História Flaws •• Yoonmin •• Markson •• - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jimin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Suga, V
Visualizações 66
Palavras 1.492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem apareceu nessa bagaça gente, nosso Markson cheiroso de cada dia, vão se segurando ai

Capítulo 9 - Só pode ser brincadeira


Fanfic / Fanfiction Flaws •• Yoonmin •• Markson •• - Capítulo 9 - Só pode ser brincadeira

A cara que Tae fez quando descobriu que Jimin era o Jimin da quarta série devia ter sido filmada e jogada na internet porque foi incrível ver suas mãos escondendo seu rosto, eu e Jimin começamos a rir, mas nossa risada foi cortada com algumas batidas na porta, Jimin me deu passagem e me levantei e fui até a porta a abrindo e fechando logo em seguida voltando pro sofá.

 - Quem era? 

 Jimin me olhou estranho.

 - Engano. 

 - Engano? Essa pessoa entrou aqui dentro, ninguém passa pelos segurança por engano.

- Não se fazem mais seguranças como antigamente.

 - ABRE A PORTA YOONGI! 

 - Agora essa pessoa esta gritando na sua porta Yoongi, pelo amor de g-dragon, o que está havendo? 

 - Só ignore meu bem. 

 - YOONGI NÃO FINJA QUE NÃO ESTOU AQUI.

 - Abra a porta logo Yoongi, ele vai quebra-la.

O silêncio se fez presente.

- Viu? Ja foi embora.

- Yoongi.

Quase engasgo ao ouvir ele me chamando do outro lado da sala. Essa praga é insistente mesmo, Mark deu a volta na casa e entrou pelos fundos e pior estava segurando duas malas enormes vermelhas. 

 - Você acha certo deixar seu amado primo pra fora desse jeito? 

 - Mark, primo nem parente é.

 - Vou subir e tomar um banho porque estou exausto e muito triste por ser tratado como um cão de rua.

Garoto abusado.

 - E quem permitiu garoto? 

 - Nossa Yoongi é assim que trata o sangue do seu sangue, eu só quero morada por umas semanas.

 - Semanas Mark? Na última vez você disse que iria ficar uns dias e ficou três meses.

 - Yoongi depois a gente conversa vou subir.

Abusado nada, cara de pau. 

 Ele saiu quase que correndo porque eu fui atrás dele, o que foi estranho porque ele estava de mochila nas costas.

 - Mark! Ei, espera.

 - Por favor Yoongi, deixa eu ficar aqui. 

Mark nunca ficava em sua verdadeira casa, seu pai era alcoólatra, sua mãe submissa, e sempre sobrava para ele, infelizmente nem todo mundo consegue subir na vida, meu tio preferiu os bares a buscar condições melhores a sua família, e eu não suportava ver Mark no meio daquilo se afundando junto de sua família, então meu pai o mandou estudar fora, ele tinha que ser melhor da turma e do resto meu pai cuidava, depois disso Mark resolveu que queria fazer intercâmbio, e sempre que ele terminava, era para cá que ele corria. 

Respire fundo, olhei para aquela carinha de cachorro que caiu da mudança e abri os braços para ele que sorriu de volta e pulou no meu colo. 

 - Senti sua falta personificação do mal. 

Ele riu e saiu do meu colo.

 - Eu também.

Apertou minha bochechas, sabia que eu odiava aquilo e sorriu travesso pra mim. Virou indo em direção a porta logo a nossa frente, então me lembrei que aquele quarto não, mas ele já estava jogado na cama.

 - Porque essa cama tem esse cheiro de perfume?

 - Porque esse quarto já tem dono e você não pode ficar com ele. 

 Ele se levantou e abriu o guarda roupa analisado cada peça de roupa que tinha ali me encarando logo em seguida.

 - Esse é o quarto do Jack, não pode ficar aqui.

 - Jack? 

 Ele parecia puxar na memoria algum rosto.

 - Jack? Jackson Wang? Aquele magrelo esquisito de cabelo preto com um corte de meio peculiar?

 Ele riu, foi a uns tres anos que os dois se viram e bem, Jack não estava numa fase muito boa com relação a sua beleza, mas se Mark visse agora certeza que a baba ia escorrer.

- Não se faça de sonso, você lembra muito bem dele.

Mark tentou conter o desconforto súbito que sentiu, mas eu percebi.

Esses dois, isso vai dar merda.

- É nesse quarto mesmo que vou ficar. 

Passei as mãos no cabelo e depois no rosto e me dei por rendido, eles que se entendam depois, desci as escadas e me joguei no sofá novamente.

 - Que cara é essa Yoongi? 

 Taehyung percebeu a minha frustração  só pelo modo que eu me sentei no sofá. 

 - Ele se instalou no quarto do Jack.

 - Eita cuzão. 

 - Isso é algo ruim? O Jack mal para aqui certo?

 - O problema não é esse Minnie, o problema é que é o Mark que está lá.

