História Imagines BTS - Capítulo 76


Escrita por: ~ e ~Kim-Myt

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Briga, Imagine, Perda, Romance, Sugao
Visualizações 95
Palavras 1.973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAA

Capítulo 76 - Apocalipse Zumbi (Especial Halloween) PT.1


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Capítulo 76 - Apocalipse Zumbi (Especial Halloween) PT.1

    ~Namjoon On

 O Mundo nem sempre foi como é hoje. Você acha que sabe tudo? Na verdade você não sabe nem o terço do que se passou nessa terra aonde você está,  Na sua cidade,  No seu bairro,  Na rua da sua casa... Ou até mesmo,  Na sua casa.

 Johnny Killer,  Naceu dia 13 de junho de 1985. O cara era o homem mais inteligente que existiu no sec xx. Suas invenções ultrapassava a ciência do ano, Mas Johnny Killer tinha um distúrbio juntamente com sua auto comiseração. Ele queria provar para as pessoas que sua aparência desajeitada e seus óculos de grau não influênciava na sua inteligência, e que ele podia sim ajudar as pessoas e fazer com que elas gostassem dele. Esse é o problema das pessoas de hoje, Elas generalizam o mundo por completo e acaba tomando decisões precárias que podem prejudicar tudo. Johnny adentrou em seu laboratório e ficou lá trancado por semanas, As pessoas sentiram falta muitos o procuraram, Na verdade as pessoas não gostavam dele e sim de suas invenções. Após 3 meses  de sumiço, Johnny reergueu-se e apresentou para as pessoas e laboratórios o IMC,  Ou "Instant miracle cure" e para que entenda melhor o "Cura milagrosa instantânea" . Sei que pode ser impossível de acreditar, Mas após testar esse remédio em um cadeirante este mesmo se levantou e andou, Não era cura divina. Depois vários cientista estudarem esta fórmula que começou a curar eles descobriram certos tipos de "Drones" que foi colocado na composição do remédio,  Esses "Drones" caminhavam por todo o corpo humano e consertava  qualquer tipo de coisa que estava fora do lugar ali. Como ossos quebrados e pele ferida, Eles eram capazes até mesmo de reconstruir ou fazer um órgão novamente,  Tudo parecia perfeito a cura funcionava todas as pessoas começaram a amar Johnny, Ele não estava satisfeito ele queria mais ele queria que as pessoas se curassem mais rápido começou a aumentar as substâncias do remédio, Foi destribuído mundialmente. Foi uma época de sorrisos e alegria Mas Tudo tem sua consequência. Os "Drones " que na verdade eram como pequenos insetos começaram a criar vida própria dentro do corpo das pessoas e se tornaram maléficos,  E agora ao invés de curar e reconstruir estavam tirando do lugar e retirando. Dominando a mente das pessoas por seus neurônios e células e também veias e sangue,  Aqueles "Insetos" começaram a dominar os humanos,  Suas estruturas físicas começaram a se desfazer e a apodrecer, por tomarem conta do cérebro as pessoas começaram a ficar inconscientes, E a Cura se tornou um vírus. Johnny Killer desapareceu com seu fracasso e obsessão. As únicas coisas que você podia ouvir agora eram gritos e gemidos de transformação e dor.

 Esse foi o Fim, não do mundo mas das pessoas. Bom, nem todos

~Atualmente - 1935

Viih:- Nam. ..

 Ouvi alguém bater no vidro da camionete me chamando atenção. Virei e notei o rosto de Viih preocupado enquanto ela acenava e fazias sinais para que eu abrisse o carro. Me ajeitei então abri e desci fechando o mesmo.

Viih:- Então. ..você está bem?

Nam:- Ya...eu só estava pensando

 Coloquei as mãos no bolso e me aproximei dela.

Viih:- Como foi essa noite?

Nam:- Eles aparecerem reversadamente,  Então consegui dar conta de todos

 Ela se virou e nós fomos caminhando.

Nam:- E cadê os outros?

Viih:- Suga e Ivy foram novamente ver se encontra alguém ou algum ser humano em alguma parte da cidade.

 Bufei enquanto caminhava até o Trailer.

Nam:- Eles deviam aceitar logo que não tem ser vivo nesta cidade,  quer dizer na terra além da gente.

Viih:- Sempre taaaao pessimista.

Nam:- Realista Baby.

 Aproximando do Trailer Hobi e HaeRim  estavam sentados em algumas cadeiras do lado de fora.

Hoseok:- Voltaram.

Nam:- Cadê os outros?

Hae:- Saíram também, Na verdade a Ysa  saiu sem avisar então eles foram procurar por ela.

Nam:- A Ysa saiu sem avisar? Quantas vezes temos que relembrar as regras?

 Bufei novamente,  Somos a única raça viva em todo globo terrestre lutando para sobreviver num mundo de pessoas infectadas. Sair da nossa zona significa se entregar a morte.

