História I hear the rain - Imagine JungKook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Cute, Jungkook, Romance, Shoujo
Visualizações 34
Palavras 1.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Lemon, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vcs já repararam que em toda continuação que eu faço tem uma história nova? E nunca é a que eu falo? Kssksksksk eu tenho problemas ;-; desculpa a demora para postar é pq acabou a eletricidade daqui da cidade :') aiai

Capítulo 1 - Mr. Rabbit and ur kingdom


Fanfic / Fanfiction I hear the rain - Imagine JungKook - Capítulo 1 - Mr. Rabbit and ur kingdom

Mr. rabbit and your kingdom

Mr. Rabbit have a gift for u.
His gold? No! No! No!.
His ears? No! No! No!.
His teeths? No! No! No!.
His hands? No! No! No!.
What is then?  Then! Then! Then!.
I don't know! Ah! Ah! Ah!.

Eu andava lentamente de um lado para o outro, dava algumas olhadas no meu celular para ver as horas, ele estava atrasado como sempre. Eu estava a frente de um parque, não um daqueles com brinquedos, um daqueles de se sentar e olhar as árvores. 'Ele' que eu tanto me refiro se chama 'ChaeHyung' meu namorado quem tanto demora em todos os nosso encontros, sinto uma de minhas mãos vibrar, olho o celular que havia na mesma, uma mensagem de ChaeHyung.

*message*

AAAAAMMMMMOOOOORRRR REALMENTE DESCULPA ;;;;; eu estava a caminho mas o chefe me ligou e disse que eu teria um trabalho de ultima hora ;-; mil desculpas my babe.

*awake*

Fecho os olhos e suspiro pesado, eu demorei tanto para chegar aqui.
Sinto algo frio e molhado pingar na ponta do meu nariz, abro os olhos que estavam direcionados para o céu escuro, resmungo para mim mesma o quanto era ridículo e desnecessário chover exatamente agora. Saio correndo para dentro do parque procurando algum refúgio, outras pessoas passavam por mim e corriam para os seus carros.
Logo sinto a chuva tocar meu corpo fazendo eu me arrepiar corro para de baixo de uma árvore imensamente grande. Limpo as gotas em meus braços e tremo pelo frio. Ando novamente de um lado para o outro com a intenção de esquentar minhas pernas. Vejo um monte de folhas no chão, piso no centro dele e escorrego, grito pelo susto e sinto um grande impacto contra minha cabeça, minha visão fica turva e eu fecho meus olhos.

Acordo agora com algo quente tocando a ponta do meu nariz, me mexo e abro meus olhos, um pequeno coelhinho estava encima de mim cheirando meu nariz, o pego no colo e me sento, sinto minha cabeça doer com intesidade, deixo o coelhinho do meu lado e fecho os olhos por sentir dor tão terrível, depois de um tempo abro meus olhos soltando um gemido arrastado e me espreguiçando, olho na direção do pequeno coelhinho e me assusto ao me deparar com um garoto que parecia ter mais ou menos minha idade. Grito de susto e as duas grandes orelhas que estavam em sua cabeça se abaixam para trás, meus olhos se arregalam. Ele se aproxima do meu rosto apoiando suas mãos no chão e começa a me cheirar. O empurro.

(S/N): Quem é você e oque está fazendo aqui?. - Ele se afasta voltando a posição inicial. -

Xxx: Você tem cheiro de baunilha. - Ele sorri inoscentemente pouco corado. Nego com a cabeça. -

(S/N): Me responda. - Ordeno fazendo seu sorriso desmanchar. -

Xxx: Você realmente não sabe?. - Nego com a cabeça e ele suspira. - Eu sou o... - Ele olha para a árvore e sorri sapeca. - JungKook. - O olho apertando meus olhos e ele faz o mesmo com um sorriso no rosto, suspiro. - E você?.

(S/N): (S/N)... - Respondo baixo, oque faz aquelas supostas orelhas se erguerem e ficarem atentas. Suas bochechas se avermelham. - Oque você esta fazendo aqui?. - Observo seus atos atentamente, que se resumiam em tocar a grama com seus dedos e balançar algumas partes de seu corpo, ele pega uma flor que estava por perto a cheira e a coloca na boca. O olho estranho e penso 'espera...' olho para todos os lados. 'QUE LUGAR É ESSE???'. -

JungKook: Eu estava andando por ai e vi você loli. - Ele diz me entregando a flor. - Loli você... - O corto. -

(S/N): QUE LUGAR É ESSE? - Digo alto o suficiente para suas orelhas se abaixarem e ele fechar os olhos. -

JungKook: Loli você machuca minhas orelhas. - Ele coça seus olhos poucos lacrimejantes. Ele inclina a cabeça na minha direção pegando uma de minhas mãos e colocando em sua cabeça com a intenção de que eu faça carinho nele. - Seoulin loli, você está em Seoulin. - Ele fala fazendo meus dedos tocarem suas orelhas, me arrepio ao sentir seus pelinhos macios. -

