História Gangues e Paixões - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Avery, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Elise Whisks, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais, Princesa Nicoletta, Shalom Singer
Tags Criminal, Romance, Vingança
Visualizações 371
Palavras 1.514
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente!!!! Tudo bem?
Bem, cá estou eu nessa segunda feira postando o último capítulo de "Gangues e Paixões". Foi uma experiência realmente incrível, ainda tenho planos para muuuuitas outras fanfics, então vocês ainda vão me aguentar por muito tempo kkkkkkkk
Sobre o capítulo anterior, me desculpem de verdade. Eu sei que acabei com vocês matando o Carter e acabei comigo mesma, mas digo e repito, foi necessário. Me perdoem.
Já comecei a escrever os primeiros capitulos da segunda temporada, me diverti muito escrevendo, vou focar mais no sarcasmo e humor dos personagens, mas não se enganem, terá partes sombrias também e muito romance. Assim que eu começar eu posto o link aqui para vocês, então fiquem atentos. Provavelmente começarei quarta.
Sem mais enrolações, pq eu sei que vcs estão loucos para ler o capitulo kkkkk
Boa leitura.

Capítulo 28 - Epílogo.


Fanfic / Fanfiction Gangues e Paixões - Capítulo 28 - Epílogo.

P.O.V. America

Deixei Marlee dormindo no quarto dela, ela precisava descansar, agora mais do que nunca. Segui em direção ao apartamento de Maxon, o encontrei sentado na varanda onde nos beijamos pela primeira vez, e observava a paisagem de Angeles. Cheguei devagar e o toquei no ombro.

Sua luz está dentro de mim

Como um rugido feroz

Como um oceano nascido

Você está em minhas veias

Sua voz é serenidade

Quando o sol se põe

E a força que eu encontrei

Está em minhas veias

- Oi, como você está? – ele olhou para mim e deu um sorriso triste.

- Feliz e triste ao mesmo tempo. Feliz por ainda ter você comigo, e triste por Carter e ainda mais por Marlee.

- Ela está grávida. Ela te contou? – perguntei, ele assentiu.

- Sim, o que só torna tudo pior e mais doloroso.

- Ela vai precisar de toda nossa atenção e ajuda agora. – ele concordou – Você sabe quais foram as baixas?

- Muitas pessoas, mas nenhuma muito próxima. – respondeu – E o seu ferimento?

- Ta melhor, ainda sinto um pouco de dor, mas nada que eu não possa suportar. Sabe, Marlee e Carter não conviveram muito tempo juntos, mas dava para ver que eles se amavam muito. – eu disse, Maxon balançou a cabeça em concordância. Eu me sentei em seu colo e pousei minha cabeça em seu peito, ouvia as batidas do seu coração.

Nossa história nos liga

Como o certo e o errado

Sua mão na minha

Marchando para a batida da tempestade

Ficamos ali por uns minutos, um ouvindo a respiração do outro, nos comunicando silenciosamente. Até que Maxon diz:

- Casa comigo.

E nós caminhamos juntos para a luz

E meu amor vai ser sua armadura hoje à noite

Nós temos corações de leão

E estamos juntos diante de uma guerra

E o nosso amor vai conquistar tudo

Nós temos corações de leão

Olhei para ele.

- O que?

Ele suspirou.

- America, desde a primeira vez em que te vi, me encantei por você. Seu jeito forte e determinado de nunca se deixar derrotar mesmo quando as coisas estão muito ruins me fizeram me apaixonar por você. Eu te amo America, e quero passar o resto da minha vida ao seu lado. Mesmo que eu me recusasse a aceitar, você tomou conta da minha alma completamente, e eu não imagino mais minha vida sem que você esteja nela. Então eu estou aqui, agindo como um romântico miserável, te dizendo que te amo e que quero casar com você. Você aceita?

Você está aqui, como uma silhueta

Quando a escuridão domina

Você é a lua mais brilhante

E eu estou segura

Eu ri.

- Você não está agindo como um romântico miserável, e sim, eu te amo mais do que tudo e sim, eu quero me casar com você.

Ele sorriu e me beijou. Com certeza foi o melhor beijo do mundo, só sendo com ele já tornava especial. Naquele momento eu soube que eu era completamente dele e que não saberia viver sem ele na minha vida. Eu também sabia que a luta contra os Sulistas não havia acabado, muito pelo contrário, estava só começando, mas se ele estivesse aqui comigo eu poderia enfrentar tudo, o mundo inteiro se fosse preciso, desde que ele estivesse aqui, nada mais importava.

A história nos liga

Como o certo e o errado

Sua mão na minha

Marchando para a batida da tempestade

Ficamos ali, observando o pôr do sol de Angeles. Não havia mais nada, nem Sulistas, nem guerra, nem problemas, só nós e nosso amor observando o pôr do sol.

E nós caminhamos juntos para a luz

E meu amor vai ser sua armadura hoje à noite

Nós temos corações de leão

E estamos juntos diante de uma guerra

E o nosso amor vai conquistar tudo

Nós temos corações de leão

 

 

2 anos depois

 

Estava sentada na varanda tentando fazer Eadlyn dormir e falhando completamente. Ela chorava e eu já tentei de tudo, mas nada dava certo. Agora estava ninando-a na varanda, eram umas 6:00 da manhã e o sol estava nascendo, fazia calor como sempre e Eadlyn gostava dessa varanda e principalmente do calor. Suspirei. Muita coisa havia mudado desde a batalha contra os Sulistas, Maxon mandou construir uma nova base para a gangue, muito, mais muito maior que a primeira e ficava em Clermont numa praia deserta. Aspen se casou com Lucy e eles se mudaram para Kent, longe dessa vida de gangues. O mar era sempre calmo essa hora do dia e ficava em um tom de laranja.

