História Getting Better - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Jorge Weasley
Tags George Weasley, Harry Potter, Jorge Weasley, Morte, Superação, Weasley
Visualizações 27
Palavras 1.433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ah cheguei brilhando com o melhor capítulo do mundoooo

Capítulo 6 - Sextus


30 de dezembro de 2000

Desaparatei com Flora na frente da minha casa. Ela olhou para a casa com um sorriso no rosto e brilho nos olhos. Ela tentou andar, mas quase caiu, teve que apoiar no meu ombro.

- Essa coisa que a gente fez, me deixou meio tonta - reclamou colocando a mão na cabeça.

- Desculpe, era preciso.

- Sem problemas - ela sorriu para mim. Caminhamos até a porta e eu a abri. Tirei o casaco de Flora e ela ajudou a tirar o meu. Pendurei nossos casacos no porta-casaco e andei até chegar à cozinha, onde mamãe cozinhava. Flora quase tremia.

- Mãe - chamei minha mãe que se assustou quase derrubando o que segurava.

- GEORGE! COMO É QUE VOCÊ CHEGA ME DANDO UM SUSTO DESSES? - ela gritou e virou para olhar para mim e arregalou os olhos - Querida! Você chegou! Desculpe-me pela minha falta de educação - ela limpou as mãos no avental - sou Molly Weasley - Flora sorriu a apertou a mão de mamãe.

- Sou Flora Montenegro, prazer - ela sorriu ainda mais.

- Que menina linda George, sua nova namorada? - perguntou mamãe.

- Não mãe, é só uma amiga - falei - vou mostrar para ela o quarto.

- Tudo bem querido - ela disse e voltou a fazer as coisas. Começamos a subir as escadas.

- Onde eu ficarei? - perguntou atrás de mim.

- Ficará comigo é claro - falei como se fosse obvio - cada um está no seu quarto com seus namorados - falei e ela assentiu.

- É claro, nossa, como eu não percebi nessa opção tão obvia? - ela perguntou sarcástica e eu ri.

- Idiota - resmunguei e ela riu atrás de mim. Entramos no meu quarto e eu deixei a sua mala lá - você irá dormir nessa cama, comigo - falei sorrindo malicioso e ela devolveu.

- Será que tem algum feitiço para não deixar o som sair desse quarto? - perguntou com o sorriso safado mais bonito que eu já vi.

- Mas é claro - falei me aproximando para lhe dar um beijo.

- Pena que somos apenas amigos - ela sorriu cinicamente e se afastou.

- Vou lhe apresentar as meninas - falei carrancudo. Saímos do quarto e eu andei até o quarto da Gina que tinha certeza que ela e Hermione estavam lá. Bati na porta e abri. A cena que eu vi foi uma das mais assustadoras da minha vida. Harry e Gina se pegavam deitados na cama. Harry estava sem camisa. Quando abri a porta eles se assustaram e se separaram. Tampei os olhos de Flora por ela estar vendo Harry sem camisa.

- Ai você vem todo inocente, apresentar a amiga para os irmãos e pega o amigo quase transando com a irmã mais nova, que feio senhor Potter - os dois coraram. Ficaram tão vermelhos quanto o cabelo de Gina. Flora tirou minha mão dos seus olhos - Flora, esses são Harry Potter e minha irmã Ginevra - apontei para eles e Gina ficou com raiva. Flora tentava controlar o riso por Harry estar muito envergonhado.

- Prazer pessoal - Flora falou educada e virou para mim - vamos George? Acho que o casal precisa resolver uns assuntos incompletos - ela falou irônica e eu reprimi um sorriso.

- É claro Flora, vamos por que eu estou começando a ficar com calor - falei e nos dois saímos do quarto, fechando a porta. Nos gargalhamos.

- Não se importa de pegar sua irmã caçula no ato? - Flora perguntou.

- Não sou do tipo ciumento - dei de ombros, ela sorriu - vamos falar com Ronald - falei subindo mais escadas para o quarto de Rony. Flora me seguiu.

Bati na porta com força.

- ESTOU ENTRANDO COM VISITA - gritei - por favor, estejam vestidos - sussurrei e Flora riu. Abri a porta e vi os dois sentados na cama jogando xadrez bruxo - vocês são tão caretas - falei olhando a cena e Flora sorriu.

- Flora não é? - Hermione perguntou animada se levantando da cama - Sou Hermione - estendeu a mão e Flora apertou - pensei que seus cabelos eram mais longos.

- Cortei - deu de ombros.

