História I hate ü, I love ü - Capítulo 52


Escrita por: ~

Visualizações 59
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


•••••••••ATENÇÃO ••••••••••
Manas? Vou pedir um vafor a vocês, preciso de ideias novas para a fic!! E quero que tenha um pouco de cada uma de vocês na fic, pq sem vocês eu não sou nada!!! Ent, pfvvv ajudem a tia aqui e coloquem as ideias de vocês nos comentários ou me mandem por DM no Twitter ( @Ray_Coff ).
Lembrando que, se tiver um bom desempenho com as ideias, eu posto mais 3 hoje!!!!!
Bjo, amo vocês!!!!!!!!!!!!

Capítulo 52 - México


Fanfic / Fanfiction I hate ü, I love ü - Capítulo 52 - México

Helena POV/52/
  Já se fazem 2 semanas que eu estou aqui.
  Conseguimos acabar com militares em 3 dias. E agora eu estou indo pra minha casa em Araruama com a Lola e com a Joana. 
  Sou considerada a chefe da favela. 
  Isso é estranho..
Eu- Chegamos.- parei o carro na causada- Lola? - ela me olhou- Preciso da sua ajuda!
Lola- só falar.
Eu- preciso ir pro México!- disse saído do carro e indo pegar a Joana no banco de trás-
Lola- Mas acabamos de chegar!- saiu do carro e entramos em casa-
Eu- Quem tem que ir para o México sou eu. Eu, Aaron, Matt e Sammy. Temos algo pendente com uma das gangues de lá.
Lola- Facções mexicanas ? Estão ficando loucos ?- sentamos no sofá- 
Eu- Roubamos uma carga deles semana passada, e eles se vingaram ontem. Vamos voltar no México e pegar nossa carga de volta.- ela revirou os olhos e eu ri- 
Lola- ela não consegue dormir sem você! Sabe disso. 
Eu- você da seu jeito, Lola. Você sempre da.- falei e levantei pegando meu celular e avisando pro Aaron que o encontraria no México- 
Lola- posso mandar a Sophia vir pra cá?- assenti- ok então.
•••
Ja no México:
Aaron- Você nem precisa pegar a mercadoria. Só entra lá e pega a maleta dele!- assenti-
Eu- Agora metem o pé daqui, preciso terminar de me arrumar!- eles assentiram e saíram-
    Entrei no banheiro arrancando a roupa e indo para o box.
    Terminado meu banho, me enrolei na toalha e fui arrumar meu cabelo. 
     Passei o secador por ele o deixando liso mesmo.
     Peguei minha roupa e a vesti, colocando em seguida meu salto.
    Peguei minha bolsa, colocando uma faca e meu celular lá.
    Sai do quarto indo para o hall do hotel, encontrando os meninos lá.
Matt- tá linda- sorri simpática e foquei no Aaron-
Sammy- tá com sua arma?
Eu- não, mas tô com uma faca. Como vai ser?
Aaron- todos vamos entrar pela porta da frente, nos espalharemos assim que a cruzarmos. Você vai direto no Culle'n. Nos te daremos cobertura. Ok?-assenti- 
    Cada um entrou no seu carro e seguimos para a festa.

Cameron POV 
  Ficamos sabendo que os Carpenter vieram para cá, e estão armando para pegar a propina de volta, mas não vamos deixar.
  Max armou para eles. Quando eles pegarem a maleta, eu vou e atiro neles os matando. 
  Assim eu ganho a liderança de duas máfias aqui, no México.
Gabriela- Bom dia, amor!- se virou para mim- dormiu bem?
Eu- Dormi sim, e você ?
Gabriela- Depois daquela foda, quem não dorme bem?- ela riu- 
Eu- vamos nos arrumar? Já estamos atrasados!-ela assentiu e foi para o banheiro-
•••
Helena POV
  Chegamos e nos separamos, como o combinado. 
   Avistei o Culle’n sentado em um sofá sendo rodeado por mulheres. 
   Acho que ele não se lembra de mim,pois eles me olhos e sorriu com malícia. E eu pisquei, mas não parei de andar.
    Peguei uma taça de champanhe com o garçom que havia passado e me sentei em uma mesa, esperando ele vir a mim. 
•••
  Não demorou muito e eu estou no quarto com ele. 
Cull- Você é incrível- disse ele beijando meu pescoço- 
Eu- Hey, amor. Vamos com calma- disse me afastando- vou pegar algo pra voce beber.-fui em direção ao bar-
Cull- Aproveita e tira esse vestido.
    Como que eu suporto isso?
    Peguei uma taça, enchi de vinho e coloquei boa noite Cinderela nela e voltei para onde ele estava.
    Vamos fazer o bebê dormir.
Eu- Aqui meu amor, bebe- entreguei o copo a ele- Tudinho- ele bebeu- 
   Me levantei e peguei a maleta dele que estava jogada em cima da mesa.
Cull- Espere, o que você está fazendo?- perguntou ele tentando levantar e caindo novamente no chão- 
Eu- Robando sua propina.- pisquei e sai do quarto- 
     Desci as escadas da saída de incêndio.
    Aaron se aproximou de mim, ainda disfarçando.
Aaron- Cameron está aí, e esta na nossa cola. Não olha agora, só o despiste!- assenti saindo da festa- 
    Virei em um beco escuro, ainda estou escutando passos.
     Virei na rua principal, onde havia muitas pessoas, mas sinto ele perto.
      Minha paciência já está esgotada! 
     Olhei para trás e ele estava ali, parado com aqueles olhos me encarando. Seu cabelo esta diferente, ele esta mais forte, mais homem, muito mais atraente. 
       E, acima de tudo. Querendo me matar. 
       Olhei para frente novamente, virando em uma rua, meu carro está aqui.
       Entrei nele e sai cantando pneu, o deixando para trás.
    ◦    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...