História FoxCroft - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Jungyeon, Kai, Lisa, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Rap Monster, Rosé, Sana, Sehun, Suga, Suho, Tzuyu, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Blackpink, Bts, Chaekook, Jirose, Jungkook, Rose, Rosekook, Suran
Visualizações 20
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOTEM NO MAMA POR FAVOR

Capítulo 7 - Capítulo 7


Fanfic / Fanfiction FoxCroft - Capítulo 7 - Capítulo 7

P.O.V Kim Jisoo 

Trabalhar e estudar não era fácil Aish não tinha tempo para nada, até hoje me pergunto por que quando era um espermatozóide não fui direto para o útero de uma mulher bem rica, sim eu amo minha família mas ser pobre não era comigo, dou risada normal eu falava esse tipo de coisa para a Chaeyoung mas ela não estavam aqui e o HyungSik não era uma pessoa que gostava de compartilhar esse tipo de coisa, nos brigamos muito que até hoje não sei qual a razão da gente ser amigos, são mistérios do universo, escuto a voz de aquele espermatozóide de satanás.

 Vamos trabalhar? Você tá limpando a mesma mesa fez uns 15 minutos - olho para ele com a cara fechada e jogo o pano sujo nele.

Agora sim estou melhor - Digo sorrindo e fazendo uma dancinha estranha, o mesmo sorri e joga o resto de macarrão que tinha no prato ele acertou no meu cabelo que era a coisa mais importante do mundo pra mim depois de comida obviamente, pego a cadeira e começo a correr atrás dele com a mesma para acertar o mesmo, ele corria.

ME DESCULPA!! MAS VOCÊ MERECEU - Ele gritava enquanto corria pela lanchonete.

- NÃO CORRE QUE É PIOR - Finalmente consegui com que ele ficasse sem saída, mas antes que pudesse jogar a cadeira nele o telefone toca. 

- Você foi salvo por enquanto - Digo irritada e o mesmo solta um suspiro de alívio, vou até o telefone e atendo.

Sou sim... O QUE???? tô indo - Desligo o telefone pego meu casaco e saio correndo para fora da lanchonete infelizmente eu ainda não tinha carro tive que pegar o metrô fiquei esperando uns 2 minutos e o trem chega entro no mesmo e rapidamente o mesmo começa a andar, chego na estação certa e saio correndo depois de uns 10 minutos correndo desisto e começo a andar, chego no hospital e pergunto o quarto de Chaeyoung a moça me olhou com cara de nojo mas não iria fazer um barraco agora pois queria ver minha amiga, ela diz que minha morena estava no quarto 867 saio em disparada e acho o quarto depois de entrar em três errado, assim que abro a porta me deparo com 4 garotos muito bonitos, por que não tem uns desses no bairro?? Mas um deles se levanta ele era o que me chamou atenção com certeza ele era o homem mais bonito que já vi na minha vida.

 Quem é você? - Ele Pergunta me analisando. 

Sou Kim Jisoo amiga de Chaeyoung e você quem é? Ou melhor quem são vocês - Os encaro e cruzo os braços

Sou Kim Seokjin, esses são Kim Taehyung, Park Jimin e Jeon Jungkook - Ele aponta para os meninos, e apenas um deles me cumprimenta com um sorriso, passo por eles e fico ao lado da Chaeyoung. 

Você sabe o motivo dela não se alimentar direito? Ela tem alguma doença? - Pergunta acho que o Kim Taehyung, o único que me cumprimentou com o sorriso ele tinha uma voz que não correspondia com sua aparência fofa.

Claro que eu sei, e não ela não tem nenhuma dessas doenças que vocês estão pensando. - Digo sem olhar para eles, não precisava olhar sei que os deixei mais confusos.

Então por que ela não se alimenta direito? - Pergunta o loiro que acho que se chama Park Jimin ele era tão fofinho.

Por causa do passado recente dela, e eu não tenho direito de contar a ninguém sobre isso, mesmo que eu quisesse então não fiquem insistindo. - Digo finalmente olhando para eles.

Passado recente? - Pergunta Jeon Jungkook esse eu tinha certeza.

É pois esse "passado" continua até hoje ela gosta de falar passado mas eu sei que é o presente dela - Acho que estava falando demais eles não precisavam saber sobre isso, ficamos em silêncio até que Kim Seokjin se pronuncia desconfortável.

 Isso está me incomodando desde que você chegou...por que diabos tem macarrão no seu cabelo?? - Então foi por isso que todos estavam me encarando passo a mão no cabelo e tiro o macarrão e jogo o lixo que tinha próximo a cama, antes que eu respondesse uma voz doce e suave responde antes de mim.

