História Haven of all (imagine Taehyung - V) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Colegial, Imagine Taehyung, Romance
Visualizações 49
Palavras 943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amém uma imagem!

Capítulo 17 - Aluna nova


Fanfic / Fanfiction Haven of all (imagine Taehyung - V) - Capítulo 17 - Aluna nova

  Desci da cacunda, e o resto chegou, acabados, mas chegaram. Eu falo brincando:

-- Eu falei! Falei pra todos vocês!!! - fiquei cutucando Yoongi no peitoral, ele me olhou e falou:

--Vai ter volta! - eu digo:

--Tudo bem! Oque eu vou ganhar? - pergunto para os perdedores, dei um sorrisinho, e Jimin responde:

--Um beijo e um abraço!  - até que poderia ser, mas eu sou mais esperta:

--Humm... Não! - fiquei pensando --Vai ser...Eu quero saber de uma coisa e vocês vão me ajudar! - Hoseok pergunta:

--Ta mas que tipo de coisa? - nesse momento bate para entramos pra aula, antes disso eu digo:

--Depois eu conto! Agora vou indo. - andei apressadamente para minha aula, pois a professora odeia quando agente  (meus colegas) chegamos atrasados, mas o problema é: Tem _UMA CARALHADA_ de gente no corredor, duvido eu chegar lá a tempo, outra coisa, eles parecem zumbis misturados com lesmas. Depois de passar por essa manada de elefantes magrelos, cheguei na porta da minha turma, e a professora já estava dando aula, tentei entrar de fininho, mas ela percebeu, me virei e ela só estava parada apontando para a porta, baixei minha cabeça e fui em direção a mesma, mas a professora interrompeu:

--Vai pra sala da coordenadora! - jurei que iria dizer para eu voltar. Como eu odeio colégio, de todas as formas possíveis! Fui em direção a sala, como já tinha gente sendo atendida esperei no banco de fora, e adivinha quem estava lá, isso mesmo, Taehyung. Eu pergunto:

--Por que você está aqui? - ele não respondeu --Aish Tae responde! - a cara dele não era nada boa --Tae oppa responde! - ele soltou um sorrisinho e responde, amém:

--Soo-mi! - tinha que ser --A Yeong-Mi viu agente se pegando - doeu essas palavras? Talvez. Eu pergunto:

--Por que ela não está aqui junto?  - Tae diz:

--Ela falou que fui que a beijei! Ai levei toda a culpa! - eu digo:

--Mas porque você não fala que na verdade foi ela! - ele fala:

--Tenho que fazer tudo oque ela quer. Se ela quiser isso, vai ser isso! - afz odeio isso!

Depois de alguns minutos me chamaram. Entrei na sala, vendo a figura do inferno. Yeong-mi manda eu sentar, e foi isso. Ela pergunta:

--O que aconteceu? - disse franzino o cenho, eu respondo simples:

--Cheguei atrasada na aula. - ela me olha e escreve com nenhuma delicadeza num papel, alguma coisa que eu não sei. Ela comenta:

--Bom senhorita S/n, isso foi pura desorganização de horários, um desatino! - cara eu só me atrasei um pouquinho! --Você podera voltar para a casa, mas amanhã terá que apresentar o colégio para uma aluna nova!  E sobre essa ausência de juízo, comunicarei a seus pais! - eu falo:

--Mãe. Pai eu não sei onde está! - ela diz confusa:

--Mas o número do seu pai aqui senhorita! E nunca mais me repreenda!  - olhei o papel e estava escrito mesmo um número, 02-776-131290, anotei mentalmente, pois vou explicar uma coisa. Sabe aquilo que eu queria dos meninos? Então eu queria que eles me ajudassem a encontrar meu "pai", e não para pedir para que ele (pai) voltasse, mas sim para pedir ajuda, minha mãe precisa de uma força  financeira, eu não queria pedir para ele claro, mas não tenho mais a quem pedir, minha vó não pode ajudar, e outra coisa, é nosso direito! 

Sai da sala, e fui em direção a minha casa. Chegando lá sou recebida por uma coisinha pequena, ele veio pulando, me agachei e fiz um carrinho nele. Me levantei, e me lembrei, tinha que arrumar as malas para o acampamento, será daqui a dois dias, mas quer saber vou deixar para amanhã. Vou para minha cama durmo um pouco. Acordo louca de fome, fui até a cozinha e nada. Decidi ir ao café.

Chegando la escolhi uma cadeira e me sentei, esperei ser atendida. Jackson chega em minha mesa e diz:

--Quanto tempo S/n! Lembra de mim? - dei uma risadinha, e respondo entrando na brincadeira:

--Hmmm... Você por acaso é... espera esqueci - dei uma pausa ele ficou com uma cara de confuso --Ahh sim o Jackson! - ele fala:

--Para de brincadeira! O mesmo de sempre? - fiz um "sim" com a cabeça.

Depois de alguns minutos chega minha comida. Terminei de me alimentar, entrei na fila do caixa, e paguei  tudo oque eu comi.

 Voltei para minha casa, alimentei o Ziggy, fiz minhas tarefas e dormi um pouco. Quando me deparei com o relógio, que marcava 19:45. Decidi fazer um jantar para minha omma, mas algo diferente, um jantar brasileiro. Comecei a fazer um strogonoff, peguei todos os integrantes e preparei o prato. Quando ficou pronto tirei a comida do fogo e coloquei num descanço de panela. Esperei 30 minutos na sala vendo um progama que sinceramente não entendi nada. Passou uma hora e nada da minha mãe chegar. E lá se foi uma hora, decidi dormir, não estava com fome mesmo.

QUEBRA DE TEMPO

Acordo totalmente zonza, me levanto devagarinho, arrumo meu cabelo, e levento do sofa e me deparo com um papelzinho na mesa, dizia:

"Filha muito obrigado pela comida, estava muito boa! Boa aula amor!"

Larguei o papel e fui fazer minhas higiene matinais. Peguei minha mochila e fui em direção a aula. Chegando la já fui recebida por quem? A Yang-Mi, do lado dela existia uma garota, morena, não muito alta mas também não tão baixa. Elas vieram na minha direção, Yang-mi diz:

--S/n essa é Eun-Woo! Eun-Woo essa é a S/n. - apertamos nossas mãos --Você. - ela aponta para mim --Vai levar Eun-Woo para conhecer o Colégio!  

               


Notas Finais


Obrigado por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...