História If Tomorrow Was Today - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Asuma Sarutobi, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hidan, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Konan, Kurama (Kyuubi), Maito Gai, Menma Uzumaki, Mirai Sarutobi, Mitsuki, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pein, Personagens Originais, Rikudou Sennin, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsume Inuzuka, Yahiko, Yamato, Zetsu
Tags Comedia, Drama, Filhos, Gaalee, Itadei, Kakairu, Kakuhida, Karinxsuigetsu, Kibaxneji, Konanxjuugo, Lemon, Luta, Mpreg, Narusasu, Naruto, New Generation, Orochikabuto, Saiino, Sakuhina, Sasoxkankuro, Sasunaru, Shikatema, Viagem No Tempo, Yahinaga, Yaoi
Visualizações 97
Palavras 2.249
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nao tem muito papo pq estou postando antes de ir pra aula kskssk
boa leitura ❤❤❤❤❤❤

Capítulo 23 - Xx


_Itachi e Deidara, 06:40_

Naruto(37) andava de um lado para o outro na sala de casa, ansioso. Depois de saber o que aconteceu ao bebe na noite passada, quase não pregou os olhos de preocupação. Porém sabia que Sasuke(37) estava, agora, buscando Menma no hospital para finalmente ele poder voltar a ficar em casa e poder ser mimado pelos pais, tios e amigos dos mesmos. Itachi olhava o cunhado sem entender muito bem... Sabia que ele e o irmão saíram durante a noite e so voltaram de manhã, os dois ostentavam olheiras enormes nos olhos e pareciam super preocupados, mas não fazia a menor ideia do que tinha acontecido.

-Será que você pode se sentar e ficar calmo, Naruto? -Disse Deidara(39), bufando. 

-Como eu poderia? Tanta coisa está acontecendo... Nem mesmo sei se é uma boa ideia trazer o bebê ara casa.

-O que aconteceu com você para duvidar assim? Você e Sasuke são os atuais shinobi mais fortes do mundo ninja, é óbvio que podem proteger o pequeno. E não pense que eu e o Ita vamos deixar que ocorra com ele. Assim como vocês protegeriam as meninas caso fosse necessário, nós fariamos isso por qualquer um dos 3. -Ele responderia, mas o barulho da porta fez tudo sumir de sua mente.

-Estou em casa. -Disse Sasuke(37).

-Bem vindo de volta. -O loiro foi até onde o outro havia entrado. - Como foi la? Ele está bem? Nao foram atacados, foram? A sakura descobriu algo?-Ele mal respirava, apenas jogava as perguntas sobre o moreno.

-Dobe... Calma!  Não fomos atacados. Esta tudo bem, ele esta bem. Viu? -Sorriu, mostrando o rosto da bolinha em seu colo, os grandes olhos azul escuro mirados no pai. Pareciam que as preocupações sumiram instantaneamente do rosto do hokage, sua expressão ficou serena e um sorriso pequeno surgiu em seus lábios. -Pega.

-E  a saúde dele? -Ele pegou Menma do colo do uchiha e segurou próximo ao seu peito.

-Já está bem... Ele é forte.  -Sorriu Sasuke, cumprimentando os outros dois. -Não está um pouco cedo para os dois estarem de pé?

-Depois de ouvir vocês chegarem a algumas horas não conseguimos dormir novamente. -Deidara foi até o cunhado e brincou com o bebê em seu colo. -Ele tá tão grande, nem parece aquela coisinha pequena que era quando nasceu.

-Sim...

-Fico feliz que meu sobrinho está de volta em casa, mas no momento quero saber o por quê de vocês estarem tão cansados e preocupados. Não é comum saírem durante a noite.

-Vou explicar tudo. Naruto, por que nao leva o bebe para cima? 

