História Hi Girl, Let's Play! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Anabelle, Bts, Chucky, Gritos Mortais, Horror, Jeff The Killer, Jigsaw, Pennywise, Ryuk, Terror
Visualizações 37
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - "Não vais levar a tua avante..."


- “É uma longa história...” – Jimin baixa a cabeça.

- “Temos tempo.”

- “Pronto, como eu te estava a explicar nós fizemos uma pequena reunião, mas o Jungkook, antes desta pediu-me para falar com ele.” – Jimin senta-se ao lado da rapariga. – “Ele queria que eu ficasse do lado dele, do lado que apoia que te matemos...” – o rapaz faz uma ligeira pausa. – “Apesar de tudo, o Jungkook e os seus amigos não aceitam mudanças e eles querem continuar a matar os donos, porque dizem ser o instinto deles...Eu disse que ia pensar, mas ele ameaçou-me, disse que se eu não ficasse do lado dele ele iria matar-me e matar-te. Eu não quero o teu mal, valorizo a vida de cada um como valorizo a minha, só acho que os não valorizam a sua vida ou as dos outros devem morrer. Eu tive medo que ele fizesse alguma coisa por isso vim atrás de ti.”

- “Então foi por isso que desapareceste?” – Hoseok pergunta.

- “Sim, eu só contei ao Taeyung e ao hyung que iria seguir-te e que se te perdesse iria informá-los para eles vigiarem o Jungkook e os seus amigos.”

- “A reunião de qualquer das maneiras foi suspensa, o hyung fica sempre neutro e do lado do Hoseok só fiquei eu.” – Taehyung acrescenta.

- “Isso é de esperar, mesmo que aqueles dois não a quisessem matar eles teriam de ficar do lado do Jungkook.”

- “Espera, espera, espera.” – S/n interrompe voltando-se para trás. – “Tu, Taehyung, boneco humano do Ryuk não me queres matar?” – a rapariga sorri ligeiramente.

- “Porque quereria?”

- “Sei lá, para aumentar a tua esperança de vida, talvez.”

- “Eu sou um boneco, não um shinigami.” – Taehyung sorri. – “Eu nunca quis matar ninguém, eu acho os humanos bastante interessantes.” – o sorriso do rapaz contagia S/n.

 - “Obrigada.” – diz em surdina. – “Então e agora?”

- “Agora o quê?” – Hoseok olha para S/n.

- “Eles querem matar-me?”

- “A mim e a ti.” – Jimin diz calmamente. – “Mas por enquanto eles não farão nada.”

- “Neste momento, eles devem estar sentados no quarto do castigo.” – Taehyung solta uma gargalhada.

- “Quarto do castigo?”

- “Sim, quando nós cometemos algum erro, isto mais agora do que antes, somos colocados num quarto pequeno e vazio durante algum tempo. Supostamente, o conselho achou que seria uma boa ideia...” – informa Jimin.

- “Então posso ficar descansada por algumas horas?”

- “Sim.” – o rapaz sorri. – “De qualquer maneira vamos ficar por aqui para te proteger.”

- “Uhhhh...” – Taehyung diz num tom provocador chamando as atenções para ele. – “O que foi?”

S/n e Jimin soltam uma gargalhada, Hoseok permanece sério observando a rapariga à sua frente.

- “Agora diz-nos.” – Taehyung aproxima-se de S/n. – “De nós os sete qual é o teu personagem preferido?”

Os olhos de Taehyung tinham um brilho único, podendo dizer um brilho jovem, algo que deixava um sorriso no rosto de S/n, era a primeira “pessoa” que encontrava com aquele brilho. Hoseok, pelo contrário, parecia mais calado, parecia que algo tinha acontecido desde da primeira vez em que estiveram juntos.

- “Eu não quero arranjar discussões.” – S/n diz na brincadeira.

- “Vá lá.” – pede Taehyung.

S/n sorri, troca olhares com Jimin e ambos soltam uma gargalhada.

Enquanto isso...

- “Já pensaste em alguma coisa, Jungkook?” – pergunta Namjoon.

- “Não...Mas estou decidido a acabar com a vida daqueles dois...” – o rapaz sorri maliciosamente enquanto fitava a parede branca.

- “Se tiverem alguma ideia avisem-me, eu vou dormir...” – Yoongi deita-se no canto do quarto fechando os olhos.

- “Somos uma equipa!” – Jungkook levanta a voz. – “Eu não trabalho sozinho, eu só vos dou as ordens, vocês precisam de também ter ideias.”

- “Eu sei, eu sei.” – Yoongi diz mantendo os olhos fechados.

Os três permanecem em silêncio. Namjoon e Jungkook observavam o outro rapaz em busca de uma ajuda do mesmo. Yoongi abre ligeiramente os olhos e vê as atenções caídas sobre si.

- “O que foi?”

- “E se desses uma ideia?” – sugere rudemente Namjoon.

- “Seria uma grande ajuda.”

- “Nós vamos ficar aqui fechados durante dias, vocês querem que eu me esforce já?” – Yoongi diz sentando-se.

- “Desculpa-me se tu é que és o “possuído pelo espírito de um serial killer”.”- Jungkook diz irónicamente.

- “Tu representas o Jeff “the killer” e eu não me estou a queixar de não teres capacidade de arranjares um plano.”

O olhar de Jungkook fica mais sério e o seu lábio treme ligeiramente, estes sinais significavam que o rapaz começava a ficar stressado.

- “Tudo bem. O Jimin, o Hoseok e o Taehyung vão acabar por se desleixar idiotas como são. Além disso, ela só te viu a ti de maneira humana, se eu e o Namjoon passarmos para a aparência humana e capricharmos nesta passamos despercebidos. Podemos falar com ela, ganhar a sua confiança e pronto.”

- “Como pensas fazer isso sem que o Hoseok, o Jimin e o Taehyung percebam?” – Namjoon pergunta atento.

- “É simples, nestes dias eu descobri muita coisa à cerca da tal rapariga. Ela tem um horário de uma faculdade no frigorífico, eu li o nome da faculdade e acho que nós conseguimos chegar lá sozinhos. Além disso, aquela amiga dela, já vimos a cara dela e sabemos o nome dela, é fácil chegarmos perto dela.” – Yoongi faz uma pequena pausa.

- “Tu acreditas mesmo que eles a vão deixar andar sozinha?”

- “Eles não podem ir para a faculdade dela, o Namjoon pode tentar tornar-se namorado da amiga da rapariga, pelo que entendi ela não tem namorado, assim ela será obrigada a conviver com ele se quer manter a amizade da amiga.”

- “É uma boa ideia, mas porquê eu e não tu?” – Namjoon protesta.

- “Porque eu não me quero envolver com esses humanos desprezíveis...” – Yoongi diz torcendo o nariz. – “Prefiro continuar no meu canto, sozinho, com o meu sono. Por isso, se me dão licença, vocês já têm o plano e eu já posso ir dormir.” – o rapaz deita-se novamente fechando os olhos. Não foi preciso muito tempo para que este adormecesse.

Jungkook passou os dedos pela lâmina da faca de Yoongi que se encontrava no chão. Olhou para o seu reflexo na mesma e sorriu.

- “Não vais levar a tua avante, S/n...” 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...