História I was Made For Loving You - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kiss
Visualizações 16
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Wow!! Mais um capitulo pra vocês, espero que gostem. So peço desculpa pelos espaços entre as conversas, eu escrevi tudo com espaço pra não ficar muito junto e confundir a leitura mas depois que postei o cap. Eles simplesmente sumiram e ficou tudo muito junto. Nao irá se repetir

Capítulo 3 - Tossin' and Turnin'


Fanfic / Fanfiction I was Made For Loving You - Capítulo 3 - Tossin' and Turnin'

Misty se da conta de que ja era tarde então tenta se despedir e ir pra casa mas Paul não quer deixar ela ir.
-eu preciso ir, já está tarde
-mas você vai voltar sozinha a essa hora? Não é perigoso? Ja passa da meia noite -ele falava preocupado
-não se preocupe eu posso ir de taxi
-você podia ficar aqui esta noite eu não lhe farei mal algum!
Ace estava do lado e começou a rir novamente.
-ela esta com medo da gente -ele falava enquanto ria daquele modo único
-não tenho medo de vocês, bom acho que do Ace sim mas isso e outro assunto! 
-você vai ao show amanhã? - Paul perguntou como um garotinho esperançoso
-mas é claro que vou, eu não perderia esse show por nada
-e nem eu -disse Ace
-ouça querida nós vamos ficar na cidade por mais dois dias e depois viajamos pra outra cidade eu quero te ver de novo amanhã pra conversarmos com calma eu acho que podemos te ajudar a realizar seu objetivo -comentou Paul
Logo em seguida ele enfiou a mão no bolso e pegou um cartão de passe vip entregando pra ela
-tome você poderá ir aos bastidores sem ser barrada e entrar nos camarins para falar com a gente faça isso antes do show  ok?
-está bem - ela disse ao pegar o cartão
-ainda fico preocupado que você saia na rua sozinha essa hora
-Paul tem razão -concordou Ace
-eu ja disse, nao vou passar a noite aqui e além disso eu moro bem pertinho daqui pego um taxi e em dois minutos estou em casa!
Ela se aproximou abraçando Ace e em seguida Paul e logo saiu do hotel indo embora
Ao ver que ela realmente tinha ido embora Paul e Ace entraram no elevador
-mas aquela garota é mesmo estranha não acha Paul?
-porque estranha?
-ela se mandou, enquanto que qualquer outra não teria pensado duas vezes pra ficar aqui com um de nós!
-tem razão ela é diferente mas... Um diferente bom
O elevador se abre e ambos se dirigem a seus quartos, enquanto isso Misty pega um taxi entra diz o endereço ao taxista e  fica distraída olhando o cartão que recebeu de Paul e relembrando o que ele havia dito, dois minutos depois o taxista a chama fazendo ela voltar a realidade
-moça chegamos!
Ela paga e sai do carro entra no prédio pega o elevador e enfim para na porta de seu apê, ao entrar em casa parecia que tinha acabado de acordar de um sonho.
POV: MISTY
Eu sei que o que fiz parece ser loucura qualquer outra mulher em meu lugar teria ido pro quarto do Paul Stanley sem nem pensar duas vezes mas mesmo querendo muito ter feito isso eu precisava negar, eu sei que isso seria uma aventura de uma única noite e é impossível não sentir algo por aquele homem eu sofreria muito depois que ele partisse. Sentei no sofa e liguei a tv mas não prestei atenção no que passava eu estava aérea demais pensando nos acontecimentos dessa noite, tirei minhas botas e deitei no sofa eu nao ia conseguir dormir minha cabeça estava a mil aquela madrugada ia ser longa!
POV: PAUL
Entrei no quarto e sentei na cama tirei meus sapatos e a camisa eu estava cansado e me deitei mas nao conseguia pegar no sono eu nao conseguia parar de pensar naquela garota, porque? Ela mexeu tanto assim comigo? Nós não tivemos nenhum contato físico, normalmente eu não me importaria com uma garota desconhecida que eu encontrei durante nossas viagens mas ela despertou algo em mim, eu estava preocupado com ela pensando se havia chegado em casa bem, se realmente a veria no show eu não queria perde-la de vista eu simplesmente não posso perder ela de vista, eu quero conhece-la melhor quero me aproximar mais dela, ah Misty seu nome a descreve bem, misteriosa mas eu estou disposto a desvendar seus misterios! eu notei que ja eram 2:00 da manhã eu rolava de um lado para o outro sem conseguir pegar no sono não acredito que uma garota conseguiu isso de mim.
POV: ACE
Tudo que eu queria era me divertir e aproveitar a festa eu não imaginei que ia esbarrar naquela garota mas parece que não foi tão ruim assim, ela é  muito linda o Paul parece estar interessado nela também mas isso não me preocupa afinal ela acabou indo embora de qualquer maneira, eu bebi pra caramba essa noite, tratei de aproveitar mesmo, to vendo tudo rodando a única coisa que fiz foi tirar os sapatos e cair na cama comecei a lembrar do beijo que dei nela, como ela se chamava mesmo? Ah sim (risos) Misty! eu logo adormeci pensando nela.