_15:20_

Deidara(19) olhava para o nada, sentado na grama atrás da casa,sentindo o vento bater contra seu rosto, levando algumas folhas. O sol ja não estava tão alto quanto mais cedo e, em conjunto com a brisa deixava um clima ameno, nao muito quente. Estava totalmente distraído, perdido no pensamento do que os mais velhos disseram que aconteceu ontem a noite, na certeza que  eles enfrentariam algo grande e na possibilidade, mesmo que pequena, de ter que assistir a sua morte ou a de alguém, como suas "filhas". Suspirou. Achava que a paz reinava no "novo mundo shinobi" e que as grandes batalhas não mais existiam, mas estava totalmente enganado... Em meio a seus devaneios, o loiro chegou a se preocupar levemente, nao por muito tempo, com Hidan por causa do ataque e pelo garoto, seu filho, que não lembrava o nome. Afinal, mesmo com tanta discussão e provocação, ainda tinham algum tipo de amizade. 

-O que você faz aqui? -Mesmo não vendo, sabia que Itachi estava atrás de si, e, incrivelmente, conseguia distinguir qual dos dois.

-Te incomodo? -O moreno(21) sentou-se ao seu lado e o encarou, com a sombra de um sorriso dançando no rosto.

-...Tanto faz. -Bufou, escondendo o fato de a presença do outro não lha incomodar realmente, mas lhe deixava nervoso. -O que quer?

-Nada. -Silêncio. Na verdade o Uchiha ja estava cansado de ter que aguentar aquele loiro irritante, sempre gritando e reclamando de tudo que ele fazia.  Não que este fosse um santo, mas não queria brigar com o mesmo. A única coisa que queria era ficar bem com ele, ou, no mínimo, não ter vontade de mata-lo o tempo todo. -Acho que teremos que lutar... de novo. -Se apoiou nos joelhos.

-É... -O loiro pensou em discutir, mas sabia que era verdade. -Não entendo, por que eles não querem abrir essa tal dimensão novamente e acabam com seja la o que for?

-Não é esse o caso. Eles querem abrir, mas não é tão fácil... Sasuke quem abre a dimensão com rinnegan e acho que ainda não pode confiar no próprio chakra por causa da gravidez recente.

-E o tob... Obito? Pelo que disseram ele pode abrir dimensões também... -O tom de voz do loiro era infantil e insistente, como se os achasse idiotas por "não ter pensado nisso". PPorém, na realidade ele estava muito nervoso com a proximidade entre os dois.

-Ele não pode, Deidara. Obito, assim como eu e quase todo o clã, despertou o mangekyo com emoções ruins e isso faz ele definhar aos poucos. Logo ele ficaria cego...

-Tipo como você estava ne? -O maior bufou. -Haha, Já me disse isso... - O menor cruzou os braços. 

-Então por que ainda pergunta? Você realmente não entende nada a ponto de ter de repetir mil vezes. -Itachi rolou os olhos, já irritado. Não entendia como perdia a paciência tão fácil como outro, já que a mesma era bem difícil de se perder.

-Tá me chamando de burro? -Deidara alterou o tom de voz e se levanto, repetindo os movimentos alheios.

-Se a carapuça serviu não posso fazer nada. -Imaginando que tal conversa acabaria em uma briga, o Uchiha deixou o loiro no local e seguiu até o quarto no segundo andar, passando em silêncio e rapidamente pelas crianças na sala. As mesmas apenas perceberam sua presença quando ouviram os passos subindo a escada,, e decidiram que era melhor não subir assim que viram a cara de deidara indo atrás do outro. Ao chegar ao cômodo permaneceu em pé próximo à cama, esperando pelo loiro  irritado que vinha atrás de si.

-Uchiha!- Deidara gritou, batendo a porta do quarto.

-Não grite, eu não sou surdo. -Rolou os olhos.

-Quem você pensa que é pra dizer essas bobagens e depois sair andando seu... -O menor ainda gritava, seu rosto chegando a fiar vermelho. 

-Deidara, para de gritar! -Se encararam, ambos irritados.

