História Heart Ice - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Colegial, Drama, Jelena, Romance
Visualizações 203
Palavras 1.341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura ♡

Capítulo 21 - Nice to meet you, Dylan


Fanfic / Fanfiction Heart Ice - Capítulo 21 - Nice to meet you, Dylan

Assim que chegamos em sua casa, Dean pediu para que entrássemos em silêncio para não acordar ninguém. Assenti e subimos para seu quarto o mais rápido possível.

— Nossa! Seu quarto mudou muito desde a última vez que eu vim aqui. — falei me jogando em sua cama, abraçando um travesseiro.

— Não se esqueça que da última vez que você veio aqui eu tinha quatorze anos. Agora eu tenho dezoito, Sky, não sou mais aquele menininho que colecionava borboletas e tinha medo do escuro. — riu abrindo seu closet, logo pegando um edredom que havia numa das gavetas próximas a porta do mesmo.

— Sim, você tem razão. Desculpa por isso. — sorri.

Na verdade, o único motivo de ter parado de frequentar a casa de meu pai foi por causa de Dean. Desde que me entendendo por gente eu me lembro de ser “apaixonada” por Justin e, desde sempre, ele não ligava para mim. Uma vez, eu estava muito mal por ele ter ficado com uma de minhas antigas amigas e resolvi vir para casa de Dean, pois somente ele poderia me fazer esquecer um pouco de Justin.

Dean me animou bastante no dia, porém ele acabou me beijando e eu não queria. Na época eu queria que meu primeiro beijo fosse com Justin e tudo foi estragado por Dean. Eu havia ficado tão puta que nunca mais quis o ver — até agora —.

O moreno arrumou sua cama e fez uma divisória entre os lados com alguns travesseiros.

— Eu durmo desse lado e você desse. — jogou-se na cama e retirou sua camisa. Olhei para ele com uma sobrancelha arqueada e, assim que ele percebeu, riu. — Fica tranquila. Não vou ultrapassar meu lado.

Retirei meus sapatos e deitei no meu lado, logo me cobrindo com o cobertor. Suspirei enquanto olhava para o abajur ao meu lado enquanto Dean digitava algo em seu celular.

— O que está fazendo? — perguntei virando-me em sua direção.

— Mandando mensagem para um amigo meu. Talvez eu não vá a escola amanhã.

— Que? Não, você tem que ir. — sentei-me na cama e fiz um coque em meu cabelo. — Eu sempre quis te ver com aquele uniforme de mauricinho. — sorri.

— Sério mesmo? Então talvez eu realmente pense em ir, faltam apenas algumas horas para ir a escola. — riu me fazendo rir também.

— Porra, Dean, com quem tanto conversa essa hora da madrugada? — a porta foi aberta por um garoto moreno de olhos azuis pouco parecido com Dean.

— Hã… Scarlett, esse é o meu irmão mais velho Dylan. Ele morava com meu pai em Seattle mas, como resolveu não ir para a faculdade ainda, resolveu vir morar conosco. — o moreno ao meu lado falou coçando sua nuca.

Olhei novamente para o mais velho parado sobre a porta e, por algum motivo, senti-me constrangida por estar ali dividindo a cama com um menino que nem meu irmão de sangue era. Dylan olhou para Dean que estava sem camisa, mordeu os lábios e sorriu.

— Acho que a mãe e John não gostarão de saber que trouxe uma menina para dormir em casa num dia de semana. Você sabe as regras. — bagunçou seus cabelos e brincou com sua língua.

— Ela é filha do John… — Dean revirou os olhos apoiando sua mão direita sobre o colchão. Dylan arregalou os olhos, fazendo com que fosse possível ver a íris de seus olhos extremamente azuis.

— Então você tá pegando a filha do… — o garoto não terminou de falar e começou a rir. — Ele sabe disso? Não sabia que você estudava no mesmo colégio que ela.

— Ei, sua anta acéfala, poderia parar de falar tanta bobagem e deixar a gente dizer pelo menos uma coisa? — perguntei já estressada. Eu estava cansada de ouvir Dylan dizer tanta coisa sem noção. — Eu sou amiga do Dean faz tempo. Nos encontramos hoje e ele me pediu para passar a noite aqui. Não namoramos e nem ficamos, aliás eu estou num rolo com um garoto da minha escola…

Dean olhou para baixo e sorriu assim que viu Dylan comprimir os lábios. Bom, eu não fiz nada que uma pessoa em sã consciência faria com uma pessoa imbecil como Dylan.