( FINAL POV )
eram 7:00 da manhã Misty dormia no sofá quando o som do telefone tocando a acordou ela atendeu ainda sonolenta e mal humorada
-o que quer? -disse sem nem saber quem era na linha
-você devia ser demitida! -uma voz masculina e irritada falou
-bom dia pra você também -ela respondeu sarcástica
-isso são modos de atender seu chefe?
-ah, é você Frank? Será que não dava pra deixar a bronca pra depois das dez não?
-Misty, minha querida se você não fosse minha melhor instrumentista eu te colocava na rua, será que pode explicar oque aconteceu ontem? E antes que diga que abandonou o palco por se sentir doente eu também quero que explique o que a senhorita fazia no meio da festa entre os convidados
-ah Frank, eu sai por que vi que o John ja estava melhor e queria voltar a tocar então devolvi o posto pra ele só isso -ela falou com a maior naturalidade e voz de tédio
-e quanto a festa eu so fui convidada a ficar lá, eles gostaram de mim quando toquei, o que  eu posso fazer se as pessoas me adoram? Eu não podia recusar o convite de pessoas tão importantes isso seria deselegante -ela falou com um ar mais superior
-você so se safou de ir pra rua justamente por ter sido convidada a ficar na festa se estivesse lá de penetra nem o fato de ser uma ótima profissional te salvaria! Mas está suspensa por uma semana e vou descontar esses dias de seu pagamento tenha um ótimo dia mocinha
-eu também te amo Frank seu chato -ela respondeu sarcástica em seguida desligou
 do outro lado da linha no hotel Frank desliga o telefone depois da resposta da garota e logo ri falando consigo mesmo
-essa garota não tem jeito, é mesmo uma peça rara!
Misty levantou e trocou de roupa já que havia acordado ainda com as roupas da noite anterior, saiu para tomar café em uma lanchonete próxima, pois normalmente tinha preguiça de cozinhar e preferia sair e comer fora, pasada quase uma hora  voltou pra casa   sentou no sofa pensativa relembrando a noite anterior, enquanto isso no hotel Gene, Peter e Ace já estavam tomando café da manhã no restaurante do hotel enquanto Paul ainda não tinha aparecido
-Paul ainda não acordou? -comentou Peter
-parece que ele se deu bem durante a madrugada -falou Gene com uma cara de safado
-se deu bem coisa nenhuma-respondeu Ace
Gene e Peter olharam pra Ace com expressão de dúvida então ele continuou de modo debochado e rindo
-ela foi embora! Nao quis ficar com ele -Ace ria ainda mais
-Como é? Gene e Peter se olharam incrédulos falando a mesma frase ao mesmo tempo
O que eles não sabiam é que Paul já havia acordado e estado na recepção mais cedo antes deles descerem
Enquanto eles conversavam e comiam aguardando por ele Paul estava em seu quarto sentado na cama com um papel na mão e discando um numero no telefone, ele espera a ligação completar, nesse momento no apê de Misty o telefone toca novamente, ela sai da cozinha com um copo de suco de laranja na mão e vai atender resmungando
-mas que droga que povo chato!
Misty pensava ser o Frank novamente ou um dos músicos da banda que também ligavam vez ou outra pra ela pra se reunirem nas horas vagas
Ela atende e já vai falando um pouco alto
-não enche!! -desligando logo em seguida sem nem esperar pra saber quem era
Do outro lado da linha Paul segurando o telefone completamente paralisado e com cara de bobo sem entender nada
-nossa! Dizia sozinho
Alguns minutos depois Paul chega pra tomar café junto com os outros
-finalmente apareceu -comentou Gene
-eu estava resolvendo uma coisa primeiro -respondeu sentando à mesa
-e como foi a noite com a guitarrista? -Gene perguntou fingindo não saber de nada
-ah foi ótimo -respondeu
Ace começou a gargalhar , Paul rapidamente joga um pãozinho nele
-bem, ela trabalha aqui então com certeza veremos ela de novo -comentou Peter
-verdade! -Gene falou e foi levantando
  apesar deles terem o dia todo pra descansar antes da hora do show, precisavam ir ao local do palco para conferir e testar tudo, Gene fazia questão de ter certeza que não ia dar problemas na hora do show, sempre preocupado com a banda. os quatro deveriam ir fazer isso juntos mas Paul afirma ter uns assuntos pra resolver antes
-eu preciso cuidar de um assunto primeiro e encontro vocês lá  depois
-ok -respondeu Gene arqueando uma sobrancelha
Ele nao era bobo, sabia muito bem oque Paul ia fazer


Notas Finais


É isso gente parece que a Misty conquistou a atenção do kiss, mais precisamente do Paul e do Ace kkkkkk Espero que tenham gostado desse cap. O que será que vai acontecer? Em breve a continuação! Kissessss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...