História Flaws •• Yoonmin •• Markson •• - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jimin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Suga, V
Visualizações 146
Palavras 2.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha esse neném lindo da desgraça que da vontade de morrer.

Oi bolinhos (ノ^o^)ノ

Aqui o link do dance do monsta pra quem quiser imaginar o Jimin dançando https://youtu.be/Ec7Z7YNdai0 bjos

Capítulo 8 - Ops!


Fanfic / Fanfiction Flaws •• Yoonmin •• Markson •• - Capítulo 8 - Ops!

Você acorda, olha para o lado e vê o ser humano mais lindo do mundo dormindo com um bico adorável, lembra que é sábado, lembra que a empresa é fechada porque você mesmo decretou assim, mas também se lembra que deixou uma pilha de papéis os quais só você pode resolver, tais papéis que tem que ser despachados no primeiro horário comercial sem atraso algum, ai você pensa, fico aqui e deixo pra lá e fodo mina vida, ou me mato, no caso as duas opções dão na mesma, então você se levanta e vai até o banheiro se jogando quase que de roupa e tudo embaixo da água de tanto desgosto que sente, toma um banho se amaldiçoando por ser um desgraçado que deixa as coisas pra última hora, se seca quase se batendo com toalha porque é sábado e você deveria ta na cama com aquele ser gostoso do caralho, troca de roupa imaginando se inventar uma doença poderia resolver tudo.

 Eu Min Yoongi sou um merda, e me odeio, e sou dramático mesmo e você não tem nada com isso. 

 Desço até a cozinha e vejo Guadalupe preparando o café, me sirvo do suco, pego uma torrada e olho pra ela. 

 - Lupe meu amor... 

 - Me chamando assim ja quer favor. 

 - Que horror Lupe, quem vê até pensa, mas sim...

 - Num disse? Interesseiro não ama ninguém, mas fala, depois eu cobro.

 - Que pessoa má, mas sim, Tae vai vir aqui hoje pra levar Jimin para fazer compras.

 - Você vai deixar o Tae comprar roupas com o Jimin? O Tae? Se fosse o Jungkook tudo bem, mas o Tae? Ele se veste como os taxistas brasileiros garoto, eu não vou deixar um menino lindo como o Jimin usar óculos amarelos e camisas cor vinho com listras bege nem por um decreto.

 Eu quase cuspi o suco da boca, ela realmente estava muito revoltada com a proposta.

 - Calma Lupe, é só para acompanhar, e pagar depois, só ele sabe minha senha, Jimin vai escolher tudo, não se preocupe OK?

 - Hum, tudo bem então. 

 - To indo para a empresa, mas volto pro almoço, é jogo rápido lá, não deixe Tae tirar minhas coisas do lugar, ele ama fazer isso aquele demônio. 

 - Posso ameaçar com um faca se ele não quiser obedecer?

 - Use os artifícios que quiser.

 Ela sorriu diabolicamente.

 - Só se ele não quiser Lupe, pare com essa sorriso assustador.

 - Oh me desculpe. 

Ela colocou a mão na boca como uma dama educada - que ele não é - faz quando fica envergonhada,  agora sim ela parecia uma senhora simpática, virei as costas indo em direção ao meu rumo. 

Já no carro ligo para Tae, na décima chamada eu acho ele atende com a voz tão rouca que soube na hora que tinha o acordado.

 'Espero que você esteja no hospital porque sua mansão pegou fogo e você se jogou da janela, senão eu mesmo  vou ai te jogar da janela'

 'Tae, acorde meu lindo girassol da manhã, o sol já esta na metade do céu e eu preciso de você'

 'A Yoongi não fode minha paciência porra'

 ' Tae me escuta, você precisa ir na minha casa, conhecer o Jimin e o levar para o shopping, depois te explico o porque' 

 'E porque eu faria isso?' 

 'Porque é o cartão black que vou entregar nas suas mãos e fiquei sabendo da nova coleção da Gucci'

 Nem terminei de falar e ouvi um barulho estranho.

 'Só vou tomar um banho e já vou, é Jimin certo?'

 'Você é uma vadia sabia?'

 'É Gucci meu amor, Gucci' 

 Desliguei o viva voz e ele desligou a chamada, esse garoto era o cão mas era meu nenê. 


 POV Jimin


 Acordei e quase infartei quando vi um ser sentado na mesma cama que eu me olhando e sorrindo, havia uma pessoa me observando enquanto eu dormia, eu estava assustado demais para perguntar qualquer coisa, mas nem precisei.

