História For Only One Night - (Imagine Jungkook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Drama, Imagine Hot Jungkook, Imagine Jeon Jungkook, Imagine Jungkook, J-hope, Jikook, Jimin, Jungkook, Long Imagine, Sexo, Suga, Yoonmin
Visualizações 80
Palavras 2.958
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiee!
Eu deveria ter postado ontem, mais teve uns probleminhas com minha net ;-;
Boa leitura!

Capítulo 4 - Proposta


Fanfic / Fanfiction For Only One Night - (Imagine Jungkook) - Capítulo 4 - Proposta

-você só pode estar de brincadeira! - Protestei olhando pro teto e contando até 10, eu precisava manter a calma, como o Jimin faz isso? Chama o cara pra vir morar aqui e nem pergunta a MINHA opinião! Sera que ele esqueceu que a casa também é minha?

Revirou os olhos e cruzou os braços

-eu pareço estar brincando? -

-queria que sim... - peguei de imediato meu celular na bolsa e liguei pro Jimin, e adivinha, ele não atendeu!

-ele disse que daqui a pouco chega {S|N}... Que tal me ajudar aqui? -

   O olhei e ele mantinha aquela expressão sínica.

-se vira - dei de ombros e fui pra cozinha beber agua, escutei ele bufar e os passos pesados dele subindo a escada com as malas...

     Após ter certeza que ele não estava mais na escada, subi e fui para meu quarto, meu celular vibrou e tinha uma mensagem.

     "{S|N}, vou chegar um pouco mais tarde, quando eu chegar eu explico o porquê de eu ter chamado ele pra vir morar com a gente."
                                Jimin.

    Ótimo, e agora? Ficar sozinha com esse demônio em casa não é boa coisa, na verdade, eu fico nervosa.

    Soltei um longo suspiro antes de levantar e voltar pra cozinha, meu estômago já me xingava implorando por comida.

                    ---------

   Eu tinha feito um simples macarrão e ja o devorava esfomeada.

-nem me chama pra comer, que ótima cunhada eu tenho-

     Quase engasgo ao escutar aquela voz me pegando de surpresa.

    Olho pro lado e vejo a figura com apenas uma calça de moletom, seus cabelos estavam úmidos e grudavam um pouco na testa, e dava para ver gotículas de água em seu abdômen, isso o deixava fodidamente sexy.

-me sinto assediando - sorriu ao perceber que eu praticamente o comia com os olhos.

   Engulo em seco.

    "É namorado do seu irmão, é namorado do seu irmão, é namorado do seu irmão!"

    Repetia aquela frase pra mim mesma enquanto forçava meu corpo pra voltar a se concentrar apenas no prato de macarrão a minha frente.

-vai mesmo me ignorar, garota?! - reclamou desfazendo o sorriso.

-oque é? Se quer comida, tem na geladeira, esquente que você tem mãos, ou prefere esperar o oppa chegar? - voltei a comer

-não, ele vai demorar, e oque eu quero comer está na minha frente-

    A maliciosidade dessa frase me fez o encarar enfurecida. O tipico sorriso de lado do garoto estava presente, e ele começou a se aproximar.

   Me levantei e peguei o prato.

-mais um passo e eu jogo esse macarrão na sua cabeça, Jeon! - fui para trás do balcão.

   Ele caiu na gargalhada, ria loucamente e eu já estava me perguntando se ele tinha algum distúrbio mental que eu desconhecia.

   Até que ele parou e sorriu debochado, ficando atrás da outra ponta do balcão.

-e eu estou morrendo de medo... -

   Ele tentou se aproximar dando a volta no balcão, mais eu fui pra onde ele estava antes, nós encaravamos, ele como se eu fosse sua presa, bem, é oque parecia ser naquela situação.

-você não tem vergonha na cara?-por fim tomei coragem pra começar a falar

-deixa eu ver... - colocou a mão de baixo do queixo e fez uma posição pensativa - não.

   Bufei estressada e lembrei da minha conversa com ele ontem.

-você vai parar de ir na Only Sex -

-porque eu deveria parar? -
Arqueou as sombrancelhas

-porque se não eu juro que conto!-

-de novo com essa? Olha vo... - o interrompi

-eu não me importo! Se é pra ele me odiar, que odeie, mais eu não permito que você continue o traindo! E acredite... Eu posso falar a qualquer momento - Cruzei os braços.

  Arregalou os olhos e trincou os dentes nervoso.

-você não se atreveria... -

-testa pra ver, estarei de olho em você! -

    Eu não estava brincando quando falei aquilo, estava disposta a tudo pela felicidade do meu irmão... E ele é feliz ao lado do demônio, então o minimo que posso fazer, é garantir que o Jeon seja fiel a partir de agora, se não... Sera a verdade que o Jimin terá.

