, mas não é algo em que eu simplesmente posso dizer aos meus colegas. Eles ficariam preocupados a cada vez que eu me aproximasse de um homem, ou pior, falariam por um ou dois meses para que eu não mostre sinais de meu pequeno “erro”, mesmo me amando muito. Imagine então se meu manager descobrisse? Chinhwa me faria mostrar um pouco mais de amor pelas fãs mulheres.

- Hannie?

Me desperto das ações automáticas e então num sorriso encantador meus olhos se encontram aos de um garoto que parecia mais velho que eu fisicamente, parecia bonito mesmo usando uma máscara e óculos de grau, pego seu caderno e o assino.

- Hyung~ veio de longe? Sua voz mostra cansaço... – Pergunto a ele enquanto mantenho um tom suave. – Mesmo sendo homens nós devemos descansar bem antes de fazer uma viagem longa.

- Hyung não tem tempo para descansar, mesmo que queria. – Respondeu-me.

O olho novamente agora mais atentamente, sua voz vacilava entre meus pensamentos de forma estranha, como se eu já tivesse a escutado, por bastante tempo em minha vida. De diversas formas, uma vez triste, outra tão feliz quanto uma criança ao receber seu primeiro brinquedo... Quanto mais volto a procurar sua voz nas memórias mais peito se apertava.

- Hyung, você tem de descansar de qualquer forma, mas dormir ou se sentar não é a única opção. – Digo baixo agora mantendo um olhar sigiloso, um tanto sensual para mim, eu diria.

Depois dele o tempo se passou mais rápido e assim, o fansign também acabou.  Nós quatro reverenciamos nossos Midnight’s e saímos do lugar, mas agora, apenas eu estava pensativo e um pouco desanimado, curioso talvez. A voz daquele fã ainda me puxava, mas eu não o reconhecia de forma alguma.

 

-

Nossa sala de treino sempre foi pequena, disseram que talvez pudessem aumentar o espaço, mas que provavelmente não seria possível já que, éramos apenas quatro, não havia o porquê de ter uma sala tão grande. Tudo dependia de nossa popularidade, se é para ser ambicioso, que seja como recompensa, mesmo pensando tanto, via no rosto do manager e do coreografo um sentimento de orgulho, no começo aprender esse tipo de dança era um inferno.

- DON-SA-ENG!

Paramos de dançar e enfim, eu e os outros três voltamos nossos olhares para a porta da sala após ouvir o grito em conjunto de vozes femininas, recebendo um grandioso sorriso de nossas seis sunbaes. GFRIEND, um girlgroup de nossa empresa, conhecido pela dança difícil e pelo impecável conceito inocente.

- Vocês estão encrencadas, eu estou dando tudo de mim aqui para acabar esse treino e gravar esse dance practice! – Reclamou Dongjin se jogando no chão, pobre maknae. – Somos sonhadores, mas somos humanos...

Sentei-me ao seu lado e o puxei para deitar sua cabeça em meu colo. Não converso muito com os membros do GFRIEND, mesmo sendo da mesma empresa, meus membros não saem tanto quanto eu, ou seja, eles têm uma relação mais aproximada das garotas e às vezes, eu disse às vezes, me ligam para que elas me deem um “Olá Hanniessi!”.

Elas são extremamente fofas, não posso negar, mas não é como se todos os artistas da mesma empresa se encontrassem muitas vezes ou serem bem próximos, somos uma família, mas, além disso, somos colegas de trabalho, duvido que alguém tenha uma relação profunda de amizade com todas as pessoas de seu emprego.

Enquanto os outros dois e meu manager foram conversar com elas, eu fiquei com meu bebê, aka Dongjin, que estava exausto como todos nós, suspiro me lembrando da pessoa de antes, o quanto ele parecia estranho, o quanto seus olhos me fizeram me perder entre milhares de lembranças boas e ruins, como uma montanha russa.

- Hyung. No que está pensando? – O mais novo perguntou-me. – Desde um momento, você está parecendo bastante desanimado, acha que está doente?

- Talvez, eu não sei.

- Você é o mais fraco, não se atreva a ficar desse jeito tão cedo.

- Não vou, eu consigo facilmente ficar curado assim como facilmente fico doente!

Levanto meu olhar para o espelho a nossa frente, percebendo o quanto o fundo daquela sala destacava-se, uma cor rosa forte. Eu estudei por um período do tempo sobre as cores para criar nossa nova logo, ver aquele fundo rosa me deixou um pouco triste, por quê? O rosa é a inversão do verde, que por acaso, era a cor de nossa antiga sala de prática.

