História Híbridos e seus problemas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hibridos
Visualizações 11
Palavras 1.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi oi oi.
Eu sei que está meio chato e triste mais daqui uns capítulos tudo vai ficar mais feliz

Bisculpa qualquer erro de escrita
E antes de tudo todos os Híbridos conseguem esconder suas orelhas e rabos.

Capítulo 7 - Até Um Anjo Tem Um Passado Obscuro.


Fanfic / Fanfiction Híbridos e seus problemas - Capítulo 7 - Até Um Anjo Tem Um Passado Obscuro.

~P.O.V~Karen~

Acordei e o Ink estava dormindo do meu lado, (Sim eu deixo ele dormir na minha cama,algum problema com isso?) me levantei e fui tomar banho,como hoje ainda é terça eu coloquei uma roupa mais normal.

Roupa=Rabo de cavalo,Colar com uma estrela,Camisa preta,Mochila,Calça jeans e Converse High vermelho.

Sai do quarto e fui para a cozinha,mas,não tinha ninguém lá,será que elas já foram para a faculdade?

Karen=Retardadas,elas nem me esperaram.

Reclamei para min mesma e me virei para ir para a porta e vi a ultima pessoa que eu queria ver.

Herobrine=Hora hora hora,reclamando das novas amigas,Filha?

Meu pai.

Karen=Cai fora daqui.

Herobrine=Isso é jeito de tratar o seu pai?

Karen=Não sei,mas,se seu pai tentou dominar a sua cabeça e fez você matar milhões de pessoas,isso é jeito de tratar ele sim.

Herobrine=Então ainda não esqueceu isso?Que tal lembrarmos da cena?

De repente eu me lembro da cena.Eu estava no japão com meu irmão mais velho no parque,ele estava me levando de volta para casa.

Irmão=Quer um sorvete Karen?

Karen=Siiiiimm!!!!!

Enquanto agente andava um grupo de assassinos armados entrou no nosso caminho.

Ass1=Parem vocês dois aí.

Irmão=Quem você acha que é para querer mandar na gente?

Ass2=Garoto olha com que fala.

Irmão =Sim eu olho com quem eu falo e nesse momento to olhando e falando com um bando de retardado que acham que mandam em alguém.

Ass1=SUA MÃE NÃO DEU RESPEITO PARA VOCÊ NÃO?

Irmão=Deu,mas ela disse que era só para eu ter respeito com quem eu conheço.

Ass2=Ele merece mesmo a surra que a gente foi pago para dar.

Quando eu percebo um dos assassinos esta com uma faca no pescoço do meu irmão,antes de eu poder falar alguma coisa o assassino já tinha cortado o pescoço do meu irmão.

Ass1=Agora a gente pode cuidar da pequenina aqui.

Karen=Ir-irmão.

Ass2=Ele tá morto garota,se toca.

Karen=N-Não

Nesse momento eu ouvi uma voz na minha cabeça.

Herobrine=Finalmente temos uma chance de nos conhecer filha.

Karen=Quem é você?

Herobrine =Seu outro pai e eu como um bom pai não vou deixar você ser morta.

Karen=O-ok e como você vai me proteger?Você nem tá aqui.

Herobrine=Tem um jeito bem mais fácil.

De repente eu sinto uma coisa ruim,como se eu não estivesse sobre controle do meu próprio corpo.

Herobrine=Isso,sim sim SIIIIIM.

De repente eu meio que sai do meu corpo e ele foi dominada pelo "meu segundo pai".

Herobrine=Vocês acham mesmo que podem me vencer?

Ass1=De repente a garota tímida e medrosa ficou corajosa.

O Herobrine de repente tirou a faca de um dos assassinos e matou o mesmo.

Herobrine=Você é o próximo.

Logo depois o Herobrine mata o outro assassino,porem um grupo de policiais viu e mirou as armas para o Herobrine.

Pol1=Coloque a faca no chão e nos não iremos machucar você.

O Herobrine não deu ouvidos a eles e matou todos que via na frente.Quando ele chegou em casa aconteceu um teatro que ferrou com a minha vida.

Vinicíus=Karen onde voc... (Ele percebe que eu estava toda ensanguentada.) OQUE ACONTECEU FILHA??!?!?!?!?

Herobrine=Filha?Você mal da atenção para ela e ainda quer chamar ela de filha?

Vinicíus=Herobrine.

Herobrine=Isso mesmo.

Vinicíus=Osquarepitum pertuteres teres pecares destrucarem do angetitus. (Que?) (A=Eu sou a autora e nem eu sei oque ele falou.)