(S/N): O que é Seoulin JungKook?.  - Digo com uma imensa vontade de sair gritando e chorando, soluço e massageio uma de suas orelhas tirando dele um suspiro em aprovação junto com um sorriso enorme. -

JungKook: Me chama de Kook loli. - ele treme um pouco as orelhas. - É isso oque eu preciso te perguntar loli. Você é híbrida?. - Ele me olha agora sem o sorriso, mas sim bem mais sério que o normal. -

(S/N): Híbrida? Huuum não JungKook. - Ele sorri novamente com os olhos brilhantes e felizes. Continuo massageando sua orelha. - Você é meio humano meio coelho?. - Ele assente e me sinto idiota por fazer tal pergunta tão obvia. - Mas... Como eu vou voltar para casa, eu nunca ouvi falar de Seoulin. - Ele me olha estranho. -

JungKook: Como assim loli? - Ele fica me encarando. - Se você não conhece Seoulin então como está aqui?. - Ele ri da minha cara. Solto sua orelha e ele fica triste. -

(S/N): Eu vim de Seoul. Eu apenas me lembro de pisar em um monte de folhas e escorregar dentro de um buraco, logo após bati minha cabeça e acordei agora. - Ele me olha com os olhos apertados. -

JungKook: Você esta mentindo para mim loli. - Nego com a cabeça freneticamente. - Eu nunca ouvi falar de Seoul. - Diz simplista. -

(S/N): Como assim? A capital da Coreia do Sul. - Ele me olha curioso. -

JungKook: Oque é Coreia do Sul, loli?.

(S/N): ... - O olho espantada e sinto meus olhos lacrimejarem novamente, vejo ele recear um pouco mais logo acaricia minha bochecha com o polegar. -

Que lugar é esse? Onde eu vim parar? E como? Tenho tantas perguntas mas a pesoa a minha frente não pode responde-las porque nem ela sabe o verdadeiro motivo de tudo isso, saio de meus desvaneios quando sinto algo gelido tocar meu nariz.

(S/N): Chuva novamente. - Sinto os olhares de JungKook em mim mas ignoro completamente, logo sinto uma força em minha mão me puxando fazendo com que eu me levante. -

JungKook: Vamos para casa eu não posso me molhar. - Diz após ter toda a minha atenção para sí. Ele se inclina coma intenção de que eu suba em suas costas. - Eu posso ficar doente loli.

(S/N): Tudo bem vamos correndo. - Ele volta a sua posição normal e fica me olhando sério. -

JungKook: Você é humana loli, humanos são lentos. - Ele suspira sem desviar o olhar sério de mim. - Assim vamos nos molhar loli, você quer que nos molhemos? . - Solto um riso debochado e ele continua serio me olhando. - Do que está rindo?.

(S/N): É que você perguntou se eu queria que nos molhassemos... - Rio. - Ai eu sou tão suja. - Rio novamente. -

JungKook: Suja? Eu não te entendo loli. Oque é tão engraçado? Nós vamos ficar doentes loli. - Ele realmente é tão inocente a esse ponto?. Me sinto pouco envergonhada. -

(S/N): Por que me chama de loli JungKook?. - A chuva começa a cair pouco fina fazendo que os olhos do pequeno híbrido se desviem em direção ao céu, ele me pega no colo e sai correndo comigo em seus braços. Grito, suas orelhas se dobram novamente e ele balança a cabeça. -

JungKook: Loli! Para!. - Ele diz com a voz de choro. - Não grita no ouvido Kook. - Ele diz com um beicinho nos labios. -

(S/N): Por que me chama de loli?. - Digo calma e me seguro nele com força por medo de cair já que agora ele pulava. -

JungKook: Porque seu nome é estranho loli. - Ele ri. - Chegamos. 

Ele me põe no chão e eu me assuto ao pensar o quão rápido esse híbrido foi.

Desvio meu olhar para sua casa...

(S/N): Como isso Jungkook...

JungKook: Kook.

Xxx: ABRAM OS PORTÕES O PRÍNCIPE JEON JUNGKOOK ESTÁ AQUI...

Suas orelhas se abaixam novamente e ele treme. Ele abaixa a cabeça e eu acaricio sua cabeça arrancando um sorriso de seus lábios. Derrepente guardas se aproximam e apontam suas armas para mim, tiro e ergo minhas mãos, JungKook meche as orelhas em reprovação, logo ele se da conta do acontecido e entra na frente dizendo.

JungKook: ...










Continua se quiserem ^^


Notas Finais


Espero que tenham gostado :') vou por o link de outras fics minhas aqui. Commentem para continuações futuras ^^
Jãosuko:
https://spiritfanfics.com/historia/my-ghost--imagine-jongsuk-10541779
Chimin:
https://spiritfanfics.com/historia/if-one-die--imagine-jimin-9251713


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...