 - Prazer, eu sou Taehyung ou Tae ou V, você escolhe, e hoje vamos fazer compras. 

Ele estendeu uma mão para mim enquanto balançava um cartão preto na outra.

 - Vamos Jimin, levante, não temos a manhã toda não. 

 Ele falava comigo como se fôssemos mais que amigos, friends, quem era esse louco?

 - Quem é você? 

 - Melhor amigo do Yoongi, consequentemente seu melhor amigo agora e fui incumbido de te levar as compras.

 Revirei meus olhos.

 - Ja falei pra ele que não quero isso. 

 - Garoto eu não ligo, tenho um cartão sem limite aqui que é aceito até no mercado negro, ande.

 Se levantou e saiu do quarto, eu quis arrancar meus cabelos, eu só me metia com gente louca. 

Tomei um banho rápido e coloquei uma das roupas que Suga me trouxe, desci as escadas correndo e vi Tae parado me esperando.

 - Vamos, la a gente come alguma coisa, pra ser sincero tenho medo da Guadalupe, então passo longe viu? 

 Eu ri daquilo, ele devia ser um cãozinho assim como Suga, porque comigo ela era um amor. 

°°°°

 Eu já não aguentava mais carregar tantas sacolas, na verdade não havia mais espaço nos meus braços e eu sempre esbarrava em alguém, o tal do Tae por sua vez nem se importava com aquilo, estava mais que acostumado pelo que vejo, estava super tranquilo e até cantarolava, e eu só conseguia pensar que Suga provavelmente depois de ver tudo o que gastamos iria me expulsar de casa.

 - É... Tae, o Yoon num vai ficar bravo não?

 Tentei erguer as sacolas nos meu braços. 

 - Jimin, eu ainda não sei o que você é realmente dele, ou que você fez com meu precioso amigo, mas ele disse que era pra comprar o que você quisesse, entao aproveite, ele nunca fez isso por ninguém. 

Não soube o que responder, e depois de mais algumas voltas Tae viu que eu já estava cansado, já estava quase na hora do almoço, então ele resolveu ir embora. 

Descemos ate o estacionamento do shopping e Tae colocou as compras no porta malas do seu Hyundai Equus, todo mundo é rico nessa porra? Eu to no lugar errado, alguém avisa eles. 


 POV Suga 


 Ainda bem que sou rápido e já sabia o que tinha que fazer, porque passar o sábado dentro da empresa não estava nos meus planos, e agora com um Jimin em casa o que eu mais queria era aproveitar cada segundo dos meus preciosos fins de semana junto dele e de preferência sozinho.

Terminei de organizar a papelada, tranquei meu escritório e desci pelo elevador até o térreo, cumprimentei o segurança que trancou a porta do prédio logo assim que eu saí, finalmente eu teria o sábado só pra mim, quero dizer, finalmente o sábado começaria.

°°°°

Quando fiz a curva e apertei o controle para abrir os enormes portões com grades de ferro preto da minha casa vi o Equus do Tae no meu gramado, dei um aceno de cabeça para o segurança que estava em seu posto do lado de fora da guarita com um lindo doberman com uma coleira cheia de spikes do qual nem eu me aproximava. Quando dirigi mais alguns metros indo em direção a garagem  vi o Genesis preto do Jungkook estacionado ao lado do carro do Tae.

Pelo amor dos deuses eles não tinham casa não? E não bastava os dois estarem aqui o que indicava que eles iriam ficar pro almoço e enrolar até o jantar, eu ainda dentro do carro fechado podia ouvir o som que via de dentro da casa, mais alguns decibéis e minhas paredes de vidro iriam estourar, e eu iria estourar a cara deles.

Abri a porta da sala e eles nem perceberam, pudera também, podia haver uma explosão que eles não escutariam, quando olhei minha sala mais uma vez vi que o sofá havia sido arrastado e agradeci a mim mesmo por ter colocado rodinhas nele a dois meses, minha mesa de centro não fazia ideia de onde estava, e meu tapete estava enrolado no outro lado da sala. Olhei alem deles e vi Guadalupe me olhando, depois ergueu os ombros como se dissese eu tentei impedir  e saiu de cena, minha vontade foi de pendurar os três num poste de cabeça pra baixo, mas quando vi Jimin e Tae dançando Boombayah como se suas vidas dependenssem disso eu só conseguir achar fofo.

