História I'm your hope, I'm your angel - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoonseok
Visualizações 198
Palavras 1.841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ok, podem me xingar o quanto quiserem. A ultima coisa que eu queria fazer era atrasar a fic e porra, atrasei mt. Pq isso? O maior inimigo de quem escreve: o bloqueio criativo. Não foi meu único problema, claro, eu estava passando as férias na cidade que minha mãe mora e passei mt tempo com a família e amigo. Também estudei pq né, enem ta na porta já.

Bem, para quem não desistiu de mim, espero que aproveite :)

MAS O CAPÍTULO 11 ESTÁ PRONTO TAMBEM - sai no sábado

Capítulo 10 - Yoon?


Fanfic / Fanfiction I'm your hope, I'm your angel - Capítulo 10 - Yoon?

Jungkook fechava a porta do apartamento enquanto sorria para o celular, respondendo as mensagens idiotas que seus dois hyung mandavam. 

Ele estava tão concentrado em responder que só notou o barulho depois. Era um gemido. 

Assustado, levantou o olhar se deparando com uma cena que ele nunca seria capaz de imaginar: o sofá-cama estava aberto e lá se depositava um Hoseok com um Yoongi em cima de si. 

O Min estava no meio das pernas do Jung e o beijava com intensidade, já este último tinha uma das mãos por dentro da camisa do garoto e a outra apertando sua bunda - por dentro do short folgado que Yoongi usava. 

Jungkook estava tão surpreso que ficou sem saber o que fazer. Tentou ir para o seu quarto em silêncio, mas acabou esbarrando em uma cadeira e o barulho atraiu a atenção dos dois garotos que estavam praticamente se comendo. 

— Ah, oi Kookie-ah — disse Hoseok sorrindo como se todo dia fosse flagrado aos beijos com Yoongi.

Já o mais baixo sentiu o rosto queimar completamente. Tirando a mão do Jung de sua bunda, se sentou no sofá e coçou a nuca. 

O silêncio se fez presente e Jungkook se movia desconfortável. Não que não desconfiasse que o irmão sentisse atração por garotos, mas ele sempre afirmava gostar de garotas e sempre estava com uma diferente. 

— Kookie eu sei que isso... 

— Na verdade vocês são muito fofinhos juntos — e isso fez Yoongi se calar e olhar para baixo — Vou admitir que já achava que o Seok-hyung fosse tentar algo, mas não achei que você cederia. 

— Ninguém resiste a minha beleza, Kookie — Hoseok disse e sentiu um tapa em seu peito, soltando uma risada em seguida. 

— Realmente é um casal lindo, mas por favor, se forem se comer, façam isso no quarto e não no meio da sala. 

Yoongi já não sabia mais onde enfiar o rosto e para piorar, Hoseok sentou atrás de si, o abraçando e deixando um beijo em seu pescoço. 

— Ok, vamos lhe poupar de novos traumas — o Jung disse enquanto acariciava a cintura de Yoongi 

— Muito agradecido — Kook falou enquanto tomava o caminho para o seu quarto, mas lembrou de uma coisa e voltou — Ah, hyung, o Tae chamou o Jimin e eu para passarmos o feriado na casa de praia de um amigo dele numa cidade não tão longe daqui, posso ir? 

Você quer que eu deixe você ir com o seu ficante e um garoto para outra cidade? — Yoongi perguntou com uma feição surpresa — quem foi o idiota que cedeu uma casa de praia para isso?

— Idiota se apresentando — Hoseok disse levantando a mão e sentiu um tapa em sua coxa — aish, hyung, você tem que parar de me bater! Mas enfim, minha família tem essa casa de praia e já falei com eles, não tem problema nenhum os três irem para lá, a ideia até foi minha. 

Jungkook lançou um olhar agradecido para Hoseok e encarou o irmão com expectativa, já o Min mais velho coçou a nuca e encostou as costas no peito do Hope. 

— Não sei, Kook, eu mal conheço esses garotos e vocês ainda vão deixar o pobre do Jimin de vela e...

— Ele não vai ficar de vela! E eles são melhores amigos do Hope-hyung, são de confiança. 

— Verdade — Hoseok se intrometeu — eles sabem cuidar de alguém e são amizades incríveis. Deixa de ser chato, hyung, deixa o garoto viver a vida dele.