   Escutamos a porta sendo aberta e eu joguei o prato na pia e sai da cozinha indo direto pro meu quarto, diferente do demônio, eu não sou uma boa atriz, não sei esconder quando estou com raiva.

                       ------

-{S|A}? - Jimin entrou no quarto e eu tirei os fones o olhando.

-você disse que iria me explicar. -

    Ele se sentou ao meu lado na cama e olhou pra algum ponto no meu quarto.

-os pais do Jungkook estão se divorciando... Ele disse que já estava procurando algum lugar pra morar pra não ter que aturar o clima tenso dentro da casa dele... -deu uma pausa - e lembra que a gente estava pensando em arrumar alguem pra morar aqui e nós ajudar a pagar as contas e cuidar da casa? Então...

    Fiquei calada pensando, é, não parecia tão ruim morar com ele vendo por esse lado... Sem contar que sera melhor pra mim ficar de olho.

-certo, tudo bem ele morar aqui -

    Jimin sorriu e me abraçou forte

-obrigada maninha! - deu um beijo na minha bochecha e eu sorri. -vamos lá pra baixo assistir filme? Kookie escolheu alguns.

-não, obrigada, prefiro ficar aqui escutando música -

-por favor {S|N}! Mal ficamos juntos... Porfavor! - implorou

-e ontem? A gente saiu... - evitei olhar pro rosto dele, se não eu não resistiria aqueles olhinhos.

-você não gosta do Jungkook? -

   "Ta brincando ? Eu adoooroo ele... Mas prefiro manter pelo menos 5 metrôs de distância"

-de onde tirou isso? Ele é legal. - menti amargamente.

-então vamos! Quero passar um tempo com as duas pessoas que eu amo... - seus olhos pidões são meu ponto fraco.

                      -------

      Jimin gritou quando tomou um susto.

-você esta bem? - Jungkook o abraçou de lado.

-sim... Só tomei um susto - sorriu sem graça

  Jungkook riu

-quer trocar de filme? -

-acho melhor - Jimin se encolheu

    Vi Jeon pegar um outro filme e colocar.

-esse é com certeza o meu favorito! -

   Logo quando o filme começou apareceu o Homem de ferro

-aaah- gritei animada, eu adorava os filmes do homem de ferro -eu estava louca pra ver esse filme!

-pra que essa gritaria? - Jeon revirou os olhos.

-eu só... - me interrompeu

-parece  uma pirralha - bufou

             "Eu ouvi bem?"

-e...? Se eu quiser eu grito, e você não tem nada aver com isso-

-tenho assim que grita no meu ouvido! - rangeu os dentes

-ah faça me o favor de... - Jimin me interrompeu.

-é serio isso? Querem parar com essa besteira? Parecem duas crianças! -

-eu não, só ela! - Jeon me fuzilou com os olhos

-infantil... -

-é oque? -

-ah! Basta! Vão ficar discutindo por essa merda até quando? - Jimin nós repreendeu mais uma vez e eu e o demônio nós calamos.

     O filme terminou e eu disse que estava com sono e fui pro quarto, não era mentira, eu estava quase dormindo no sofá, mas também era porquê aquela sensação de aperto quando aqueles dois se beijavam ou se abraçavam me incomodava... Eu não sei oque é isso, e sinto que é melhor eu não saber.

       Acordei com um grito, e me levantei de um pulo quando reconheci aquele grito, era a voz do Jimin, estava prestes a correr na direção do grito quando em seguida escutei gemidos... Muito alto por sinal.

      "Sério isso? Tudo bem, eles estam transando, mais... Sera que eles sabem que tem alguem no quarto ao lado que quer dormir?!"

      Voltei pra cama e tentei voltar a dormir, mais não... Os gemidos se transformavam em gritos, e pior, frases...

-Aah! Assim Jimin! Senta! -

      Bufei e peguei meu celular, eram 03:00 da manhã! Daqui a 4 horas eu tinha que me levantar pra ir pra faculdade.

    Peguei meus fones e coloquei no último volume e me joguei na cama, com fé eu iria conseguir voltar a dormir...

                       ------

      Eram 07:20 quando acordei, nem preciso dizer que estava atrasada, tive que tomar banho e vestir a primeira roupa que vi as pressas, eu nem me dei ao trabalho de ir ver se eles ainda estavam dormindo, pois eu sabia que estavam, eu poderia acorda eles antes de ir...

      Mais pra acorda Park Jimin é um sacrifico, e estava em cima da hora, sai correndo pra fora e só parei de correr quando estava dentro da faculdade, estava suada e ofegante, mas o importante era que ainda dava tempo de entrar para 1° tempo.

                        ------

                  Jimin POV:

      Tinha acabado de sair da sala e procurei meu celular na mochila.

            "Me encontra no parque em frente a faculdade, tenho que falar contigo"

       Enviei a mensagem para o Yoongi e esperava a mensagem dele confirmando, coisa que chegou depois de 3 minutos.

