História Garota dos pulsos cortados.-imagine Jin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bts, Imagine Jin, Jin
Visualizações 35
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 2 - Chegada em Seul


Haviamos acabado de chegar em Seul, o Tae tava muito animado. Quando chegamos Jin estava na sala sentado no sofa vidrado no celular, se distraiu quando nos viu chegando e insistiu em me ajudar com as malas, naquele momento percebi o quão doce e gentil era aquele garoto, ai me lembrei dos meus pais, pensei o tanto que ficariam felizes se eu arrumasse um namorado e uma lagrima solitaria insistiu em descer. O Jin se assustou e se desesperou, o como antes de chegarmos no apartamento, e como eu estava carregando as minhas malas e as malas do Taehyung SOZINHA porque aquele inutil tava com preguiça e disse que deixaria as malas no aeroporto e eu fui obrigada a carregar, meus cortes ainda nao estavam cicatrizados acabei deixando um "ai" sair e ao mesmo tempo checando meus pulsos, onde os mesmo estavam sangrando levemente, me desesperei, sai correndo deixando as malas na sala, sentei-me no sofa e abri minha bolsa pegando a necessarie com os curativos, retirei os antigos que estavam encharcados de sangue e fazendo novos. Jin ficou sem entender nada e olhou pra Tae que ja achava isso normal.

Jin: Por que voce faz isso... Por que vc se corta ?

S/n: Sabe Jin... Ja passei por muitas coisas na minha vida... Sei la, alivia quando me lembro de coisas ruins que aconteceram

Tae: Relaxa Jin, isso é normal vindo da depressiva S/n

~Quebra de tempo~

Algumas semanas se passaram e o Jin ficou triste desde de o dia que chegamos, sempre chorando pelos cantos, quase nunca sorri, fiquei pensando desde o dia em que vi a foto daquele garoto me apaixonei, a agora eu quero saber cade aquele garoto pela qual docura eu me apaixonei, fui ate seu quarto me deparei com ele deitado sem camisa mexendo em seu celular, ele demorou um tempo para perceber minha presença ate que sentou-se na cama dando leve batinhas ao seu lado, entendi o recado e sentei-me ao seu lado...

S/n: Prescisamos conversar.

Jin: Claro, pode dizer.

S/n: Nos vamos conversar sobre toda vez que eu olho para voce ou esta chorando, ou esta com rosto todo inchado e vermelho, sabe Jin, desde o dia em que o Taehyung me mostrou uma foto sua me apaixonei naquele garoto lindo e sorridente, oque ta acontecendo com vc Jin ?

Jin: Oque ta acontecendo comigo S/n, e o fato de a pessoa que eu amo desde a primeira vez que eu vi estar se cortando no quarto ao lado e eu nao poder fazer nada. Eu sinto sua dor Flower, sem nem mesmo saber o que esta acontecendo, esse é o problema, eu te amo S/n.- ao ouvir ele dizer isso nao me contive, começei a chorar, nao de tristeza e sim de felicidade. Mas ai me lembrei que ele estava chorando por mim e o meu sorriso se desfez e se transformou em lagrimas.

S/n: Eu sabia, so sirvo para isso, para fazer as pessoas ficarem triste e acabarem com a vida delas.- sai correndo para o meu quarto trancando a porta, escuto as batidas na porta e os gritos de Jin.

Jin: S/n oque vc vai fazer ????

S/n: Eu vou me matar, e te deixar livre para outras garotas menos problematicas.

Fui em direçao ao guarda roupa pegando uma lamina que estava enrolada em um paninho dentro de uma das gavetas e me sento no chao levantando a manga da blusa de frio e direcionado a lamina em cima de uma das varias cicatrizes em meu pulso, quando de repente escuto um barulho auto, quando vejo a porta esta no chao, Jin entra desesperado enquanto Taehyung chega tentando entender a situaçao. Jin me levants do chao ao mesmo tempo iniciando um abraço longo e aconchegante, depois de uns 15 minutos de uma abraço longo misturado com lagrimas nos separamos, ele me deu um selinho e foi em direçao ao meu guarda roupa pegando todas as minhas coisas e levando para o seu quarto

S/n: Oque vc ta fazendo Jinnie ?

Jin: A partir de hoje vc vai ficar no meu quarto comigo por dois motivos, primeiro: pra voce nunca mais entar se matar; e segundo: o seu quarto ta sem porta e nao tem como a minha propriedade ficar em um quarto sem porta.

S/n: Agora eu sou sua propriedade ?

Jin: Sim, e eu cuido do que é meu por direito.

Tae: Se aproveitando pra levar ela pro quarto de safajin.

Jin: O kra vey.

S/n: Relaxa Jin eu sei que essa nao é a sua intençao, e voce Kim Taehyung so esta com inveja pq nao tem ninguem e a partir de hoje vai ficar de vela, arruma alguem krido.

Tae: Eu vou arrumar alguem sim, mas eu nao conheço ninguem e vou ter que esperar mais um dia pra fazer amigos.

S/n: E aproveita e arruma uma namorada ou namorado.

Tae: Pode deixar Omma S/n.




Notas Finais


Ate o proximo capitulo
Bjs ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...