Me aproximei do sofá e me joguei nele fazendo Jungkook que estava gravando os meninos quase derrubar o celular da mão, ele ia me xingar provavelmente, mas fiz um sinal para ele ficar quieto, por mais que eu quisesse matar os três por terem bagunçado minha sala, ver Jimin dançando só de bermudinha preta que marcava aquela bunda linda a cada movimento por conta do tecido fino e aquela camiseta branca que já estava grudada no corpo por conta do suor, e meias, ta eu ri das meias, mas sabia que era mais fácil para deslizar com elas, não me era uma má idéia, mas ai os dois se viraram pra o sofá e quase saíram correndo com cara de pânico por me verem lá.

- Yoongi, eu não tive nada haver com isso eu juro.

Eu ja ia contestar, mas quando olhei para Jimin vi a culpa estampada em sua cara.

- Jimin?

Ele ia se defender mas se distraiu quando Stuck do Monsta X começou a tocar.

- Essa quem vai dançar com o Jimin sou eu.

Jungkook mais rápido que um paparazzi atrás de um flagra já estava ao lado de Jimin a minha frente, os dois ficaram de costas encarando a TV, não achei ruim, a visão da bunda do Jimin era incrível, mas isso não me distraiu o suficiente.

- No chão Taehyung, não vai sentar nesse sofá assim nem por cima do meu cadáver.

Ele fez um bico de reprovação e se sentou o chão. 


Você sabe que eu me importo muito com você

 Que eu fico nervoso mesmo que feche meus olhos por um segundo

 Quando olho você, sinto que vou ficar sem fôlego

 Como você pode ser tão assustadoramente bonita?


Não havia mais nada no mundo alem de Jimin dançando na minha frente.


Eu me apaixonei completamente por você 

Não posso fazer nada, mas permaneço ganancioso

 Quanto mais olho pra você, fico mais ganancioso 

Estou curioso sobre tudo em você


Nunca imaginei que essa criatura adorável pudesse dançar tão bem, era alem das minhas expectativas.


Oh Deus, você é uma escultura 

Eu estou perdendo a cabeça, mas você ainda brilha 

Quero olhar outro lugar, mas você rouba meu olhar

 Eu estou perdendo o fôlego, e é por sua causa


Não fode quem ta perdendo o folego aqui sou eu. Ele ficou de frente para mim, e deve ter percebido o quanto eu estava o secando, por que o jeito que passou a língua na boca e a mão no cabelo denunciou isso, e mostrou que estava me provocando, sarou rápido Park Jimin?!


Mesmo que eu perca tudo estou pronto 

Meus olhos estão fixados só em você

 Eu fecho meus olhos mais eu ainda vejo você

 Eu não vou hesitar mais 

Eu realmente me decidi

 A partir de hoje 

 Eu estou obcecado só por você 

Mas eu não sou perigoso

Então, querida, não se preocupe 

Eu estou obcecado só por você

 Se eu puder te ter eu farei qualquer coisa 

Eu não consigo fazer qualquer coisa sem você

 Eu não consigo viver um dia sem você 

Vou tentar lidar com você 

Eu não sou perigoso, então, querida não se preocupe


A música terminou e Jungkook se jogou no colo do Tae e Jimin se sentou no chão no meio das minhas pernas, eu não resisti e ergui seu rosto para mim e o beijei sem me importar com os garotos ali.

- Você é incrível.

Falei ainda com a minha boca na dele, suas bochechas coraram na mesmo hora.

- AAAAAH CARALHO! É oficial! Yoongi saiu da seca! Meus deuses eu não acredito que você esta apaixonado, finalmente percebeu que o garoto da quarta série não ia aparecer do nada por mais que você quisesse isso e por esse motivo nunca assumiu ninguém, eu sabia que Jimin era diferente, parabéns Jimin você deve ser o cara por que esse ai tem um coração de pedra, se é que ele tem.

Eu achei que ele nunca mais ia parar de falar ou sufocar por falta de ar, e eu ainda não acreditava que ele tinha dito tudo aquilo, eu ia contar toda a história pra ele, mas esse demônio não pode deixar a língua dentro da boca.

Então tive coragem de olhar para Jimin, seus olhos brilhavam, eu vi seu peito subir e descer e não era por conta do cansaço.

- É sério?

- É Jimin.

Ele não sabia que tipo de reação ter, então apenas sorriu, e sorriu mais, e olhou para Tae.

- Sabe Taehyung, eu sou o garoto da quarta série. 


Notas Finais


Desculpa os erros meus amoressss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...