Yoongi deu um suspiro derrotado e confirmou com a cabeça. 

— Ok, pode ir. Mas se eu souber que você bebeu... — o branquelo não conseguiu terminar a frase, pois um Jungkook super feliz se jogou em cima dele o abraçando. 

— Muito obrigado, hyung! 

E assim o garoto correu para o seu quarto já ligando para Taehyung para dar as boas notícias. 


X

 

— Você o que? — perguntou Namjoon sentado na cama com um indício de sorriso nos lábios. 

— Aish, você escutou, seu idiota — disse Yoongi jogando um travesseiro nele. 

Fora na casa do amigo, ainda estava meio chateado pelo sumiço dele - devido ao novo namorado que ele havia arrumado - mas precisava conversar com alguém. 

— Min Yoongi, o maior comedor de bocetas que eu conheço, está todo nervosinho porque beijou um garoto? — perguntou Namjoon sorrindo divertido. 

— Não sou comedor, Nam, deixe de ser retardado — Yoongi já começa a se arrepender de ter passado na casa do amigo. Não poderia apenas ter obrigado Hoseok a ficar no seu apartamento e assistido um filme? 

— Ok, me conta quem é, quero foto — o garoto de cabelos roxos disse. 

— Ok, o nome dele é Jung Hoseok e... 

— Aquele seu vizinho? 

— Isso — Yoongi pegou o celular e procurou o instagram de Hope, abrindo uma foto e mostrando para Namjoon. 

— Puta que pariu, como você passou todos esses anos sem beijar ele? Se eu não namorasse... 

— Pode ir tirando o olho do que é meu.

— Já está nesse nível, Yoon? — Namjoon comentou rindo e Yoongi apenas revirou os olhos. 

Os garotos conversaram por mais tempo e até saíram para comer. No fim da noite Namjoon disse que era um absurdo seu melhor amigo não conhecer seu namorado e eles iram marcar para Yoongi conhecer o tal de Jin. O Min teve algumas lembranças com o nome, mas não podia ser a mesma pessoa, afinal, nem morava mais em Daegu.

Era sempre bom passar um tempo com aquele desastrado. O garoto sempre fez seu humor melhorar e apesar de ultimamente estar mais ausente, nunca deixou de arrancar algumas boas gargalhadas do amigo e era isso o que o Min precisava.

Namjoon deixou o amigo em casa e esse iria para seu apartamento, mas parou na porta 805 dando um sorriso. 

"Será que eu não suporto nem passar algumas horas longe desse idiota?" 

Ainda sorrindo tocou a campanhia e um Hoseok mais sorridente ainda atendeu. 

"É, eu realmente não consigo." 


X

 

Era sexta feira e Jungkook pegava a mala, indo em direção ao carro de Taehyung. O mais novo escutou um longo discurso do irmão sobre "não beba, use camisinhas, não morra afogado" e etc etc antes de finalmente encontrar seus garotos. 

Yoongi se sentiu estranho ao ver o irmão ir e sentiu medo. Medo de ficar sozinho em casa, de ter algum ataque, de não ter quem ajudá-lo, mas logo sentiu uma mão em seu ombro. 

— Vamos subir? — Hoseok perguntou e Yoongi confirmou com a cabeça. 

No oitavo andar, Hope segurou sua mão. 

— Eu não quero que passe esses dias sozinho no seu apartamento, hyung, então se quiser pode dormir aqui em casa ou eu durmo aí ou...

— Seria ótimo — respondeu o Min um pouco baixo. 

Dava para perceber sua tristeza por não ter o irmãozinho ali e o Jung o puxou para um abraço. 

— São só alguns dias, ele logo, logo vai voltar, e os meninos vão cuidar muito bem dele. Agora vamos arrumar suas coisas que você vai passar esses dias na minha casa. 

Yoongi confirmou e puxou o garoto pela mão, para pegar algumas coisas em seu apartamento e seguir para a porta 805.
 


X

 

HOSEOK, ISSO DÓI — Yoongi gritou já sentindo as lágrimas nos olhos.

— Calma, calma, eu já vou tirar — Hope respondeu um pouco nervoso, não queria que o garoto sentisse dor.

