História Hate and Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, B.A.P, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Bang Yongguk, Chanyeol, Chen, D.O, Daehyun, Eunwoo, Himchan, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinjin, Jinyoung, Jongup, Joo Heon, Jungkook, Kai, Ki Hyun, Mark, Min Hyuk, MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sanha, Sehun, Show Nu, Suga, Suho, V, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Youngjae, Yugyeom, Zelo
Tags Astro, Bap, Bts, Crush, Exo, Got7, Imagine, Monsta X, Romance
Visualizações 4
Palavras 853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Eu te odeio Jaebum!


Fanfic / Fanfiction Hate and Love - Capítulo 12 - Eu te odeio Jaebum!

Comecei a arrumar as coisas correndo, parecia que tinha dias que não arrumava casa, tinha roupas e sapatos espalhados por todo canto. As horas foram passando e quando terminei já era madrugada, resolvi tomar um banho para relaxar o corpo, estava muito cansada. Quando estava secando o meu cabelo indo em direção ao quarto me assustei, tinha esquecido que JB estava deitado na minha cama. Cheguei pertinho dele e o senti respirando fundo, dormindo igual um bebezinho, decidi tirar seus sapatos para que descansasse melhor, estava um pouco calor também então resolvi tirar a jaqueta jeans que ele estava usando, ele era muito pesado e tive um pouco de dificuldade. Depois fiquei sentada no pé da cama apenas olhando para ele - Como pode ser tão lindo? – Respirei fundo.

Já era quase de manhã e eu não aguentava mais ficar acordada, resolvi deitar um pouco no espaço que sobrava da cama, estava tão cansada que nem me importei, cai num sono pronfundo. Estava dormindo igual uma pedra até que o som desesperado da minha campainha me acordou, quando abri os olhos dei de cara com Jaebum – Ahhhhhhhh!

- Ham? Oque está acontecendo? – JB também acordou assustado com o grito que eu dei.

Levantei-me correndo e olhei na janela, eram os meus pais – Ahhhhhh! – Dei outro grito.

- Oque ta acontecendo? Onde eu to? – JB ainda não tinha acordado de todo, estava um pouco sonolento. – Aí! – Ele passava a mão sobre sua cabeça.

- Oque eu vou fazer agora? Oque eu vou fazer agora? – Eu caminhava de um lado para o outro do quarto.

- Kotori?! – JB gritou assustado quando a sonolência passou e ele percebeu a situação. – Oque eu to fazendo aqui?

- Olha não sai daqui! Pelo amor de Deus! – Eu implorei a ele saindo do quarto e fechando a porta.

Fui caminhando até a entrada me arrumando,

- Appa?! Omma?! – Sorri sem graça. – Oque estão fazendo aqui?

- O voo foi mais rápido que o esperado então decidimos vir de taxi mesmo – Minha mãe respondeu enquanto me abraçava.

- Vem cá dá um abraço no seu Appa também! – Meu pai então me puxou e me abraçou também.

- Não vai deixar a gente entrar? – Minha mãe olhou pra mim sorrindo.

- Claro! – Os ajudei com as malas.

Minha mãe já estava querendo subir as escadas e ir até o quarto,

- Não! – Gritei.

Ela olhou pra mim sem entender,

- Não se preocupem eu mesma levo as malas! – Fui andando na direção dela.

- Até parece né Kotori, eu nem estou tão velha assim. – Minha mãe continuou subindo as escadas, meu pai se sentou no sofá.

O quarto de hóspedes ficava ao lado do meu então corri até a porta e fiquei parada na frente, como se estivesse impedindo que ela entrasse lá.

- Filha, tem alguma coisa no seu quarto?

- Na... Não! Porque está falando isso Omma? – Sorri desesperada olhando para os lados.

- Kotori eu te conheço! É um namorado novo? – Ela riu.

- Que? Namo... Oque? – Fiquei desesperada. – Não tem nada aqui omma e eu também não tenho namorado!

- Já que não tem nada então deixa eu ver... – Ela pôs a mão na fechadura e logo em seguida eu pus a mão por cima pra tentar impedir.

JB ouvindo a conversa começou a rir sem perceber, ela escutou a risada e começou a rir também.

- Tudo bem Kotori, mais tarde você apresenta ele pra gente! – Ela soltou a mão da maçaneta e entrou no quarto de hóspedes para guardar suas coisas.

- Não omma, você entendeu errado! – Entrei no quarto atrás dela.

- Não se preocupe, não vou contar para o seu appa! – Ela riu – Ele é bonito?

- Omma!! – Gritei – Ele não é o meu namorado!

Depois de ajudar minha mãe com as malas fui até o meu quarto, abri a porta brava - Oque você pensa que está fazendo?

- Me desculpe, eu não consegui segurar a risada ouvindo você desesperada. – JB começou a rir novamente – Você realmente não sabe esconder as coisas...

Peguei uma almofada e taquei nele – Você não sabe de nada!

- De uma coisa eu sei...

- Oque?

- Gostei da sua mãe e acho que ela vai gostar de mim também! – Ele riu novamente.

- Do que está falando? – Comecei a bater nele brava.

Ele segurou meu braço – Ué não vai apresentar o seu namorado para os seus pais? – Ele olhou serio no fundo dos meus olhos.

Naquele segundo senti meu corpo todo estremecer, não tinha nem como disfarçar que estava nervosa com a situação, pois as minhas bochechas vermelhas me entregaram. JB então foi chegando seu rosto bem perto do meu como se fosse me beijar, meu coração acelerou, respirei fundo e fui fechando os meus olhos...

Escutei uma risada e abri olhos de novo assustada, JB estava rolando na cama de tanto rir – Você é ingênua demais! Acreditou mesmo que eu queria ser apresentado como seu namorado? – Ele ria sem parar.

- Eu te odeio! – Comecei a bater nele de novo – Eu te odeio Jaebum!

- Você me ama Kotori! - Ele reptia isso fazendo aegyo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...