História Garoto difícil de esquecer (yoongi) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 36
Palavras 571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá unicórnios, suave?

💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛

Capítulo 29 - Park Jaebeom e Carolina...


Fanfic / Fanfiction Garoto difícil de esquecer (yoongi) - Capítulo 29 - Park Jaebeom e Carolina...

Eu: Jin, meu pai está vivo, tem como saber quem é? - indago esperançosa.

Jin: Sim, tem como saber sobre seu pai e sua mãe.

Eu: Então me diga, quem são?

Jin: Sim. - senta a frente do computador.

Jin: Sua mãe se chama: Carolina de Monteiro, e seu pai: Park Jaebeom.

Eu: Você só pode estar brincando né?!

Jin: Por que eu estaria?

Eu: Você acabou de dizer que meu pai É O JAY PARK! - Grito o assustando.

Jin: Para de gritar doida.

Eu: OH MY GOD! O jay park é um vampiro e é meu pai!

Jin: Que loucura. - Diz tentando raciocinar tudo.

Eu: Mas parece até que ele é meu irmão.

Jin: Vampiros não envelhecem, esqueceu?

Eu: É mesmo, mas ele nunca veio me procurar, por que iria querer saber de mim agora?

Jin: Vai conversar com ele.

Eu: Lembra do jogo verdade ou desafio que a gente jogou, eu disse que tinha vontade de dar para o jay park, mas agora não tenho mas.

Jin: Pode pá! - Diz rindo igual a um louco.

Eu: Ah mano, eu não sabia que ele era meu pai, agora eu só tenho vontade de dar para o Jackson.

Jin: Você e seu kpop.

Agora que sei quem é meu pai, estou bastante feliz, mas como será que vou falar com ele? Ele nem se quer foi me procurar...

Meu olhos começam a encher d'água e Jin quebra o silêncio.

Jin: O que foi pequena? - pergunta me envolvendo em seus braços.

Eu: E se ele não acreditar? Não me quiser?

Jin: Ele irá, nos temos amostra de DNA (A: DNAAAA parei agora).

Eu: Vamos ainda hoje, quando terminar o show... Falando em terminar o show, Cristina deve estar louca atrás de mim, vou ligar agora. - Digo e disco o número de Cristina no celular.

Ligação ON

Eu: Alô?

Cristina: Aonde você está doida? Estou morrendo de preocupação!

Eu: Estou na casa do Jin, eu vim para cá porquê cansei do show.

Cristina: Tá bom, tchau.

Eu: Tchau

Ligação OFF

Min-Jee OFF
Jay park ON


Depois de um show bastante cansativo, me encontro em meu camarim, bebendo uma bolsa de sangue, ser vampiro para mim a vezes é ruim, minhas presas podem crescer no meio do show.

Depois que perdir minha esposa em um assassinato, levaram minha filha para um orfanato, eu não sabia onde era, todos acreditam que eu era pai muito novo, mas não eu tenho atualmente 135 anos, fui pai com 115 anos, minha aparência é de uma pessoa muito nova.

Minha filha deve estar com 20 anos agora, E também tem o meu outro filho, que é de filho da mulher com quem eu traí minha esposa, quando a mesma estava grávida, até hoje nunca vi nenhum dos meus filhos, minha filha teve a mãe foi assassinada e meu filho a mãe o tirou de mim.

Só sei que o nome do meu filho é Park Jimin, e o da minha filha eu não sei, mas eu e Carolina minha falecida esposa queríamos que ela se chamasse Park S/N (A: Vocês devem estar pensando, quantos nomes essa garota tem, eu juro que esse é o último rsrs).

Espero um dia encontrar meus filhos e me vingar da mulher que matou minha esposa...

Ah Carolina, “Eu sinto sua falta, eu sinto sua falta.”

“Eu sinto sua falta. Quando eu digo isso eu sinto ainda mais.”


Notas Finais


Desculpem o capítulo pequeno, foi o que deu para fazer, eu tive um bloqueio de criatividade, sorry ❤

Mas mesmo assim espero que tenham gostado 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...