História Garoto de Rua - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Tags Amourshipping, Pokémon, Romance, Satosere
Visualizações 204
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura :)

Recado nas notas finais.

Capítulo 33 - Então, você quer?


Casa do Ash

Ash e Serena estavam conversando sentados no sofá da sala da nova casa de Ash.

- Serena. Diz Lance vindo da cozinha. - Você gostaria de comer aqui? 

- Não seria muito incomodo?

- De maneira alguma, sinta-se a vontade. Diz ele voltando para a cozinha.

- Acho que dessa vez vai ser eu que vou comer na sua casa. Diz Serena enquanto estava com a cabeça encostada no ombro do garoto.

- É estranho chamar isso aqui de casa.

- Você se acostuma. Diz a garota se levantando do sofá. Vamos. Diz ela estendendo a mão para o garoto que segura e levanta, e os dois vão para a cozinha, onde encontram Lance e Cynthia arrumando as coisas.

- Eu ajudo. Diz Ash pegando pratos, e talheres e pondo na mesa. 

- Obrigada. Diz Cynthia enquanto colocava a comida. 

Meia hora depois...

Todos já haviam terminado de jantar, Ash havia ajudado a lavar a louça, e agora estava em seu quarto junto com Serena, enquanto Lance e Cynthia estavam na sala assistindo televisão.

No quarto de Ash

- Bonito seu quarto. Diz ela enquanto olhava para os detalhes do local. 

- Eu também acho, mas eu não tenho muito o que dizer, porque se comparar aqui com o lugar que eu morava, aqui eu tenho até um quarto.

- Eu tava com saudades de você. Diz a garota abraçando o moreno.

- Serena... A gente se viu ontem de noite. Diz o garoto retribuindo o abraço.

- Mas eu fiquei com saudades. Diz a garota desfazendo o abraço.

- Tá bom. Diz o moreno a abraçando de lado a fazendo encostar sua cabeça no ombro do rapaz. 

- Você vai estudar comigo, Ash? 

- Provavelmente, né. Eu moro na casa da dona da escola. 

- Ainda bem. Diz ela abraçando o moreno fortemente. 

- Você tá carente? Diz Ash retribuindo o abraço.

- Sim. Responde a garota. - E feliz também, porque agora você tá em um lugar melhor. Diz a Serena ainda abraçada com ele e o garoto sorri.

- Você é muito fofa, sabia? Diz Ash deitando a garota na cama e ficando por cima dela, e logo em seguida beijando-a. 

- Eu poderia ficar assim com você pra sempre. Diz Serena ao se separar do beijo.

- Eu também. Diz o garoto sorrindo e olhando nos olhos da garota, quando alguém bate na porta.

- Atrapalhei alguma coisa? Pergunta Cynthia ao entrar e vê Serena deitada na cama e Ash por cima dela.

- Não. Diz Ash saindo de cima da garota.

- Você vai ir pra casa Serena? Ou vai dormir aqui? Se for o caso eu te levo pra casa.

- Eu vou pra casa.

- Quando quiser ir embora só me avisar.

- Eu vou agora. 

- Ok, eu te espero no carro então. Diz Cynthia saindo do quarto.

- Você já vai? Pergunta Ash.

- Sim, você vai comigo?

- Tá. Diz Ash se levantando da cama e logo em seguida Serena também.

Um tempo depois...

Ash volta pra casa com Cynthia após ter deixado Serena em sua casa.

- Voltaram? Pergunta Lance sentado no sofá.

- Não, ainda estamos lá. Diz Cynthia ao passar por ele.

- Ei, Lance, amanhã você me ajuda em uma coisa?

- Em que?

- Eu vou querer fazer uso do que eu pedi pra você comprar.

- Claro que te ajudo.

- Valeu. Diz ele indo pro seu quarto.

No dia seguinte

18:18

- Tudo pronto, a gente já resolveu o que precisava. Diz Lance enquanto entregava o que ele havia comprado para o garoto.

- Espero que dê tudo certo. Diz ele colocando o objeto no bolso.

- Só depende de você.

- Eu sei disso.

- Vai chamar a Serena? 

- Já chamei, vou ir buscar ela.