- Finalmente alguém que Arthur irá perguntar mais sobre o mundo muggle que eu - Hermione suspirou e todos riram.

- Olá Flora, sou Rony Weasley, o filho mais bonito - Rony estendeu a mão para Flora apertar. Ela apertou, mas falou uma coisa que só me fez gostar mais ainda dela.

- George, não me contou que você não era filho de Molly e Arthur - Hermione prendeu a risada, Rony ficou mais vermelho que seus cabelos e eu gargalhei loucamente - desculpe Rony, você estava praticamente implorando para que eu falasse isso.

- Tudo bem Flora, bem vinda à família - Flora arqueou a sobrancelha e agradeceu hesitante.

- Muito bom conversar com vocês meninos - Hermione falou e puxou Flora para o seu lado - mas agora eu vou conversar com Flora, muitos beijos - falou nus empurrando para fora do quarto.

- Ei! O quarto é meu - Rony reclamou e eu ri.

- Até mais Flora - gritei de fora do quarto.

- Até Georgino - falou e eu sorri voltando para o meu quarto.

31 de dezembro de 2000

Faz um dia que estou na casa de George e aparentemente todos gostaram de mim. Conversei muito com Hermione, Gina, Audrey (que é bem legal apesar de Percy ser um mala) e com Arthur, que a cada momento me perguntava sobre coisas "do meu mundo". Agora, acabamos de comer algum lanche e os meninos saíram para jogar uma coisa chamada quadribol. Eu queria muito ver por que eu sou apaixonada por qualquer tipo de esporte, mas as meninas disseram que nos vamos ter um dia de princesas mesmo Gina amando quadribol.

As nossas roupas estão estiradas na cama. As quatro irão usar vestidos, já eu abomino. Por isso o meu é uma saia branca colada até o meio das minhas coxas e uma blusa de alcinha folgada (também branca), com um salto branco. As meninas adoram maquiar e essas coisas, já eu não gosto. Sinto-me tão artificial que eu me olho no espelho e nem me vejo. Um batom até vai, mas sombra e essas coisas? Não obrigado. Uma coisa a qual sou apaixonada: acessórios. Uso alguns anéis, brinco e colar. Pulseira às vezes me atrapalha, mas eu uso também. Minha calcinha era branca, já que a blusa vinha com um "sutiã" e se eu usasse apareceria.

Todas começaram a decidir como ficarão os cabelos delas e a maquiagem. Fizemos limpeza de pele, passamos hidratante no corpo todo. Nus depilamos também. Foi uma loucura.

Finalmente a hora de se arrumar chegou. Coloquei a minha roupa, meus acessórios que consistiam em: cinco anéis (três na mão direita e dois na mão esquerda), um colar que o pingente era um "F", um brinco branco qualquer e umas pulseiras pratas. Passei um batom vermelho bem forte e fiquei pronta.

- Está linda Flora - Gina elogiou me vendo através do espelho que se maquiava.

- Obrigada Gina - sorri.

- Se quiser, eu faço uma trança em seu cabelo - enruguei minhas sobrancelhas.

- Como? - perguntei e ela se levantou. Eu me sentei na cama e ela se sentou ao meu lado. Dividiu meu cabelo irregularmente fazendo uma grande parte ir para o lado direito do meu rosto e começou uma trança embutida e terminou juntando com um pouco da parte de trás do meu cabelo para não ficar feio. Ficou muito bonito na verdade. Meu cabelo era leve e estava com uma boa parte do meu lado direito me fazendo ficar com um "ar de roqueira". Gostei muito e sorri agradecida a Gina - Obrigada.

- Ao seu dispor - fez uma referência e voltou a se maquiar - e ai? Como conheceu George? - perguntou sorrindo.

- Ah! Esbarrei nele e sujei a calça toda dele. Para me redimir o paguei um chocolate quente - ela franziu as sobrancelhas e murmurou "Chocolate quente?".

- E o que tanto conversaram? - perguntou.

- Besteiras, papo vai, papo vem eu precisei sair e depois de quase 10 meses ele foi para o meu apartamento - dei de ombros.

- Você gosta dele? - senti minhas bochechas ficarem quentes.

- Eu... - fomos atrapalhadas por Hermione saindo do banheiro.

- Essa água estava deliciosa

- Eu preciso ir - me levantei e saí do quarto já pronta.


Notas Finais


AAAAAH ELA CONHECENDO A FAMÍLIA WEASLEY MEU DEUS EU VOU PIRAR! Espero que tenham gostado queridos,

https://my.w.tt/UiNb/eKUYQuf3NH

mil beijos, Ceci.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...