História GHOST 2 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Horror, Sangue, Suspense, Terror, Violencia
Visualizações 1
Palavras 457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Científica, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - QUEM AVISA, AMIGO É


No outro dia ela acorda com sua mãe batendo na porta, então ela se levanta boba de sono, e abre a porta então sua mãe diz:

-Filha seus amigos estão lá na sala te esperando pra sair você não vai ???

Então Skarlet boba diz:

-Avisa eles que eu já vou.

Então ela vai no banheiro de seu quarto, lava o rosto, escova os dentes, toma um banho rapido, se troca, arruma a mochila com alguns lanches e coisas de pronto socorro e desce.

Chegando lá estão 6 de seus melhores amigos, então Skarlet abra a porta espera todo mundo sair, e grita:

-Thau mãe, te amo

Então sua mãe grita de lá da cozinha:

-Também

Então eles seguem caminho até o parque abandonado, e Caio um nerd da turma, estava gravando um vídeo pra seu canal, então eles chegam logo no portão do parque e um clima sinistro começa a ficar, então logo na porta tem uma placa dizendo:

"Não de mais um passo, ou sofrera as consequencias"

Então Carlos o mais louco da turma, se aproxima até o portão:

-Eu não acredito que vocês estão com medo.

-Carlos para de graça

Diz Skarlet:

-Sério mesmo não tem nada aqui, só brinquedos enferrujados e velhos.

Então Skarlet pensa olha pra ele e diz:

-Por que você tem sempre razão

Então todos eles se aproximam do portão, e olham e surpreendentemente está aberto, então eles entram, e começam a andar.

Então Carlos chega sozinho no alto de uma montanha russa quebrada, e começa a fazer graça:

-Em Skarlet olha onde eu tô ha, ha...

-Carlos desce dai agora

Diz Skarlet:

-Nooosssa ela tá estressada ha, ha, ha...

Então ele começa a dançar lá ensima.

E atrás dele aparece Júlia que dá uma facada nas costas dele, e começa a rir, então ela cai lá de cima no chão, mais não morre nem desmanha fica deitado agonizando de dor.

Então todo o grupo sai correndo, cehgando lá Júlia começa a despregar com a mão, o parafuso da rodinha do carrinho, então Skarlet grita:

-Garota por favor não faz isso, olha a gente sai do parque deixa você só mais por favor não ma....

Então Júlia interrompe e diz:

-Tarde demais ha, ha...

Então ela puxa o parafuso, e a rodinha cai bem na cabeça de Carlos, cortando ela no meio, então Skarlet grita e todos eles saem correndo.

Então eles chegam no portam e esta fechado com cadeado e rodeado de cerca elétrica, então Skarlet grita:

-Porra, que droga !!!

Então eles veem a sombra dela indo em direção a eles, então a sombra cria olhos vermelhos, e garras e sai correndo atrás deles, então eles correm e entram em um lugar onde ficava só funcionário, e trancam.

Então eles ouvem Júlia chegar , e ela pra na porta e bate 3 vezes, mais eles ficam quietos sem respirar ofegante, e decidem passar a noite ali até que o perigo vá embora.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...