“Deus está me castigando por acaso?” Pensei. Primeiro ver Cheol dizendo algo como aquilo e agora mais um coisa para me lembrar daqueles tempos, só pode ser castigo, não há como. Mordo meus lábios enquanto soltava um suspiro lento e desconfortável, ignoro o olhar de dúvida do maknae sobre mim, continuo assim enquanto os outros voltavam até suas posições. Logo, resolvi conversar com eles sobre o homem de antes, se eles o conhecessem certamente me contariam e tirariam esse incômodo da minha mente.

- Ei, vocês se lembram de um fã de óculos e máscara no fansign?

-范什么风扇?

- Ming, use coreano.

- Perdão, que fã? Sem estar nos achando, mas, eram muitos é difícil de lembrar-se de um especificamente.

- Eu senti que o conhecia de algum lugar, mas era tão próximo e tão longe ao mesmo tempo em que... Era como... Se ele não quisesse ser descoberto, mas ao mesmo tempo notado.

Senti o silêncio no local e logo notei algo de errado, joguei Dongjin para o lado e me levantei apontando para todos eles, serro meu olhar a eles vendo o mais novo se juntar aos outros dois, fico calado até que eles se olharam e desviaram seus olhares, cada um para um direção diferente. Eu ia ir até os três, tirar satisfação do por que desse silêncio extremamente desconfortável, até Chinhwa nos chamou para continuar a praticar.

- Vocês três, estão bastante, mas bastante encrencados, me ouviram bem? Não pensem que podem fugir quando chegarem ao dormitório.

-

Já no carro, depois de três horas dançando mais duas horas fazendo uma live para nossos Midnight’s, continuo me mostrando irritado, especialmente de braços cruzados recusando que algum dos três deitasse em meu colo, que sempre brigavam para quem ia se deitar.

Sinto meu celular vibrar em meu bolso e o retiro vendo uma mensagem de nosso grupo em conjunto, onde deixámos nossa agenda. Respiro fundo e desbloqueio o celular.

 

DREAMTALK

Maknae:
Do-hyung, faça o favor.

DOYOON.

Velhote:
prefiro não ouvir um grito dentro do carro, muito obrigado.

Maknae:
E eu quero deitar minha cabeça

vocês
por favor
contem agora
antes que eu corte a cabeça de vocês
AS DUAS CABEÇAS.

Maknae:
mesmo que seja difícil
eu preciso delas para relações futuras

mereço.

Velhote:
Hannie, prometa pro Hyung
que o manager não vai ouvir
UM GRITO SEQUER
da sua boca

bem difícil
é só um cara
que eu nem lembro o nome
nem rosto
E VOCÊS ESTÃO FAZENDO ESSE DRAMA
ME POUPE

Ming:
era o Hong

Le Hongbin?

Ming:
JOSHUA HONG PRAGA
H-O-N-G JISOO

 

Talvez, TALVEZ eu tenha deixado meu celular novo cair no chão do carro, e TALVEZ eu tenha me desligado do universo por um momento.

Shua era o meu melhor amigo antigamente, se ele me pedisse pra envenenar alguém eu o faria, se ele implorasse para que eu não durma por duas horas no dia de folga, eu com certeza faria esse sacrifício. Era por isso que eu o reconhecia, era por isso que minha cabeça tinha ficado em toneladas de pensamentos.

Mas eu não sei por que, parecia que eu tinha alguém mais importante em mente, alguém que eu esperava que tivesse vindo falar comigo, um sentimento de dúvida e felicidade apareceram de repente, era um sinal de que algum deles se lembrava de nós, que algum deles vinha acompanhando o DREAMER, se isso não é um bom sinal, não faço ideia do que pode ser.

Encostei-me no banco dando um sorriso enorme e logo, ouvindo o suspiro de alívio de todos os outros membros, abracei a mim mesmo ignorando o fato de que meu celular, meu precioso celular, estava no chão do carro, provavelmente trincado.

Mas quem se importa? Estou feliz.

Agora que eu me lembrei, eu havia o chamado de Hyung. Que ele não lembre. Amém.


Notas Finais


Perdão pela demora de DUAS SEMANAS.
Não é fácil para mim criar um história depois de tanto tempo, por favor comentem caso eu deva continuar mesmo com a demora <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...