Se já era difícil acreditar que Dean tinha um irmão, agora era mais difícil ainda pois os dois eram totalmente diferentes.

— Bom… Então eu acho que vou voltar a dormir. Foi mal, Scarlett. — coçou sua nuca e saiu do quarto. Mal foi Dylan sair do quarto que Dean e eu começamos a rir.

— Desculpa mas seu irmão é um completo babaca. — deitei na cama e cobri meu rosto com as mãos.

— Eu sei disso. Juro que quando ele morava com meu pai eu não senti falta alguma. — deitou virado para mim. — Sky, você ainda gosta do Justin?

— Por que pergunta isso? — o encarei já séria.

— Por nada, só foi por curiosidade mesmo. — deu de ombros.

— Eu não quero responder isso agora. Vamos dormir porque chegar na hora certa na escola já sabemos que não vamos chegar. — olhei para o teto e coloquei minhas sobre minha barriga, logo fechando os olhos.

━━━━━━━༺༻━━━━━━━

Já eram sete horas quando eu acordei. Olhei para o lado que Dean dormiu e ele não estava mais lá.

Levantei-me da cama e, de mansinho, saí do quarto. Desci as escadas e congelei assim que ouvi a voz de Dylan, Dean e uma mulher. Corri novamente para a escada e sentei num degrau não muito próximo do segundo nem andar muito menos do primeiro.

— Dean, não tenha pressa em terminar o café mas também não demore tanto. Você já está mais do que atrasado para o colégio e o motorista não vai poder levá-lo para lá. — a mulher, que era ruiva, passou pela escada e eu me encolhi para que ela não me visse.

— Eu posso levar o meu irmão sem problemas, mãe. — Dylan disse e eu pude vê-lo puxar Dean para mais perto de si.

Aquela mulher era ninguém menos que Kiara. Ela parecia mais jovem do que da última vez que a vi. Kiara era apenas dois anos mais nova que minha mãe e parecia que, quanto mais o tempo passava, ela ficava mais jovem.

Da última vez que a vi tinha o cabelo tingido de loiro — pois realçava seus olhos verdes, ela dizia. —. E agora ela estava totalmente diferente ruiva.

— Tudo bem então. Estou indo para o trabalho de John, vejo vocês a noite. — Kiara saiu de casa e eu fechei os olhos assim que senti meu coração aos poucos parar de palpitar forte.

Desci novamente as escadas e fui para a cozinha, onde estava os meninos.

— Vem cá, por acaso a Bela Adormecida não vai acordar não? Eu preciso ir a um lugar e não vou ficar esperando ela acordar para sair. — Dylan perguntou e eu entrei na cozinha.

— Fique tranquilo porque eu já acordei. Não posso me atrasar mais do que já estou. — sentei-me ao lado de Dean e peguei uma laranja para comer.

— Se quiser eu posso ir com você até sua escola, eu vou de táxi. — Dean falou e eu sorri, assentindo.

— Táxi? Não, não, eu vou levar vocês, temos carro. Vai gastar dinheiro com táxi para que? — Dylan puxou Dean e eu para mais perto de si quase nos sufocando. — Terminam logo de comer e vamos lá! — o mais velho deu leves tapas nas costas de Dean e eu e saiu da cozinha.

— Ei, termina logo e vamos pelos fundos antes que ele volte. — Dean sussurrou enquanto colocava sua tigela de cereal sobre a bancada. Levantou-se rapidamente e pegou sua mochila que estava no chão logo ao seu lado.

Segurou em meu braço e, com todo o cuidado possível, abriu a porta da cozinha. Saímos rapidamente dali e corremos pelo quintal até chegar ao parque onde nos encontramos na noite anterior.

Estávamos ofegantes e não parávamos de rir, mas somente quando percebemos que estávamos num local seguro, pudemos descansar um pouco.

— Bom, agora que sabemos que ele não vai vir atrás da gente, podemos ir para a escola sem problemas. — Dean riu me abraçando. Rimos juntos e seguimos para meu colégio o mais rápido possível.


Notas Finais


✘ Eu imagino o Dean como o Herman Tommeraas mas cada um imagina como quiser ^^ (super recomendo assistir Skam): https://68.media.tumblr.com/15285a43c60a91009ab143c860722438/tumblr_outt7gJvfg1w45zy0o2_400.jpg

✘ Comentem para eu saber o que acharam, é muito importante saber o que estão achando da fic e eu ficarei muito feliz em ler os comentários ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...