Ouvi a porta da varanda sendo aberta. Nem precisava me virar para saber quem era.

- O que houve dessa vez? – perguntou se referindo ao choro de Eadlyn.

Você nunca está muito longe de onde eu estou

Como um farol, me traz pra casa

Você nunca está longe de mim

Deixe seu espírito brilhar

- Não sei, já tentei de tudo, mas ela não para de chorar.

- E Ahren? – me virei para ele, seus cabelos estavam bagunçados e ele vestia uma bermuda e uma camiseta, como alguém pode ser tão lindo?

- Ainda está dormindo, graças a Deus ele é mais calmo. Eadlyn é mais agitada.

- Quem será que ela puxou. – ironizou e eu revirei os olhos. Ele esticou os braços e eu passei Eadlyn para ele. No momento em que ele a aconchegou em seu colo, ela parou de chorar instantaneamente. Ele me olhou com um sorriso vitorioso.

- Não é justo! Ela gosta mais de você do que de mim! – eu disse, ele riu e se sentou na cadeira ao meu lado.

- O que posso fazer, ela tem bom gosto. – o olhei com os olhos semicerrados o fazendo rir ainda mais – Estou brincando, minha querida.

- Pelo menos eu tenho o Ahren. – disse dando de ombros, Maxon suspirou dramaticamente.

- Nada é perfeito. – dessa vez eu ri, Eadlyn começou a chorar de novo – Acho que ela tá com fome.

- De novo?! Mas eu dei de mamar pra ela faz só algumas horas!

- Pois é né, novamente quem será que ela puxou. – ele disse rindo.

- Você que é um esfomeado que não para de comer.

- Aham bem eu. – ele me passou Eadlyn, eu abaixei a alça da minha camisola para ela mamar. Alguns minutos depois ela já dormia serenamente.

- Pronto. – eu disse arrumando a alsa da minha camisola no lugar. – Finalmente ela dormiu.

Andei até o quarto de Eadlyn e Ahren que era todo decorado em rosa e azul e coloquei Eadlyn no berço.

- Agora que os dois estão dormindo – Maxon sussurrou no meu ouvido fazendo cada pedaço do meu corpo se arrepiar – O que acha de fazermos algo mais interessante?

Eu ri baixinho.

- Eadlyn e Ahren tem só 1 ano e você já quer ter outro filho? – perguntei me virando para ele. Ele sorriu.

- Eu teria vinte filhos se pudesse.

- Mal damos conta de dois e você quer ter vinte?

Ele riu.

- Ok, dez tá bom. – ele disse, nos fazendo rir. Saímos do quarto e me lembrei de uma coisa.

- Marlee ligou, ela disse que está tudo bem com Kile e que ele está se divertindo muito em Yukon e que vai acabar pegando um resfriado se continuar brincando tanto na neve. – eu disse. Ele riu.

- Que bom. Confesso que quando ela me disse sobre essa viagem fiquei meio preocupado, mas depois entendi que ela queria dar um tempo e aproveitar melhor o filho. Pensando bem, nós deveríamos fazer isso.

- Uma viagem? E quem comandaria a gangue?

- Ninguém. Deixe-a cair aos pedaços, desde que eu tenha minha America e minhas crianças comigo.

Revirei os olhos sorrindo. Desde que nós casamos, Maxon resolveu fazer um álbum com fotos nossas, de nossos momentos a partir daquele dia. Desde que Eadlyn e Ahren nasceram, Maxon simplesmente baba por eles, seus olhos brilham toda vez que pega um dos dois no colo. Ahren é sua cara, sem tirar nem pôr, já Eadlyn é parecida com sua mãe, mas tem os olhos dele.

- Quem sabe quando eles crescerem um pouco. – eu disse.

- Que horas são? – perguntou.

- Umas 6:30 eu acho.

- O que acha daquela ideia?

- Que ideia?

- Aquela de termos mais filhos? – perguntou com um sorriso malicioso.

- Acho tentadora, por quê? – Perguntei entrando em sua brincadeira. Sem responder, ele me beijou com vontade, me pegou no colo e fomos até nosso quarto. Quando estava com ele tudo parecia certo e nada mais importava. Eu o amava, e amaria para sempre, até meu último suspiro, até que meu coração parasse de bater, ele deixaria de bater feliz, pois sabia que batia por ele e só por ele. Esse era o fim de uma década, mas o começo de uma era.

E nós caminhamos juntos para a luz

E meu amor vai ser sua armadura hoje à noite

Nós temos corações de leão

E estamos juntos diante de uma guerra

E o nosso amor vai conquistar tudo

Nós temos corações de leão


Notas Finais


Esse foi o meu capitulo favorito, tenho a mania de gostar sempre das últimas coisas. Último capitulo, último livro, última temporada... Enfim, me digam nos comentários qual foi o favorito de vocês.
Antes que eu esqueça, a música do capitulo é Lionheart da Demi Lovato.
Então é isso. Até a segunda temporada (quero todos lá viu? kkkkkk)
Bjsss <3 <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...