História Garota má- Long Imagine Park Jimin - Capítulo 79


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Garota Infernal, Got7, Jay Park, Kim Woo Bin, Megan Fox, Meninas Malvadas
Personagens Baekhyun, Jackson, Jay Park, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Woo Bin, Lisa, Megan Fox, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Jimin, Imagine Park Jimin, Jackson, Jennifer Body, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Park Jimin, Regina George, Suga, Taehyung
Visualizações 1.252
Palavras 1.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Hentai, Luta, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 79 - Povs Jimin


Fanfic / Fanfiction Garota má- Long Imagine Park Jimin - Capítulo 79 - Povs Jimin

Narrado por Park Jimin

Acordei e demorei ainda pra me acostumar com a claridade olhei pro lado e vi que estava sozinho na cama, olhei pra porta e vi (S/n) vindo com meu celular em seu ouvido falando com alguém. 

É pra eu ficar preocupado?

 Não... Ele não vai... — Revirou os olhos em seguida me fitou e sorriu — Ele estava entre a vida e a morte entendeu? Ele não pode trabalhar! Ele tem atestado médico — Não. Ela não está fazendo o que eu estou pensando que ela está fazendo.

 (S/n) pelo amor de Deus. O que você está fazendo? — A olhei sério e ela sorriu pra mim

 Olha... Eu tenho que desligar... Jimin está tendo uma convulsão!! Meu Deus!!!! ELE VAI MORRER — Começou a se fingir de desesperada e desligou — Bom dia ChimChim — Sorriu

 Primeiro de tudo (S/n). Da meu celular. — A olhei sério e ela me estendeu o celular — Pra quem você ligou e o que estava fazendo?!

 Te dando uns dias de folga. — Ela disse baixinho — Falando com sua chefe. Que você disse que era um chefe não é?  Arqueou uma sobrancelha

 Não acredito que você fez isso! — Dei uma risada nervosa — Eu pego seu celular (S/n)?!

 Não. — Abaixou a cabeça

 Eu fico fuçando nas suas coisas?!

 Não. — Murmurou baixo

 Então por que fez isso?!

 Eu não fiz nada! Eu só estava te dando uns dias de folga, te fazendo um favor! Como você iria trabalhar do jeito que está?! Todo quebrado.

 Gatinha você não pode pegar meu celular sem minha permissão entende? — Falei calmamente e tentei me levantar mas não consegui sozinho e ela me ajudou e quando viu que teria certeza de que eu consegui a ficar em pé e caminhar me soltou.

Caminhei até o banheiro e chegando lá me fitei pelo espelho e vi que estava bem melhor que ontem.

Fiz minha higiene necessária e sai, (S/n) estava sentada na cama com uma caixinha em mãos

 Você tem que passar isso aqui, olha — Mostrou a tal pomada — Senta aqui — Deu algumas batidinhas no colchão e eu caminhei até lá e me sentei ao seu lado e ela passou aquela pomada nos roxos do meu rosto com cuidado

❤❌❤

(2 semanas depois)

Meu rosto já estava normal, já voltei a minha rotina normal, até agora está tudo bem...

Estava na casa da (S/n), ela estava sentada encima da bancada da cozinha e eu estava procurando um copo pra beber água, mas acabei desistindo por conta da quantidade de coisas que tinha no armário daquela cozinha enorme.

 Vem cá, eu já te pedi desculpas pelo jeito que eu te tratei depois que eu sai do coma? — Perguntou e eu me aproximei dela e me coloquei entre suas pernas para olhar bem em seus olhos. Ajeitei uma mecha atrás de sua orelha e sorri

 Pois é... Não. — Eu disse.

 Nossa, eu gritei com você — Segurou meu rosto — Eu te disse coisas horríveis! Eu te chamei de bandido — Escondeu o rosto na curvatura do meu pescoço — Aish que vergonha!!!

 Pois é... Não foi nada fácil! Você me chamou de bandido, marginal... — Olhei pra cima lembrando... — Até me expulsar da sua casa me expulsou... — Eu disse e ela me fitou quando tirou seu rosto da curvatura do meu pescoço

 Desculpa — Deu risadas — Eu não sei como você aguentou

 Verdade. Eu mereço um prêmio! — Sorri

 Merece... Quer um beijo pra começar? — Riu

 Não. Beijo é pouco. — Eu disse e ela começou a rir.

