História I' Am Problem.. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alec, Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Benjamin, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Carmen Denali, Charlie Swan, Claire Young, Demetri Volturi, Edward Cullen, Eleazar Denali, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Irina Denali, Jacob Black, James, Jane, Jared Cameron, Jasper Hale, Kate Denali, Kim, Laurent, Leah Clearwater, Marcus Volturi, Paul Lahote, Personagens Originais, Quil Ateara, Rachel Black, Rebecca Black, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Riley Biers, Rosalie Hale, Sam Uley, Sarah Black, Seth Clearwater, Sue Clearwater, Tânya Denali, Tyler Crowley, Vladmir
Visualizações 48
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA LEITURA ❤

Capítulo 10 - Capitulo 10


Fanfic / Fanfiction I' Am Problem.. - Capítulo 10 - Capitulo 10

Era questão de tempo ate que Nathasa atacasse. Era questão de tempo ate a eu conhecer meu inimigos de verdades. Renesmee tem me ligado bastante nos últimos dias, mais eu recusei todos. Wellington tem tentado conversar comigo mais eu tenho evitado olhar para cara dele, o que agora era fácil já que ele saiu da alcatéia. Meu avô disse que não era para eu guardar magoas e eu sei eu cometi alguns erros, mais sou orgulhosa demais para admitir isso. Vítor e eu viramos amigos e ele tem me ajudado a controlar meus poderes já que isso serviria de ótima ajuda na guerra.

Joseph estava piorando a cada dia e Carlisle achava que se ele continuasse assim ele não passaria desta semana. Emilly só sabia chorar e toda aquela alegria que ela tinha se foi... Eu entendo ela. Joseph era uma criança que espalhava alegria por onde passava e todos da alcatéia o amava. Se ele se for... Nada será como antes.


- Pai ? - O chamei. Ele me olhou e sorriu. Suspirei ao ver meu pai naquele estado. Jack estava magro demais e seus olhos não tinha mais aquele brilho de antes. - Onde está o Sam ? - Perguntei achando estranho a ausência dele

- Nao sei. Não o vejo desde quando o Joseph piorou. - Suspirou - Eu não consigo nem imaginar o que ele e Emilly estão passando. - Ele estava sentado e com vários livros na mesa a sua frente, me sentei ao seu lado. - Perder você ou seu irmão me destruiria por completo.

- E Nathasa ? - perguntei. Eu não consigo explicar o sentimento que sinto por Nathasa. Eu sei que ela é má, mas quero entender o porque ela está querendo destruir a familia que apoiou tanto ela. Eu fui idiota ao pensar que seria fácil derrota-la mais a realidade é que ela é minha irmã, e não vai ser nada fácil. Jack continuou calado como se tivesse pensando em uma resposta - Todos ficam falando o quanto eu sou forte, como se fosse tarefa minha dar um fim nessa guerra. E para dar um fim nessa guerra é preciso dar uma fim em Nathasa. - mordi o lábio com força. - A algumas semanas atrás eu encontrei com ela. - Jacob olhou para mim com os olhos arregalados, eu sabia que ele estava pronto para me dar uma bronca então continuei. - Vocês nunca me contaram como me encontraram, mais todos ao meu redor sabe, eu sei que eles sabem. Nathasa não perdeu a oportunidade de jogar na minha cara. - Suspirei - Aliás, nem ela, nem Renesmee nem ninguém... Todos ficam jogando na minha cara a minha historia de como vim para aqui, e só eu não sei. Porque voces nunca me contaram a verdade ? - meus olhos já estavam cheios de lágrimas. Jacob abriu a boca e a fechou umas 10 vezes. Ele me olhava e olhava para baixo como se pensasse em palavras certas para dizer para não me magoar.

- Queríamos te proteger - disse. se levantou e saiu, me deixando ali sem saber o que pensar.

~~x~~

- O que você quer ? - Nathasa menolhou com nojo. Era pra eu olhar assim para ela e não ao contrário. Ela tinha concordado se encontrar comigo e aqui estávamos nós, no mesmo lugar a onde a algumas semanas estavam. A onde estávamos antes dela atacar Joseph.

- O que você fez com Joseph ? E porque ele não melhora ? -  cruzei os braços. 

- Joseph ? - Arqueou uma sobrancelha - Ah, o garotinho lobo. - Sorriu - O sangue dele é delicioso

- COMO PODE ? 

- abaixa o tom para falar comigo menina. - Empinou o nariz. - Esqueceu quem eu sou ?

- Você mesma esqueceu quem você é. Você não é essa Nathasa que mata sem piedade, você não é essa Nathasa que quase mata uma criança.

- VOCE NAO ME CONHECE - Gritou me fazendo ficar assustada. - Talvez eu seja essa Nathasa. Talvez eu goste desse poder que Aro me dar. - Mordeu os lábios. 

- O que aconteceu com você ? 

- Ta com inveja ? - Deu risada

- Nojo seria a palavra ideal. - Dei de ombros.

- Chega. Não vou perder mais meu tempo - Revirou os olhos. - Tenho um exército para treinar. - Sorriu e saiu na velocidade vampiresca.

~~ x ~~ 

- O meu medo não era morrer. E sim Nathasa ou qualquer outro Volturi matar todos que eu amo. Ficar sofrendo, sozinha aqui. - Suspirei. - A morte nunca me assustou porque ia me assustar agora ?

- Não pense nisso. Pense positivo. Que não haverá guerra, que Nathasa vai voltar a ser a mesma - Vitor deu um meio sorriso. - Que você e sua familia será feliz...

- Ai Vitor - Joguei uma pedrinha o lago - Queria que pensar positivo. Juro que queria - Joguei outra pedra. - Mais é difícil pensar positivo em uma situação dessas..

- Sabe o que eu acho ? Que vocês andam se preocupando demais com Nathasa e deixando de lado o que realmente importa. - Olhei para ele. - Amélia, pare de agir como se Nathasa fosse o centro das atenções. Comece a se importar mais com sua familia. Aproveite cada minuto - Mordi o lábio. - Se for para gente morrer a gente vai morrer de qualquer jeito.

- Mais eu me importo com a família. - Ele me olhou sério. - Ei, eu me importo. Só sou um pouco orgulhosa demais para admitir isso para alguns deles.

- Comece a engolir seu orgulho. Ouça o que Renesmee tem para falar com você, aceite as desculpa do seu irmão e ajude seu pai. - Arquei uma sobrancelha. - Seu pai mais do que ninguém precisa de ajuda. Ele não come e não dorme a dias por causa de Renesmee. - Suspirei. Joguei outra pedra no lago. Eu sabia que Jacob estava assim por causa de Renesmee ate porque eles nem ae falava mais. 

- Eu sei que eles precisam de mim. - fiz uma pausa. - Só não sei por onde começar... - Ele colocou sua mao em cima da minha, sentir um arrepio percorrer minha espinha. Mordi os lábios e coloquei direito minha mao na dele, encaixando nossos dedos.

- Renesmee é um bom começo...


EAAAAAAI .... 

CONTINUA ?



Notas Finais


Desculpem os erros :(
Comentem por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...