História Friendship is our last hope - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Taehyung
Visualizações 11
Palavras 706
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 3 - Tragédia


Fanfic / Fanfiction Friendship is our last hope - Capítulo 3 - Tragédia

Jungkook on

Andei pelas ruas, pensativo. Eu ainda não consigo aceitar o que aconteceu, o Tae realmente... se foi?

Caminhava mas não sabia para onde ir, não tinha rumo, eu apenas ia onde meus pés me levavam..

Até que ouvi uns barulhos vindo de alguma casa próxima dali, corri para ver o que era e quando cheguei encontrei Suga Hyung, aparentemente bêbado, quebrando todas as coisas que via pela frente. Tentei fazê-lo parar com isso, mas ele acabou me empurrando e eu caí no chão. Ele pegou uma cadeira e a jogou com todas as suas forças na parede, fazendo com que o espelho quebrasse, e o vaso com algumas flores caísse.

Decidi sair dali, sem dúvidas Yoongi não estava em boas condições, não era hora para conversar, provavelmente nossa relação nunca mais fosse ser a mesma.

Continuei apenas andando pelas ruas, e acabei entrando em um beco sem saída. Logo dois delinquentes apareceram e eu esbarrei neles, mas levei uma surra por isso. Eu ria enquanto eles continuavam me batendo, eles pensaram que eu era louco então bateram cada vez mais forte. Me socaram e me empurraram contra as paredes, até tentaram me estrangular para colocar um fim em mim de uma vez, e eu não conseguia me defender muito, pois estava sem forças por causa da bebida alcoólica. Me encostei na parede e olhei para o céu escuro, já era tarde da noite. Senti as lágrimas brotando nos meus olhos, e comecei a chorar propositalmente.

Até que eles desistiram e me jogaram no chão, eu fiquei parado ali mesmo, nem conseguia me mexer porque doía muito, então eu acabei adormecendo. 

Sonhei com "meu padastro, ele estava rindo com seus parentes e jogando uma partida de futebol, mas era como se eu não existisse, como se fosse nada. Do outro lado via minha mãe desamparada, e comecei a tossir por causa da poeira. Meu peito doía como se alguém tivesse enfiado uma faca nele. Depois eu caminhei por cima dos trilhos, equilibrando com os braços esticados, neste momento eu quase escorreguei. Se eu desse mais um passo, isso levaria à minha morte. Mas a morte seria tão ruim assim? Quero dizer... absolutamente ninguém ficaria chateado se eu não estivesse por perto..."

Acordei assustado por causa do pesadelo, e vi que estava quase amanhecendo, eu precisava voltar para casa logo. Estava morrendo de frio e os machucados doíam bastante. Atravessei a rua sem nem perceber, até que...

Yoongi on

Fui até uma loja de conveniência, mas ela estava fechada, então joguei uma pedra para quebrar as portas de vidro. Entrei e comecei a tocar o piano que ali estava, então me senti em paz mesmo depois do incidente da praia. Mesmo que eu estivesse enlouquecendo aos poucos, o som do piano me acalmou.

Lembro de "quando toquei piano com Jungkook, cabulamos a aula só para isso. Até que o professor entrou na sala de música, então escutamos o bombardeio de palavras cheias de raiva berradas para nós. Jungkook ficou atrás de mim e eu empurrei o professor, fazendo ele ficar extremamente zangado. Naquele dia eu fui expulso da escola, e nunca mais voltei".

Ouvi um barulho extremamente alto, como uma batida de carro, isso fez meu corpo tremer, eu não conseguia mais ouvir o som do piano. Corri até o local do acidente pois estava preocupado com quem tivesse sido atropelado. Talvez fosse algum dos meus amigos, eu estava pressentindo isso.

Continuei correndo o mais rápido que pude, até que finalmente cheguei ao local. Vi Jungkook desacordado, jogado em cima de um carro, e seu sangue estava escorrendo muito. Senti as lágrimas aparecerem em meu rosto, eu realmente não podia acreditar no que eu estava vendo.

Yg- Alguém ajude! Ajudem ele por favor! Façam alguma coisa! - eu disse já discando o número da ambulância, minhas mãos tremiam e achei que não conseguiria ajudá-lo, mas felizmente atenderam.

Yg- Alô, houve um acidente de carro no bairro Myeongdong em Seoul, por favor venham ajudar, meu amigo está sangrando muito... por favor me ajudem... - falei enquanto escorriam cada vez mais lágrimas dos meus olhos.

Logo senti o arrependimento bater nas minhas costas.

Yg- Jungkook! Por favor acorde! Seja forte, eu irei ajudá-lo. Se eu estivesse aqui com você, talvez não tivesse se machucado tanto. Eu sou o culpado de tudo isso... me perdoe.


Notas Finais


Espero que estejam gostando ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...