             "Certo, daqui a 20 minutos eu to lá."
                                         Yoongi

       Até lá eu vou inventar alguma desculpa pro Jungkook... Mandei uma mensagem para ele dizendo que teria que sair um pouco mais tarde pra termina um projeto da formatura, ele apenas disse que iria esperar em casa.

      Comecei a ir em direção ao parque, desde aquilo que a {S|N} me contou não falo com o Yoongi, eu não conseguía entender... Ele sempre demostrou tanto amor por ela, como isso acabou do dia pra noite?   

       E pior ainda, ele nem se quer teve a coragem de dizer o porquê! Eu realmente precisava interrogar ele sobre isso... É a minha irmã, ela está sempre sorrindo, mais sei que esta mal por isso...

       E eu sei que o Hoseok gosta dela, pensei em tentar aproximar mais os dois, mas a reação da minha irmã deixou bem claro que ela não queria nada por um tempo, ela esta magoada... Eu entendo.

      Chego no parque e olho ao redor, ainda não via ele, então percebo que cheguei alguns minutos mais cedo, sento no banco mais próximo e fico esperando.

-desculpa, me atrasei? - perguntou se aproximando.

-não, eu que cheguei cedo -

  Ele deu de ombros e se sentou ao meu lado.

-sobre oque quer falar? -

    Sua voz estava hesitante.

-você sabe do que, Yoongi. - suspirei e o olhei, ele estava com a cabeça apoiada na mão e olhava pra frente.

-vai, pode começar o sermão de irmão mais velho...  -

-não é sermão! Apenas que... Eu ainda sou seu amigo? -

   A pergunta pareceu o deixar confuso.

-claro! Porque a pergunta...? -

-porque não parece, você dizia que amava a minha irmã... Mas isso não é o ponto, e sim... Porque você mentiu pra ela? E porquê mentiu pra mim quando disse que iria cuidar dela e nunca a faria chorar?!  -

-eu... Não menti! Eu amo ela, só que... Não do jeito que ela me ama, e seu pudesse, ainda cuidaria dela! Mas não como namorado...  - sua voz saiu triste

-então porque a pediu em namoro?! - me revoltei, Yoongi podia ser meu amigo, mas eu ainda era o tipo de irmão mais velho super protetor.

-é complicado, droga! - bufou

-então explica porra! Na verdade, não é nem pra mim que você deve explicar! E sim pra ela... -

    Ele se levantou do banco e começou a andar.

-ei! Yoongi! - me levantei também e o puxei pela mão.

    Ele parou de andar e se virou me olhando nos olhos.

-você gosta de outra, não é...? -

         Suspirou e se aproximou de mim, estranhei e dei um passo pra trás, e senti minhas costas baterem contra uma árvore. Nossos rostos estavam próximos demais...

-oque você... - me interrompeu

-a pessoa que eu gosto... Já gosta de outro... - sussurrou tocando meu rosto com dois dedos.

     Mais oque ele esta fazendo? Tentei me afastar, mais ele me segurou pela cintura e...

                       -------

                     {S|N} POV:

      No fim do período de aula, combinei de esperar o Jin em frente a faculdade, pois ele iria comigo pra casa fazer o trabalho, e aqui estou eu esperando o mesmo...

     Tinha que aproveitar que hoje não tinha trabalho, já que durante a semana, eu podia escolher um dia pra ficar de folga...

-{S|N}? Vamos? -

    Olhei pra trás e vi Jin vindo em minha direção com alguns livros na mão.

-vamos, oh, deixa eu te ajudar... - peguei dois livros de sua mão.

-obrigado, não esta pesado? -

-que nada! Vamos. -

     Começamos a andar e conversar sobre assuntos aleatórios, Jin em nenhum momento comentou sobre o Yoongi comigo, agradeci mentalmente por isso.

     Ele era aquele tipo de cara que é gentil, inteligente e super popular... Diferente de mim. Que sou mais na minha, tenho problemas em me socializar rapidamente...

-{S|N}...? -

     Acordei de meus pensamentos quando Jin me chamou, e pior, nem tinha percebido que fiquei no mundo da lua.

-desculpa! Oque dizia? - ele sorriu.

-sobre a festa de Halloween, estamos precisando de ajuda pra organizar... E sabe, eu bem que gostaria de passar um tempo com você, nem que seja pra resolver coisas desse tipo. - eu esqueci de mencionar que Jin é um dos representantes de turma da faculdade?

-não sei não, acho que não vou ter muito tempo pra ajudar, desculpa-

-não  responda agora, você pode pensar a respeito. - seu tom de voz era galanteador... Era impossível resistir a Kim SeokJin.

-vou pensar, prometo - sorri para o mesmo e percebi que ja estamos em frente de casa.

