História Himitsu - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Sthe_Haruno

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Baki, Boruto Uzumaki, Butsuma Senju, Chiyo, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Dan Kato, Darui, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Guren, Haku, Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Itama Senju, Izumi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Jiroubou, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kawarama Senju, Kiba Inuzuka, Kidoumaru, Killer Bee, Kimimaru, Kin Tsuchi, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mangetsu Houzuki, Matsuri, Mebuki Haruno, Mei, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Mirai Sarutobi, Mitsuki, Nagato, Naruto Uzumaki, Nawaki Senju, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Omoi, Oonoki, Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakon & Ukon, Sakura Haruno, Samui, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Shino Aburame, Shion, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Touka Senju, Tsume Inuzuka, Tsunade Senju, Utakata, Yahiko, Yondaime Kazekage, Yugito Nii, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Deisaku, Hidayugi, Madasaku, Naruhina, Naruto, Saiino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 39
Palavras 1.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Fluffy, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo demorou pra sair, né? Bom, minha semana está bem corrida, creio que da Sthe também. Tivemos que deixar a fic de lado para focarmos nos estudos, afinal...queremos passar de ano também hihi
Bom, espero que esteja do agrado de vocês....prometo que da próxima vez, irei escrever a parte do casal principal T-T

~Baguet

Capítulo 6 - Go


18:30 – Konohagakure No Sato, 13/02/1430

Todos estavam reunidos para mais um jantar de família. Era idêntico aos anteriores: silencioso e entediante. Para Hinata, esse costume tradicional era um tédio total; afinal ninguém se comunicava entre a grande mesa de jantar

Observou seu pai, que comia em silêncio. Logo após encarou Hanabi, que encarava a comida servida em seu prato tediosamente. Seu próximo alvo foi o seu primo Neji. Este também observava sua comida, de vez em quando dando algumas garfadas na mesma

O silêncio que se residia no local começara a incomodar a azulada. Por mais que estivesse acostumada com tais atos de seus familiares, ela desejava que algum deles pronunciassem uma única palavra; nem que fosse um simples ai

Suspirou e se levantou da cadeira, indo em direção da porta que se encontrava aberta. Este ato, chamou a atenção de seu pai

- Onde está indo? – perguntou

-...irei tomar um ar fresco, papai – respondeu a azulada

- Você nem tocou em sua comida – falou em um tom seco

- Estou sem fome – respondeu a azulada no mesmo tom – com licença

Dito isto, Hinata se retirou do local antes de escutar as palavras rudes que seu pai provavelmente diria a mesma. Não estava afim de escutar os mesmos sermões do mais velho naquele momento

“Por que ele sempre encontra um motivo para me dar broncas? Ou me manter dentro de casa?” pensou

Recostou seu braço no batente da janela de madeira, contemplando os flocos esbranquiçados que caíam suavemente sobre a aldeia. O inverno havia chegado. No momento, a nevasca estava fraca; para a felicidade de várias crianças

Contemplou as folhagens esbranquiçadas que deram uma nova decoração a paisagem que estava acostumada a ver todos os dias. As crianças riam e atiravam bolas de neve em seus amigos, os casais se encontravam para um passeio na aldeia agora coberta pela nevasca. Toda aquela cena causava um pouco de inveja à Hinata, pois aquele era o seu maior sonho. Ter o amado ao seu lado e seus filhos, percorrendo pela aldeia com bastante alegria; pensar naquela expectativa lhe arrancava um sorrisinho de canto

A morena se desgrudou da janela e se dirigiu até sua cama, onde se deitou de um modo suave. Não conseguia o tirar de sua mente, só de pensar naquele cabelo loiro e espetado, seu coração acelerava de um modo anormal. A personalidade meiga e altruísta do príncipe a conquistava a cada dia; nunca havia visto um garoto tão cavalheiro como ele. Ainda acreditava que um dia poderia se casar, ter filhos e obter uma vida feliz ao lado de Uzumaki Naruto, a quem ela era apaixonada desde a infância

- Está pensando nele de novo, nee-san?

Dirigiu seu olhar até a porta, onde sua irmã estava escorada no batente da mesma. Abriu um sorriso e se levantou rapidamente enquanto olhava Hanabi, que já sabia do que sua irmã mais velha pensava; afinal, ela conhecia sua irmã até demais

- S-Sim. Não consigo esquecê-lo, Hanabi – admitiu

Hanabi suspirou, balançando a cabeça negativamente como resposta

- Nee-san...isso chega a ser meio obsessivo, não acha que deveria pensar em seu futuro como líder de nossa família? Esse garoto só está te desviando do caminho – falou

Mesmo que sua irmã estivesse certa, Hinata não conseguia pensar em seu futuro; apenas em um certo loiro de olhos azuis, filho de Namikaze Minato, atual rei de Konohagakure

A azulada soltou um suspiro baixo e se levantou calmamente, dirigindo-se até seu guarda roupa. Hanabi observava os atos de sua irmã, já frustrada com a mesma que pretendia desviar do assunto

- Tsc. Nee-san, pare de tentar fugir do assunto! O papai está lhe confiando o cargo de líder – pronunciou a mais nova – não acha que deve ter um pouco de consideração? Você sabe muito bem que esse príncipe está lhe desviando do caminho tradicional de nossa família!