Herobrine=Não não nãooooooooooooo.

Eu voltei para meu corpo.

Karen=P-pai?O-oque aconteceu?

Vinicíus=Agora tá tudo bem,tá tudo bem.

Quando a cena acaba eu volto a ver o Herobrine.

Karen=Chega de mentiras,oque meu pai falou que fez você sair do meu corpo.

Herobrine=Ele falou que...

Ana=KAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRREEEEEEEEEEEEENNNNN.

Karen=MIAAUU.

Ana=Finalmente acordou.

Eu tava dormindo esse tempo todo?

Karen=Que horas são?

Ana=Uma hora para as aulas começarem.

Karen=QUUUUUUUUUEEEEEEE?!!?!?!?!?!?!?!!?!??!?!??!!?POR QUE NÃO ACORDOU ANTES??!?!?!?

Ana=Eu tentei,mas,seu sono é mais pesado que uma montanha.

Karen=Eu não vou para a faculdade de jeito nenhum.

Ana=Ok.

Ela simplesmente saiu do meu quarto,olhei pela janela e elas estavam indo para a faculdade.

~P.O.V~Eduarda~

A Karen não vai para a faculdade hoje.Será que ela tá bem?

Eduarda=Ana,por que a Karen não veio com a gente hoje?

Ana=Ela não tá bem.

Dailane=Ela tá doente?

Ana=Não,ela só não queria vir mesmo.

Dailane=ENTÃO PORQUE ELA NÃO TÁ COM A GENTE?!?!

Ana=Se fosse para a gente esperar ela se arrumar a gente ia chegar na ultima aula.

Dailane=Verdade.

Continuamos andado fomos para a faculdade e nos deparamos com uma cena meio estranha.Os meninos estavam brigando com as filhas do diretor.

Gabriel=Parem de falar para os outros que nos somos namorados.

Yasmin=Mas agente ama vocês.

Gustavo=Que pena que a gente não pode dizer o mesmo.

Taynah=Se vocês não amarem a gente vocês vão ter que sair da escola.

Gabriel=É melhor sair da escola do que namorar vocês.

Yas e Tay=Vocês não tem medo de sair da escola?

Gus e Gab=Não

Gustavo=Seu pai seria louco de colocar os dois melhores alunos da faculdade para fora.

Depois disso todos foram para suas respectivas salas e o dia ocorreu normal,quando tava meio que no "intervalo" eu,as meninas e os meninos começamos a jogar verdade ou desafio.

Félix >> Gabriel

Félix=Então querido amigo? (Fala com uma voz lenta e maligna.) Verdade ou desafio?

Gabriel=Desafio,aqui tem medo não

Félix=MUAHAHA. (Isso era pra ser uma risada maligna?) Eu te desafio a beijar a Eduarda.

Gabriel=QUUUEEEE?!?!!?!?!?

Félix=Quer que eu repita?

Gabriel=Não não não. 

Gabriel me olha per alguns segundos,um olhar meio de tristeza que de repente surge um sorriso enorme.Ele fica perto de min e eu fecho os meus olhos,mas,ele beija minha bochecha.

Félix=Não vale isso não.

Gabriel=Lógico que vale,você não especificou onde que era pra beijar.

Dailane=O Gabriel tá certo.

Félix=Tá,Gabriel gira logo a garrafa.

Gabriel gira a garrafa.

Ana >> Dailane

Ana=Verdade ou desafio?

Dailane=Verdade.

Ana=Ah~ tinha um desafio perfeito, (Pensou por uns 4 segundos.) Eu desafio a rebolar no colo do Emanuel.

Dailane=MP VÃO PARA O INFERNO.

Ana=Você tem que fazer.

A Dailane vai até o Emanuel e senta no colo dele e começa a rebolar,pela cara o Emanuel estava gostando.

Ana=Pode parar Dailane,pela cara do Emanuel ele vai gozar já já.

Dailane=VAI PRO INFERNO SUA MP

Ana=Mp e com orgulho.

Dailane gira e...

Eduarda >> Gustavo 

Eduarda=Verdade ou desafio?

Gustavo=Verdade.

Eduarda=É verdade que você AMA a Karen?

Gustavo=S-s-s-sim

Todo mundo da roda fez um "Uhhhhhhhhhh" 

O sino bateu para a gente ir embora.E o dia foi normal,mesmo sem eu e as meninas termos visto a Karen hoje,oque será que aconteceu com a Karen?

~CONTINUA~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...