-é aqui -

    Abri a porta dando passagem pra ele entrar e fechei, não tinha ninguém em casa nesse horário, Jimin deve estar na aula, e Jungkook... A foda-se onde ele esta!

     Eu e o moreno resolvemos começar logo o trabalho pra termina mais cedo, e assim foi.

                      ------

-nem acredito que terminamos - me espreguicei enquanto ele suspirou aliviado.

-muito menos eu, ficamos quantas horas aqui? No mínimo duas se duvidar - riu e eu concordei

-quer tomar algo? -

-tem cerveja? -

-vou pegar -

    Na geladeira oque não faltava era bebida, já que eu tinha o "costume" de beber em casa nos fins de semana pra tirar o estresse da semana. Voltei logo depois com duas garrafas de cerveja.

     Conversa vai e conversa vem até parar no mesmo assunto de antes.

-quantas cervejas você vai ter que beber pra aceitar? - Jin perguntou risonho.

-só uma mesmo, eu topo! -

    Ele sorri e morde o lábio inferior...

-também aceitaria sair comigo nesse fim de semana? -

-Jin... -

-desculpa... To sendo rápido demais - deu outro gole na bebida.

-tudo ao seu tempo senhor Kim - rir e ele me acompanhou, já havíamos terminado de beber e eu me levantei do sofá pra pegar as garrafas agora vazias. 

      Mais por descuido, acabo escorregando em uma pequena poça do liquido que acabou vazando e cai sentada no colo do rapaz que estava comigo.

-de..desculpa - gaguejei e quando ia me levantar...

-não precisa pedir desculpa - sussurrou e prendeu meus lábios em um beijo gentil e ao mesmo tempo sensual.

    Suas mão apertavam minha cintura, enquanto as minhas mãos estavam nos fios de sua nuca aprofundando mais o beijo.

     E sinceramente, isso teria avançando se o barulho da porta fechando não tivesse nos assustado

     O beijo parou e olhamos de imediato pra porta.

       "Que ótimo, esse demônio aparece nos piores momentos"

     Ele olhou para nos dois por alguns segundos antes de jogar a mochila no sofá e ir pra cozinha e voltando com uma garrafa de cerveja, se sentou na poltrona e ligou a TV.

-podem continuar ai, façam de conta que não estou aqui -

              "É sério isso?"

      Contra gosto, sai do colo do Jin e ele se levantou.

-Jin, esse é o namorado do meu irmão -

-olá! - Jin o comprimentou, mais Jeon apenas falou um "oi" seco.

     Levei Jin até a porta.

-pena que não podemos continuar... - lamentei quando ele abriu a porta.

-quem sabe um outro dia? - propôs - teremos tempo o suficiente pra continuar, já que passaremos um tempo juntos.

    Ele me roubou um selinho antes de dizer um "até amanhã" e fechar a porta.

    Caminhei até o quarto, bom, era oque eu planejava.

-rodada você, não? Mal termina um namoro e já se agarra com outro - comentou o demônio que me atormenta.

-olha quem fala... Pelo menos eu não ficava traindo meu namorado- Mais é um hipócrita filho da puta mesmo! 

    Ele riu e balançou a cabeça negando.

-não gostei daquele Jin -

-foda-se, eu também não gosto de você, mais eu não posso fazer nada, não é mesmo? -

-cuidado com essa boca... - se levantou dando um ultimo gole e colocando a garrafa na mesa de centro. -vai ser castigada com tapas nessa bunda redondinha...

    Me afastei rapidamente.

-se esqueceu do que eu falei ontem?! -

-não... A proposito, tenho uma bela proposta pra nós dois {S|N} - sorriu divertido.

-eu não quero saber e recuso! - o fitei

-ah não... Você vai adorar... Já que eu não posso mais me divertir na Only Sex e ter meu passa tempo... - deu uma pausa e se aproximou me fazendo recoar denovo. -quero me divertir contigo...

-oque?! Claro que na.. - antes de eu termina a minha negação, ele falou.

-é um joguinho bem simples... Vou te provocar das piores maneiras, claro, você também pode me provocar, e quem perder primeiro vai ter que fazer oque o outro quer.

-você vai parar com suas putarias...

-SE eu perder... Mais... Se você perder, eu vou ter a você e o Jimin... E acredite, se me saciar direitinho, prometo não ir atrás de ninguém alem de vocês dois. -

      "É arriscado... Mas... Se tem uma coisa que não posso negar, é que ele me excita, e se eu ganhar... Ele não poderá fazer nada..."

-então... Oque me diz? -






                    "Você quer brigar o dia todo e fazer amor a noite inteira...
                      Me diga baby, qual é o seu problema? "


Notas Finais


Então, bom? *-*
E mais uma vez, OBRIGADA pelos comentarios e favoritos!
Preparem-se para um cap 5 cheio de provocações hehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...