-Então me responde, porra... O que raios eu te fiz pra você me irritar tanto?

-Não sei, talvez ser infantil...? -Os dois falavam no mesmo tom de voz, quase gritando mas tentando se controlar. -Você quem procura por confusão aqui.

-Isso não é verdade, você quem  me provocou. -O mais novo fazia gestos exagerados e começava a andar pelo quarto para conter a irritação. Do nada, começou a resmungar coisas sem sentido e bufar, até que parou novamente de frente ao outro. -Você não pode sair culpando os outros pelo que VOCÊ disse! -Deu enfase, desnecessariamente, ao se referir a Itachi, apontando o indicador no rosto alheio.  

-Você quem entendeu assim, não é problema meu... E não aponta esse dedo pra minha cara que você não é a minha mãe. Arg! So esquece isso e me deixa em paz.

-Oh... Não sou mesmo, se fosse estaria morto agora né? -Nem mesmo levou um segundo ate um estalo ser ouvido e os olhos azuis se arregalaram. 

-Você realmente não sabe quando parar de falar. -O loiro, ainda atordoado,colocou a mão sobre a marca em sua bochecha. 

-Tsc... - Silêncio... O que ele podia dizer? Realmente não sabia quando se calar, as vezes falava de mais e não pensava mito quando estava irritado. Os dois estavam errados e sabiam disso, mas e ai? o que fazer depois disso?

Não estava tarde, o sol ainda estava alto no céu e a mesma brisa de mais cedo entrava ela janela do quarto, bagunçando as cortinas. Os dois permaneciam em pé, em silêncio... Se olhavam de canto, talvez esperando alguma reação, mas nada vinha. São dois homens teimosos, não vão dar o braço a torcer com tanta facilidade.

   "Eu não queria fazer isso, mas ele... arrg."  -Itachi sabia que o mal humor era tudo culpa da falta de sono e não tinha tanto a ver com as provocações do loiro, então teria que se desculpar. Fez careta ao constatar isso. O loiro se assustou ao sentir a mão alheia em sua bochecha. 

-Q-que foi? -Começava a corar, mas tentava se fazer de bravo.

Eu... ughn... eu não queria bater em voce. So é um assunto que eu não gostaria de tocar... Os olhos negros encontraram os azuis e ambos ficaram vermelhos. Sei que também fui um pouco infantil com você, mas não foi so culpa minha, entenda.

tsc... -O uchiha riu com a imagem do colega fazendo bico com os braços cruzados e ombros encolhidos. Parecia um criança birrenta. E-eu sei que eu não sou a melhor pessoa para se... conviver. Sua expressão relaxou. M-me desculpe... também. Os olhos desviaram para o chão. Eu não devia ter dito isso, eu sei, so que você me irrita. Argh. Quando esta... Parado em algum lugar, lendo um livro chato, falando com seu irmão irritante,  sorrindo... Tudo me irrita, ou sei la.

-Haha, isso significa que presta bastante atenção em mim? -Deidara voltou rapidamente o rosto para itachi e corou até as orelhas. -Oh kami, isso é um sim, não é? -Este começou a rir.

-N-não é isso. -O loiro se exaltou, morrendo de vergonha. -Para de rir, não tem graça... -Tentou atacar o mais velho, mas este o segurou pelos braços. 

-Okay, okay... -Parando de rir aos poucos, Itachi pôde ficar cara  a cara com sua pior inimiga a anos... A vontade imensurável de beijar o loiro. Engoliu seco. O menor o olhava esperando por uma ação. -Deidara... -Os rostos começaram a ficar mais próximos.

-Uhn? -Olhando nos olhos claros, o Uchiha colou a ponta de seu nariz à do dono dos tais olhos. -O que voc... Ughnn 

O beijo que eles ja ansiavam a tempos tinham, finalmente, acontecido. Itachi fechou os olhos com força, pensando em mil maneiras de se matar depois de ter feito aquilo mesmo, e Deidara não sabia como reagir a aquilo. Pensava em mil maneiras para matar o maldito dono dos lábios colados aos seus... Mas... Depois. Agora queria apenas sentir o quão doce e gentil era aquele toque nada malicioso e sem nenhum pingo de inexperiência. Devia pergunta-lo depois sobre a suas outras experiências...