- Boa sorte.

- Obrigado. Diz Ash ao sair de casa.

Um tempo depois

Casa de Serena

Ash bate na porta e sem muita demora Serena abre e logo vai para fora fechando a porta. 

- Vamos?

- Pra onde? Você nem me falou. Diz a garota enquanto começava a andar junto do garoto.

- Vou pagar um jantar pra você, eu te devo isso.

- Verdade, você me deve.

- Não era essa a resposta que eu esperava receber.

- Idiota. Diz ela rindo fraco.

No restaurante

Ash entra acompanhado de Serena e os dois se sentam em uma mesa, e logo fazem seus pedidos.

Mais um tempo depois...

Eles já haviam terminado de come re Ash havia pedido a sobremesa que demorava um pouco a chegar.

- Que demora. Diz a garota impaciente.

- Calma, já vai chegar. Diz o moreno tranquilamente.

Logo o garçom vem e deixa um bolo na mesa deles, logo após deixar Serena olha pro bolo e olha pro garçom indo embora.

- Eu acho que erraram o bolo. Diz a garota ao ler o que estava escrito "Você quer namorar comigo?"

- Não, Serena. Não erraram.

- Então quer dizer que...

- Sim, eu queria pedir isso já a algum tempo mas eu queria fazer alguma coisa não só pedir. E então, você quer? Pergunta o garoto retirando uma caixinha de alianças do bolso e mostrando para a garota que apenas ficava olhando para aquilo com uma cara de boba.

- Ash... Diz a garota sorrindo e indo até o garoto e o abraçando. - É claro que eu quero. Diz ela ainda abraçada com o garoto que retribuía. 

- Então... Diz ele abrindo a caixinha e retirando uma das alianças e logo colocando ela no dedo da garota que faz o mesmo com ele, foi quando o moreno percebe que todo o restaurante estava olhando para eles.

- Dá pra pararem de olhar pra cá? Eu tô com vergonha. Diz ele em voz alta para todos escutarem, alguns dão uma risada fraca pela situação do garoto e voltam a fazer o que estavam fazendo antes.

- Eu posso comer o bolo? Diz Serena olhando para o bolo.

- Fica a vontade. Diz Serena voltando ao seu lugar, e retirando uma fatia do bolo para ela.

- Se só pensa em comer? Pergunta o moreno vendo ela comer

- Eu penso em você também.

- Ai se me quebra,

Continua...

 


Notas Finais


F I N A L M E N T E

PeRgUnTaS:

1- Gostaram?

2- Nada não

H O R A D O R E C A D O

É o seguinte, o que é o tempo se não a areia que temos nas mãos que insistem em escorrer pelos nossos dedos por mais que tentemos rete-lá? O tempo passa rápido, e pra escrever eu preciso de tempo, que é algo que eu não to tendo muito, e o que isso desencadeia? Eu fico sem tempo pra escrever, por mais que eu queira é complicado eu dedicar o pouco do tempo que eu estou tendo pra poder escrever, e isso acaba diminuindo a frequência ao máximo, mas eu vou tentar ao máximo estar mantendo as minhas histórias ativas, até mesmo porque eu tenho que acabar elas, porque eu penso em outras pra escrever, que a ideia já tá pronta, mas se eu começar agora com certeza ela vai ficar parada por um tempo( em relação a isso, se vocês quiserem eu posso criar e botar ela no ar, mas vai demorar pra sair capítulos nela enquanto alguma das atuais não acabarem, mas ai vocês decidem), eu só peço desculpas se eu demorar, porque eu posso estar falando isso e ter capítulos frequentes, mas pode ser que não também, enfim.

Meu Twitter tá ai embaixo, e talvez eu crie alguma outra rede social pro spirit, enfim.

https://twitter.com/SemAnndre

MINHAS OUTRAS FANFICS:

Meu futuro: https://spiritfanfics.com/historia/meu-futuro-6059749

Um amor improvável: https://spiritfanfics.com/historia/um-amor-improvavel-7336751

E isso é tudo pessoal, nós nos vemos numa próxima.


tocorrendopratentarsoltarcapituloaindahojenameufuturo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...