 Jimin abriu a boca pra perguntar o motivo disso e a porta da sala abriu junto, puta que pariu, a merda tava feita. 


 POV Jackson 


 Abri a porta da casa e vi todos meus queridos amigos ali sem mim, não que eu não tivesse reparado no carro deles lá fora, mas ver com meus próprios olhos aquela traição foi pior, parei na porta com ela ainda aberta e cruzei os braços. 

 - Bonito, que bonito, que cena mais linda, será que estou atrapalhando o grupinho ai? 

 - Jackson não é nada disso que você esta pensando.

 - Você partiu meu coração Yoongi, mas meu amor não sinta pena não.

 Ele saiu do sofá e se ajoelhou na minha frente com as mãos cruzadas, eu olhei pro lado o ignorando.

 - Não faça isso comigo, me perdoe. 

 - Se eu não guardo nem dinheiro, o que dirá guardar rancor mas você vacilou primeiro, nosso caso acabou. 

 Ele fez uma cara de dor se jogou para trás com a mão no coração. 

 - Não, o que vai ser de mim sem Jackson Wang?

 Fui até ele e comecei o chutar sem encostar nele. 

 - Isso é por você ser um sem vergonha que me esquece, me larga, me usa e joga fora.

 Ele não se aguentou e começou a rir, dei a mão para ele o puxando do chão e o abraçando logo em seguida. 

 - O que tu faz aqui? 

 - Essa casa também é minha, eu tenho as chaves e até um quarto com coisas minhas aqui. 

 Sai da sua frente e fui falar com os outros guris da sala.

 - Vai almoçar com a gente Jack? 

 Jimin, o ser mais fofo do mundo perguntou com um sorrisso mais fofo ainda, quase derreti.

 - Não, já tenho um compromisso, eu só vim buscar um bone meu que não achei em casa então com certeza ele tá no quarto, vou lá buscar porque não posso demorar. 

 Quando falei quarto vi que ele olhou para Yoongi e em seguida Yoon se pôs na minha frente. 

 - Me fala qual é que eu busco pra você. 

Yoongi querendo fazer algo de bom grado pra mim e ainda sorrindo? Ele acha que nasci ontem? O que esses filhos de satã estão escondendo? Olhei de relance pro outro lado da sala e depois virei todo meu rosto reparando em duas malas vermelhas.

 - Quem vai viajar?

 - Viajar? Ninguém. 

 - Então quem está aqui Yoongi? 

 Foi entao que ele reparou que eu tinha visto as malas.

 - Ahn, eu as comprei hoje quando fui no shopping com o Taehyung, por isso os dois ainda estão aqui, a gente tava se conhecendo e tal. 

 - Jimin bebê, até você eles colocaram nisso? Yoongi não suporta coisas fora do lugar, eu vou subir e pegar meu boné.

 Falei a última parte pausadamente olhando pros quatro, Taehyung estava pálido, tem algo errado, Yoon até tentou meio que me parar, mas só olhei e balancei a cabeça negativamente. 

 Subi as escadas, abri a porta do quarto e estava tudo escuro, mas mesmo assim eu vi algo que não precisava ver, tinha alguém dormindo na minha cama, só de boxer, e se já não fosse muito abuso estar abraçado aos meus lençóis e travesseiros daquela forma, a santa criatura usava uma camiseta minha, senti minha cabeça ferver como uma panela de pressão, a tal da pessoa se virou ficando de barriga pra cima, me aproximei e fitei seu rosto.

 Isso só pode ser sacanagem comigo. 


POV narrador 


 - Um, dois, três, quatro, cinco.

 Yoongi terminou sua contagem e Jackson desceu as escadas falando uma enciclopédia de palavrões, alguns dele acho que foram até inventados na hora mesmo. Parou de frente a Yoongi, seu rosto vermelho como um pimentão. 

 - Posso saber o que aquele garoto esta fazendo no meu quarto? Só de cueca e usando uma camiseta minha?

 Ele falou muito calmo, para Jackson falar muito calmo ele estava a ponto de matar alguém. 

 - Jackson eu falei para ele não ficar lá, mas ele não me escuta. 

 - Não te escuta Min Yoongi? 

 - Ah não me chame assim, é assustador.

 - Mas que cacete que não se pode mais dormir nessa casa! 

 Os quatro olharam para cima de onde Mark gritava reclamando. O olhar dele cruzou com o de Jackson, o tempo fechou na mesma hora, o clima ficou tão pesado que podia ser pego com as mãos.

 - Jack?

Marque arregalou os olhos e sua boca meio que se abriu sem querer ao ver o deus grego que Jackson havia se tornado.


 - Pra você é Jackson Wang.   


Notas Finais


Eita pourra, o que tem esses dois hein?

Desculpa os erros bolinhos, mesmo revisando um milhão de vezes sempre fica um pra trás.

Pra quem vai ler aqui ainda, peguem esse link cheiroso e vão ler, pago um sorvete hein

https://spiritfanfics.com/historia/se-fosse-eu-yoonmin-10996404


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...