-Mmm... -Sem muita resistência, eles se entregaram ao ósculo completamente. Olhos fechados, lábios colados e corações acelerados... O loiro não tinha muita experiência, nenhuma, diga-se de passagem, mas estava reagindo muito bem aos toques da lingua alheia contra a sua. -Itachi... -Chamou, a voz sumindo levemente por entre  as bocas.

-Uhn? -Nao houve resposta... Afinal, nenhum dos dois queria parar. Sem nem mesmo perceber, se sentaram na cama, Itachi por baixo e Deidara sentado, de frente, em seu colo. -Deidara, Dei.. -Chamou. -Calma... Esta indo rápido.

-Cala.a.boca. -Disse pausadamente e voltou a beija-lo. Claro que o mesmo nao se importou nem um pouco pois ficariam apenas naquilo.... Mesmo que não parecesse, ja que o loiro teve a grande ideia de colocar seu peso sobre o corpo do uchiha para ele se deitar. Deu certo... Mais que certo.  -Ughn... Devagar. 

-Por que? Não foi você que me beijou primeiro?

-Isso não quer dizer que precise...

-Ta, ta. Agora fica quieto e continua, antes que eu tenha que beijar você. -Os dois se olharam e riram.-Okay, pareceu uma ameaça.

-Godtei da ameaça. -Coraram.

-Aham... -Os dois se separaram tão rápido que mal perceberam o ato ao ouvir a voz de Sasuke(17) na porta. O moreno estava segurando um sorriso, encostado no batente da porta e com os braços cruzados.

-S-Sasuke, bata na porta. -Disse seu irmão, totalmente vermelho.

-Sua filha pediu para vir ver se voces estavam bem... -Se virou para sair.  -Digo a elas para não incomodarem. -Fechou a porta.

-Oh meu deus... -O loiro se deitou na cama e riu. -Que susto.

-Eu que o diga. 

-Por que ta tão vermelho? -Os olhos negros miraram o teto. -Não queria que ele soubesse disso?

-Não é isso,eu so não queria que soubesse DESSE jeito. Ele me disse o que houve entre ele e o Naruto e me fez prometer que diria se algo acontecesse... Tipo uma garantia sabe?

-Bom... -Deidara voltou a se aproximar dele, ficando de quatro sobre seu corpo.(N//A: Nao pensa bobeira, ele tava deitado e o dei tipo uma mao de cada lado do ombro dele e um joelho de cada lado do quadril.) -Agora ele ja sabe...

~16:30~

-E ai, Izu? -Perguntou Dália, sentada de qualquer jeito no sofá ao lado de Sasuke ~este tinha passado a tarde com a versão mais velha do irmão e o Menma~, assim que viu a irmã descer as escadas sorrindo.

-Eles dormiram agarradinhos... É bem fofo. -A loira riu.

-É, eles estavam beeem agarrados quando eu fui no quarto. -O moreno balançava de leve o bebê em seu colo, sorrindo.

-Uou, haha. -As garotas riram. -Como o Men está? 

-Ainda dormindo.

-Pelo menos está bem -Suspirou Izuni. -Fico feliz que se dê bem com ele tio Sasuke, mas devia tentar, pelo menos, conversar com as meninas. Elas ficaram tão animadas em ver ver essa versão de vocês... -Apontou para ele.

-Talvez não seja má ideia... -Suspirou.

 


Notas Finais


_______________________________________

Desculpem o cap pequeno, muuuita coisa pra fazer pra escola ;u;
byeee

imagem: https://br.pinterest.com/pin/32580797284260512/

maaais: https://co.pinterest.com/pin/665125438689602556/

kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...