 Como é que é? — Perguntou incrédula rindo

 Eu mereço muitos — Dei ênfase na palavra "Muitos" e ela riu antes fechar o braço entorno do meu pescoço de selar meus lábios freneticamente várias vezes me dando vários selinhos mas meu celular tocou atrapalhando. 

O celular estava ao seu lado na bancada e ela pegou pra ver quem estava ligando. E suspirou pesado fechando a cara enquanto encarava a tela

 Quem é? — Perguntei

 É a Hyuna, sua amiguinha. — A repreendi com o olhar e ela atendeu apertando no "verde", colocou no viva voz e me deu o celular e eu levei ele ao meu ouvido esquerdo

 Alô?

Encima da bancada (S/n) deitou a cabeça em meu ombro e me abraçou mas eu sabia que isso era uma tática de disfarçar pra ouvir a conversa. O que o ciúmes não faz não é mesmo?

— Você já está bem não está? — Hyuna perguntou

Sim. — Respondi sem muito interesse

 Então já podemos organizar a festa? A gente está atrasado pra isso!

 Eu já estou bem. Já podemos fazer isso.

 Ok. Tenho que desligar — Desligou e (S/n) levantou a cabeça do meu ombro pra me encarar

 Vem cá, sabe aquele dia Da briga? — Perguntei e ela assentiu — E aquele papo, de que o Jungkook bate em mulher, é verdade?

 Eu vi o braço da Sue cheio de roxo no banheiro — Começou a enrolar uma mecha de cabelo com os dedos e voltou a me olhar

 Você tem certeza?

 Certeza eu não tenho. Mas na hora da briga eu tinha que mandar essa, não aguentei. Mas e essa festa em? Você ainda está com vergonha de mim? — Perguntou na intenção de ser sarcástica mas não conseguiu disfarçar a mágoa, que não passou despercebido por mim. Suspirei fundo antes de começar a falar

 Gatinha, presta atenção... — Tentei encontrar a melhor maneira pra falar e não magoá-la mas não podia levá-la na festa de jeito nenhum. Mas ela me interrompeu antes de eu continuar

 Olha, eu encontrei essa Hyuna esses dias no shopping e ela me deu o convite. Não adianta Jimin eu vou.

 ESSA VACA QUER ME PREJUDICAR É?! — Perguntei irritado

 PREJUDICAR POR QUE? PORQUE EU VOU?! ELA FALOU QUE TODO MUNDO LÁ LEVA NAMORADO, NAMORADA. MENOS VOCÊ! TEM ALGUEM LÁ QUE EU NÃO POSSO CONHECER?!

 Aish não é nada disso! Para de ficar imaginando coisas! Pelo amor de Deus (S/n). Essa é a chance que eu tenho de ser efetivado, de conseguir esse emprego, ganhar um bom salário e parar de depender do dinheiro que meus pais colocam na minha conta.

 Ta com vergonha de mim de novo não é? — Ela disse eu revirei os olhos de saco cheio daquela conversa

 Eu não quero brigar com você. Então acho melhor eu dormir em casa hoje. — Eu disse me distanciando dela

 Também acho. — Cruzou os braços e eu sai de sua casa de cabeça quente 

Continua


Notas Finais


Comentem aqui o que acharam
Gente tem uma fanfic que eu gosto tipo MUITO e a autora está desanimada com ela e tá pensando em desistir da história, eu quero pedir um favor pra vocês, POR FAVOR EU AMO ESSA FANFIC
Comentem no último capítulo que ela postou com mensagens bonitas que incentivam ela a continuar POR FAVOR GENTE
EU AMO AQUELA FANFIC
Eu sei que eu pareço um pouco desesperada mas eu AMO MESMO AQUELA HISTÓRIA.
https://spiritfanfics.com/historia/two-sides-of-submission--imagine-park-jimin-7715365 — Link da história
(Isso não significa que tenham que me deixar de lado, eu tenho ciúmes de vocês sim.) Mas façam esse favor pra mim please


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...