— Aish, isso está ardendo, nunca mais deixo você fazer o que quiser comigo! 

— Hyung, calma! Eu já disse que vou tirar! 

Tira isso agora!

— Mas tem que esperar mais! 

— Foda-se, tira agora!

Hoseok deu um suspiro derrotado, mas realmente já tinha dado o tempo. Puxou Yoongi pela mão e o enfiou embaixo do chuveiro, retirando o descolorante de seu cabelo. 

— Por que eu te deixei fazer isso mesmo? — o Min perguntou de olhos fechados.

— Porque você vai ficar mais lindo que o normal estando loiro, agora fica quieto. 

— Tá molhando toda a minha roupa, seu idiota! 

O Jung revirou os olhos e desligou o registo, pegando uma toalha e entregando para o garoto. 

— Tem certeza que não vai me deixar pintar seu cabelo de verde? 

— Ah, pinte o seu! 

Yoongi foi andando até o espelho, mas o mais alto o impediu, deixou ele sentado na tampa do vaso enquanto secava seu cabelo com o secador e sorriu com o resultado. 

— Pode parar de me xingar agora — disse deixando o garoto se levantar e finalmente ir até o espelho. 

O Min passou alguns minutos em silêncio observando os fios de cabelo recém descoloridos, e realmente o outro tinha razão. Ele combinava com essa cor. Não tinha nem 3 horas que seu irmão mais novo havia saído e Hoseok já havia começado as loucuras. 

— Tá vendo? Você está lindo — o Jung disse se aproximando e o abraçando por trás. 

— Eu não vou me acostumar com isso. 

— Com a cor? Claro que vai! 

— Não, com isso? sabe? A gente.

— Como assim? 

— Eu não sei, faz tempo que alguém não me trata assim, eu não consigo me acostumar. Não é que seja ruim, é só... estranho. 

Hoseok fez uma careta e o abraçou mais forte. 

— Você vai se acostumar sim, porque eu não vou sair da sua cola e agora vai ter que me aguentar, loirinho.


X

 

Era noite do mesmo dia que Jungkook havia viajado. Namjoon ligou para Yoongi mandando este estar na sua casa às 20:00 e o mais velho até tentou desmarcar isso, pois ele e Hoseok iriaram começar uma série, mas o de cabelo roxo era insistente. 

Eram 20:40 e o Min já tinha se arrependido de chamar o Jung para ir junto. Este demorava muito para se arrumar e só agora chegaram ao destino. 

— Olha pelo lado bom, pelo menos você não vai ficar de vela — falou o de cabelos castanhos. 

Yoongi já ia responder, mas seu melhor amigo apareceu na porta com uma cara irritada. 

— Que demora! Sorte sua que o Jin demorou para fazer a comida, você ia comer tudo frio! Calma, você tá loiro? 

— Culpa dele — O Min disse apontando para Hoseok e finalmente pareceu notar a presença do outro.

— Ah, você é o famoso Hoseok! Prazer, Namjoon.

Hope abriu um daqueles sorrisos radiantes e cumprimentou o garoto, os três entraram em casa e se acomodaram no sofá. 

— Então, Hoseok, como convenceu esse hétero de merda a mudar de time? 

Yoongi já havia começando a xingar o amigo, mas o Jung segurou sua mão e deu um aperto leve, já o fazendo se calar. 

— Bem, esse chato aqui passou muito tempo apenas fingindo que eu não existia, mas eu insisti bastante.

— Aish, se um cara assim desse em cima de mim... 

— É O QUE, NAMJOON? — gritou uma voz do cômodo ao lado. 

Na mesma hora Yoongi congelou. Era a mesma voz. Era a mesma pessoa. Não era possível uma coincidência tão grande.

— Hyung, tá tudo bem? — perguntou Hoseok apertando novamente sua mão ao notar sua mudança de comportamento. 

O Min apenas ficou calado olhando para a porta de onde tinha vindo a voz e em poucos segundos tudo foi confirmado. O garoto entrou na sala com um sorriso divertido, mas esse morreu ao ver o loiro.

— Yoon? — a voz do recém-chegado saia quase como um sussurro.
 


Notas Finais


Bem, é isso. Só o que posso fazer é me desculpar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...