 Ela brigou com HyungSik- Oppa novamente - Vejo Chaeyoung acordada sorrio.

Mulher nunca mas faça isso comigo, eu tive que correr, olha o sacrifício que fiz por você - Digo e a mesma da um sorriso fraco afinal ela estava sem forças.

 Também senti sua falta Unnie - sorrio e dou um beijo na testa dela, ela olha para o meninos.

Obrigada vocês me salvaram - Três dos meninos dão um sorriso o Jeon Jungkook só ficava a encarando queria poder ler mentes agora, ele parecia estar em transe.

Acho que vou ter que cuidar da sua alimentação - Diz Seokjin eu não sei que gostariam de outra pessoa cuidando dela além de mim.

 Você se daria esse trabalho? Tipo você não tem nada mais importante?  Pois ela tem que ter cuidado constante não pode deixar ela sozinha de jeito algo isso é importante demais, você deve ser uma pessoa importante então em algum momento ela irá ficar sozinha e isso não pode acontecer vai por mim  - Digo seriamente, era verdade deixar ela sozinha era perigoso demais, as lembranças da razão dela não poder ficar sozinha volta e eu balanço a cabeça negativamente era horrível.

Se a situação é tão séria você podeira estudar na FoxCroft, eu pago tudo assim vocês dois cuidam dela. - Diz Kim Taehyung e eu olho para Chaeyoung.

A Decisão é sua - Diz Taehyung.


P.O.V Min Yoongi 

Matei todas as aulas que teríamos depois de educação física se Seokjin-Hyung estivesse aqui ele me mataria, graças a Chaeyoung ele não estava, fiquei a todo o momento na sala dos B7 fiquei mexendo no computador, estava vendo o caso em Daehangno, sinto alguém chegar ao meu lado.

 Descobriu algo? Vai investigar por causa daquilo né? - Diz Hoseok apenas concordo com a cabeça.

Vai querer ajuda Hyung? - Pergunta os meninos sempre me ajudavam com esse tipo de coisa eles me apoiavam muito nisso.

 Parece que dessa vez o assunto é bem complicado, pela primeira vez isso será um desafio enorme - Largo o Notebook e deito minha cabeça para trás e fecho meus olhos.

Então vamos continuar, eu sei que você não vai parar até conseguir descobrir tudo e a gente vai te ajudar - Namjoon chega e se senta ao lado de Hoseok, olho para ele e começamos a fazer pesquisas sobre a moça que foi sequestrada talvez isso tinha algum pista infelizmente não tinha nada que pudéssemos ligar a um possível sequestrador.

Bom a única certeza que ela ainda está viva, ele não a mataria não agora. - Conclui Namjoon pelos menos tínhamos algo.

- Será que ele irá atacar novamente? - Hoseok diz se jogando no sofá.

- Eu não sei, ele é muito bom não deixou nenhum pista para trás - Suspiro e deito no outro sofá eu já estava cansado, mas pelo visto Namjoon não ele continua fazendo algumas pesquisas era incrivel a determinação dele, queria poder ter isso com certeza admirava Kim Namjoon.


P.O.V Narradora 

Ela acordou em uma cama toda amarrada com um vestido de madrinha de casamento, com certeza sua cabeça doía ela tenta se soltar mas sua tentativa foi inútil então ela começou a chorar e pedia ajuda na esperança de alguém aparecesse e a tirasse daquele pesadelo, então ela ouviu alguém entrando a pessoa se aproximou ele usava uma máscara.

Não fique assim, você será uma ótima madrinha para o meu casamento - Ele passa a mão no rosto da garota que continuava chorando. 

Por favor pare de chorar, fique em silêncio - Diz o homem que já estava ficando nervoso com a mulher, porém ela não iria parar afinal estava presa com um maluco então o homem pego o pedaço de metal que tinha e bate no metal da cama e a garota ficou em silêncio, segurando o choro com certeza aquele momento era aterrorizante. 

- Bem melhor, agora vou buscar as outras madrinhas do meu casamento, vai ser maravilhoso - Diz o homem mascarado solta a mulher e arrasta a mesma até uma cela e tranca a mesma.

No final vai ser tudo perfeito. - Ele sai deixando uma garota completamente apavorada, enquanto caminhava o homem liga para seu ajudante e manda que ele alimente a moça, o homem se arruma e volta para a cidade como se fosse uma pessoa completamente normal.


Notas Finais


Voltei, ficou pequeno mas é por que estou usando 3g.
Para ou continua??
Vocês já tem algum personagem favorito? Se sim comente qual
Beijinhos amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...