História Imagine - Wonho Monsta X - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Won Ho
Tags Monsta X, Wonho
Visualizações 68
Palavras 981
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Festa, Luta, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Calma I.M


Fanfic / Fanfiction Imagine - Wonho Monsta X - Capítulo 15 - Calma I.M

Mordi me lábio olhando seu abs,ele veio até mim de vagar,subiu em cima da cama de veio até mim de joelhos,subiu em cima de mim e começou a beijar meu pescoço enquanto passava suas mãos pelo meu corpo que se arrepiava a cada toque de sua boca em minha pele,o mesmo subiu os beijos até minha boca onde se iniciou um beijo calmo que com o tempo foi se tornando quente,o mesmo aperta minha cintura me fazendo arfa,levo minhas mãos até sua blusa já aberta e a retiro,em seguida ainda o beijando,vou descendo minhas mãos pelo seu abs até chegar em sua calça,aperto seu membro e o mesmo gemi em meu ouvido me fazendo delirar...

Autora narrando,da licença...

O mesmo coloca as mãos da menor dentro de sua calça enquanto vai dando chupões e mordidas no pescoço da mesma,ela massagiando seu membro enquanto arfa com os atos do mesmo...

WonHo=Daddy

Mia=Babby

Daddy-Babby,ta na hora de você brincar com ele,não acha?

A mesma sorri,com a frase do mesmo entre gemidos,então ela o empurra para o lado e retira sua calça junto com a box,fazendo o membro do mesmo saltar para fora,a mesma vai dando beijos em suas coxas até chegar em seu membro onde lambe sua glande e em seguida abocanha o membro do maior,ela começa com movimentos lentos,o mesmo apreçado e como não gostava de ser torturado,fez um rabo de cavalo em seu cabelo e começou a lhe ditar os movimentos...

Daddy-Q-que bo-quinha b-babby...ooow

Falou entre gemidos fazendo a mesma sorrir e em seguida lhe dar um tapa em suas coxas,deixando a marca de sua mão pequena ali,ela acelerou os movimentos enquanto acariciava as coxas do maior...

[...]

Depois de um bom tempo o mesmo acaba gozando na boca da menor,ele a pega pela cintura e a coloca deitada,retira sua camisa e sutiã com pressa,enquanto ele acariciava a intimidade da menor ficava falando sacanagens em seu ouvido,com uma certa necessidade retirou seu shorts e calcinha,em seguida ficou massagiando a intimidade da menor e ficou olhando a mesma gemer enquanto sorrio,a menor se contorcia na cama...

Babby-D-daddy,anda logo,não a-aguento mais esperar...

Falou gemendo,em seguida o mesmo se aproximou de vagar de sua intimidade e a mesma se arrepiou ao sentir sua respiração em cima de sua intimidade já umida,logo começou a chupa-la fazendo a mesma arquear as costas e gemer alto,ele bate na bunda da menor a cada gemido alto,então para arfa-los ela morde seu lábio e arranha as costas do maior que começou a estimular o citólis da mesma que começou a gemer alto novamente até que gozou na boca do mesmo.O maior foi dando beijos em seu corpo até chegar em seus lábios onde atacou os mesmo em um beijo quente e agitado,a menor passava suas mãos pelo o corpo do mesmo,sorriu travessa e deu um tapa na bunda do mesmo e a apertou em seguida...

Babby-Gostoso...

Ele sorri e a penetra sem avisar enquanto massagiava seus seios,ela geme e arranha suas costas com força,o mesmo geme ao sentir as unhas da menor sendo cravadas em suas costas então pega suas mãos e as amarra na cabeceira da cama...

Daddy-Que Babby mal criada,machucando seu Daddy,agora sofrera as consequências,Babby insolente...

Fala dando um belo de um tapa entre a coxa e bunda da mesma que gemeu alto de dor...

Daddy-Quanto mais alto gemer,mais forte será o tapa meu amor...

Ele falou em seu ouvido em seguida o mordendo,ele aumentou a intensidade dos movimentos indo mais fundo até atingir seu ponto fraco

Babby-Daddy meu ponto fraco não...

Gemeu alto e manhosa,levou mais uma lapada dessa vez em sua outra coxa,Daddy diminuiu os velocidade e começou a tortura-la enquanto aperta sua cintura indo fundo e lento,apertado sua bunda deixando bem avermelhada,a menor sabendo que não podia gemer mordeu o ombro do mesmo deixando uma marca funda e roxeada...

Daddy-Babby insolente...

Falou e os dois chegaram em seu epice...

Daddy-De quatro agora...

Falou ao assim que a soltou,a mesma fez oque ele pediu,em seguida ele a penetrou com força segurando em sua cintura,a mesma gemeu alto de dor,mais em seguida se acostumou,Daddy lhe deu um tapa forte e voltou com as estocadas fortes,no quarto inteiro só se ouvia o barulho de suas respirações disrreguladas e de seus corpos se chocando...

[...]

Depois de mais ou menos 1 hora ambos gozaram novamente,Mia se deitou e WonHo a abraçou forte...

WonHo-Te amo bebê...

Mia-Chamou de bebê agora tem que cuidar,dar de comer,dar banho brincar,vestir entre outras coisas...

Falou a mesma sentindo dores em suas pernas...

Mia-Ainda mais agora que eu acho que não vou conseguir andar tão cedo...

Falou fazendo bico...

WonHo-Calma amor,eu cuido de você,tá bom meu bebê...

Sorriu e mordeu o lábio da mesma...

[...]

Depois dele a levar para o banheiro e ambos tomarem banho,ele à veste,e a coloca deitada na cama,a abraça lhe fazendo de ursinho de pelúcia,e fica acariciando seu cabelo enquanto canta baixo beautiful,para a mesma dormir...

Mia ON

Ao acordar,fico olhando WonHo que estava à minha frente,acaricio seu rosto e lhe dou um selinho demorado...

WonHo-Bom dia meu bebê...quer ir comer?

Pergunta abrindo os olhos e beijando minha testa...

Mia-Quelu...

Ele me pega no colo e me leva para a cozinha,me coloca sentada em cima da bancada e foi na geladeira pegar um suco pra mim,olho para a escada e vejo os meninos com olheiras grandes para uma caraleas...

Minhyuk-O carai,não sabe gemer baixo não?

Pergunta vindo me minha direção,mais WonHo o impede ficando em sua frente...

WonHo-Na minha pequena tu não encosta...

Falou olhando para a alma do mesmo que ficou com medo e se sentou na mesa,Won vem até mim e me pega no colo...

Mia-Obrigada amor...

Dou um beijo em sua bochecha,ele vai até mesa,se senta à mesma,e me coloca sentada em seu colo...

I.M.-Ta bom já se cumeram,então já se assumiram...

Falou me olhando,vendo as marcas no meu pescoço,e a mordida no ombro do Won



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...