História I can treat you better... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Blake Gray, Brandon Rowland, Cameron Dallas, Hunter Rowland, Taylor Caniff
Personagens Personagens Originais
Tags Boys, New Magcon
Visualizações 9
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
...
Espero que gostem >.<

Capítulo 6 - Hospital part.2


*POV. Aria*

Estava tendo um maravilhoso sonho com o Brandon, quando acordo assustada com um grito:

- ARIA!!!

Vejo duas criaturas pularem em cima de mim, abraçando, apalpando, enchendo de perguntas e gemo de dor quando sem querer apertam meu braço.

- Ai meu Deus! Me desculpa Ari, foi mal, foi péssimo! Ai meu Deus, ai meu pai...!- Vejo Anna descer ligeiro da cama, e andar pro lado e pro outro se desculpando, me fazendo rir.

- DO QUE VOCÊ TA RINDO DESGRAÇA?! SABE O QUÃO DESESPERADA EU FIQUEI QUANDO SOUBE QUE VOCÊ ESTAVA NUM HOSPITAL?! ARIAAAAAAAAA!- Alice berrou me batendo de leve, me fazendo rir mais ainda.

- Ai, ai, ai! Tá bom, desculpa!- Falei entre risadas, e tento me proteger com os braços. Olho pro canto da sala e vejo, simplesmente, BRANDON GOSTOSO ROWLAND OLHANDO PRA GENTE, RINDO!- Eita porra...

- Hey, como você está?- Perguntou dando aquele sorriso arrebatador que o Gilinsky tem, Jesus segura meu forninho que a Giovanna não tem condições de segurar, pois ela está DES-MAI-A-DA!

- Beeem melhor...- Dou conta do que havia falado e sinto minhas bochechas esquentarem tipo, pra caralho, o fazendo dar uma risadinha.

- Que bom...- Ele se levantou da poltrona e ficou ao meu lado, segurou minha mão e depositou um beijinho nela.- Fiquei preocupado...

- Xiiiii... Momento cute, vamo vazar!- Ouvi Anna murmurrar para Alice que concordou e elas saíram de fininho... Vacas! Mentira, amo vocês suas lindas!

Brandon deu uma risadinha olhando para porta que as meninas tinham acabado de sair, depois olhou para mim, fazendo um carinho na minha mão que ainda segurava.

-Sabe, no Meet&Great, quando vi isso...- Puxou delicadamente minha mão e segurou meu pulso, mostrando o hematoma.- Você disse que não era nada, mas eu sei que era mentira.

Ai, meu cu tranco. Engoli a seco e fiquei cabisbaixa, mas ele me chamou, fazendo eu olhar para ele.

- Aria.- Sua voz ficou mais séria, mas sua feição ainda era de preocupada.- E... O que seria isso?

Ele puxou o cobertor, revelando minhas pernas, mas principalmente um, consideravelmente grande hematoma na coxa. Também percebi que não estava com aquelas roupas de hospital horrorosas, e sim com um vestido branco delicado que eu tinha. Merda, minha mãe estava ali?

Continuei quieta, criando coragem para falar algo, enquanto ele me olhava atentamente, abaixei minha cabeça, sentindo meus olhos se encherem de lágrimas, e decido contar logo a verdade antes que eu começasse a chorar.

- Foi meu... namorado.- Comecei hesitante, ele me olhou meio estranho, então logo completei.- Ou ex-namorado.- Ri irônica, seu olhar se transformou triste, mas encorajador para que eu continuasse.- O show da Magcon, foi um presente de aniversário surpresa, e eu fiquei... Nossa! Muito feliz!- Comecei a lembrar de cada momento do meu dia, dos felizes aos mais tristes, o que fez uma lágrima cair, que Brandon a enxugou rapidamente.- Mas, meu namorado sempre foi muito ciumento, principalmente com vocês, Magcon. E quando eu ia contar a ele sobre o show, eu o vi conversando com uns garotos da pesada, recebendo um saquinho com um pó branco dentro, aí eu contei a ele e ele ficou possesso!- Brandon arregalou suas órbitas azuis e segurou minha mão mais forte, o que me deixou confiante.- Ele me bateu, mas as meninas cuidaram de mim e pedi para que não contassem aos meus pais, por mais idiota que seja, eu ainda gosto do Samuel...

Depois de eu despejar toda a verdade em cima dele, é como se um peso saísse da minhas costas, um alívio tão grande me atingiu que todas as lágrimas que havia guardado, saíram com força total. Ao ver que eu estava chorando, Brandon subiu na maca, se sentou ao meu lado e me abraçou. Chorei, chorei, chorei e chorei, minha garganta começar a doer de tanto soluçar. Brandon beijou o topo da minha cabeça e disse:

- Eu estou aqui pequena... Vou te protejer de todo o mal e cuidarei de você, eu prometo.

 


Notas Finais


Curto? Não sei, talvez, mas vai! Foi fofo né?! Me deem sugestões e dicas, que as aceitarei de braços abertos!
Beijoooooos!
-Xoxo, Lia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...