Escutava as palavras ditas por Hanabi atenciosamente, porém a Hyuuga preferia ignorar as palavras da mesma; sabia que não tinha chances de vencer em um papo com sua irmã mais nova. Mesmo não querendo, Hinata dava o seu melhor nas aulas de etiqueta e treinos de batalha; pois de acordo com seu pai, era fundamental o líder saber lutar para proteger sua família

“Por que eu, papai? Por que não pega no pé do Neji, que realmente possui potencial para o cargo?” pensou

Pegando seu vestido, Hinata o posicionou contra o colchão, o deixando estirado sobre o mesmo antes de se dirigir até a saída do quarto. Sua mente estava perdida em pensamentos, afinal não sabia como iria convencer o seu rígido pai a desistir da ideia de colocá-la como líder. Seria complicado, disso ela tinha certeza

Sentia a água gélida entrar em contato com sua pele alva, lhe causando leves arrepios pelo corpo. Prendeu seu cabelo em um coque alto, para não molhá-lo. Ao relaxar, a Hyuuga fechou seus olhos lentamente; já se sentindo livre para finalmente, pensar sobre tudo o que estava acontecendo em sua vida. Seu cargo ou seu amado? Queria muito formar uma família com o Uzumaki, mas também queria que seu pai tivesse orgulho de si. Por que não os dois?

Levou seu olhar até a janela para fitar o céu nublado. Voltando a nevar, Hinata ergueu um pouco o seu corpo para se aproximar da janela. Feito tal ato, a mesma esticou seu braço antes que um pequeno e lindo floco seguisse seu caminho até o chão

- O que irei fazer? – perguntou-se a si mesma

๑✿ೊ❀ೊ✿๑

Escutava sussurros sobre sua pessoa. As pessoas daquele castelo realmente o desagradava, não podia negar que estava louco para a sua retirada de Sunagakure. Diferente de Konohagakure, Sunagakure permanecia abafada; o que deixava Shikamaru cada vez mais frustrado. Queria aproveitar o frio de seu reino; afinal, o mesmo queria estar dormindo em vez de tentar fechar negócios com o rei de Suna, que era muito persistente

O moreno continuava caminhando em passos suaves e lentos pelo corredor da residência real, ignorando por completo os sussurros que os cavaleiros e empregadas faziam sobre sua pessoa

- Saco – pronunciou em um tom baixo

- Ainda aqui?

Ouvindo tais palavras dela, o Nara se virou e fitou a princesa tediosamente; já sabendo que ela estava tentando lhe provocar

- Tsc. Eu adoraria ir embora logo...dar de cara com a beldade aqui todos os dias não dá certo – rebateu ironicamente

Sua provocação fora o suficiente para tirar Temari do sério. Em um piscar de olhos, a loira o prensou contra a parede enquanto o erguia pela gola do sobretudo, não ligando se as pessoas ao redor estavam vendo ou não

- Repete, idiota! – ameaçou a princesa

- Tsc – Ao suspirar, Shikamaru apenas segura os pulsos da garota antes de afastá-la de si, a lançando um olhar entediado – Não tenho culpa se você possui problemas auditivos, princesa. Deveria ordenar aos curandeiros para tratarem isso

Se virou, pronto para dar início a sua caminhada até o salão principal. Antes que desse um passo, o moreno sentiu seu corpo ir ao chão em questão de segundos; lançou um olhar tedioso a Temari, que agora estava montada em suas costas, o imobilizando

- Queria que você sumisse daqui – falou entredentes

- E eu queria estar dormindo, mas estou aqui contra a minha vontade para planejar uma estratégia de guerra que irá beneficiar não só a Konoha, mas como o seu reino também. Então dá pra parar de ser uma pirralha mimada e me deixar realizar meu trabalho? Não sei se você sabe, mas eu quero muito ir embora – vociferou o moreno, já irritado

As palavras do Nara realmente deixou a loira chocada. Nunca em sua vida, uma pessoa se dirigiu a ela nesse tom. Como não possuía argumentos para discutir com o gênio de Konoha, Temari apenas se levantou antes de seguir um caminho oposto do moreno. Precisava fazer seu pai mudar de ideia em relação ao estrangeiro


Notas Finais


:c me desculpe se o capítulo obteve erros ortográficos ou se não teve nexo, principalmente pela demora. Tentarei não demorar na próxima vez ^^
Espero que não tenha ficado pequeno ou grande demais...enfim, espero que vocês tenham gostado

Comentários construtivos sempre serão bem vindos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...