~Maria On

Maria :- Ysaaaaaa

 Gritei olhando o lugar vasto com um certo medo de aparecer um daqueles branquelos e tentar comer minha .

Maria:- Droga Ysa, Porque você foi sair..

Disse andando devagar com a mão na cintura na esperança dela aparecer logo.

Maria:- Aonde você tá garota?

Caminhei mais envolta até chegar numa área cheia de destroços o que era normal de se ver. Respirei fundo vendo alguns pedaços grande de madeira espalhados de várias formas.

Maria:- Ysa? Cara se você tiver aí. ..podia aparecer pra gente poder ir embora logo, Você sabe o tanto que o JungKook e o Namjoon vai brigar com a gente?

Falei meio baixo enquanto desviava dos pedaços de qualquer coisa até ver uma madeira se mover.

Maria:- Ysa?

Caminhei com cautela sentindo um frio na barriga e um arrepio na espinha.

Maria:- Você tá. ..presa?

Coloquei a mão na madeira para tirar ela do lugar e franzi o cenho ao ouvir um som que eu não queria. Assim que dei um passo para trás para sair dali vendo que não era uma boa idéia, Um daqueles "Branquelos" saiu de trás da madeira e pulou na direção do meu rosto,

Maria:- AAAISH

Gritei por impulso e dei passos rápidos para trás para desviar foi quando o desequilíbrio me derrubou e eu caí fazendo com que ele não me acertasse. Me levantei rápido equilibrando minhas pernas e peguei um pedaço de madeira ali no chão já que não havia levado arma e me virei para trás acertando a coisa que já estava pulando em mim novamente. Aproveitei a queda dele e comecei a correr rápido para sair dali, virei a cabeça rapidamente para trás e senti algo segurar firme meu pé e logo meu corpo cair no chão. Namjoon já havia dito várias vezes para não dar tempo para eles, Então teríamos que ser mais rápidos que eles. Por manter isso sempre em mente virei meu corpo para cima e pude ver ele dar impulso para pular em mim de novo, Rolei para o lado e logo me levantei. A única opção era correr então voltei a correr um pouco mais rápido, Podia sentir meu coração bater tão rápido com o enorme medo de ser mordida por aquilo. De repente uma onda de temor passou pelo meu corpo quando senti o chão desabar e eu ser rapidamente atirada para dentro de um lugar como um buraco graças a lei gravidade. Senti terra cair sobre mim enquanto dores invadiam meu corpo por causa da queda, Tussi por causa da grande quantidade de poeira no local enquanto me levantava.

Maria:- Que merda.

Bati as mãos na roupa e olhei para cima tendo certeza que havia caído, certamente havia madeiras encima pra mim não ter visto.

Maria:- Aish

Resmunguei pensando numa forma de sair dali mesmo sabendo que pelas situação não seria possível. Olhei para frente e notei que era como uma caverna subterrânea.

Maria:- Talvez eu possa achar uma saída por ali.

Pensei duas vezes antes de seguir já que um lugar como esse seria mais fácil de ser pega, Suspirei e aceitei que seria o único modo. Comecei a caminhar por ali e logo pegue uma pequena lanterna pra tentar ver o caminho. Não parecia uma caverna e sim o caminho para algum lugar planejado.

Maria:- Agonizante

Comecei a sentir a necessidade de ar puro mas continuei, Em meio ao breu e minha pequena luz não ajudava muito então acabei tropeçando e caindo novamente.

Maria:- Merda

Suspirei e olhei pro lado.

Maria:- AAAAAAH Merda merda merda

Gritei rápido e me afastei com ânsia após dar de cara com um cadáver. Me afastei me levantando e logo joguei a luz da pequena lanterna e havia vários cadáver ali. Senti um enjôo por causa da situação dos corpos, Levantei um pouco a luz da lanterna e vi dois zumbis me encarar prontos pra pular em mim. Dei passos curtos para trás mas logo me virei e comecei a correr bem rápido, o mais rápido que conseguia e podia ouvir o barulho repugnante que eles faziam. Não estava certa do que eu ia fazer, a opção era pular pra tentar sair do buraco. Corri juntando todos impulsos do meu corpo e logo vi a luz da saída no teto então puxei todo o ar e pulei esticando a mão para poder alcançar. Notei que minha mão não ia alcançar então franzi o cenho no momento do meu pulo o tempo parecia ter ficado em câmera lenta, Antes de cair pensei na possibilidade de nunca mais conseguir sair dali então apertei os olhos. Foi quando senti algo agarrar firme meu pulso, olhei para baixo e meu corpo estava no ar então olhei rapidamente para cima e vi o rosto da salvação.

Maria:- JungKook!

Gritei não só de felicidade mas também de desespero com medo daqueles bichos agarrarem minha perna. Assim que ele sorriu me puxou tão rápido que não pude ver, pelo impulso cai encima dele lá encima.

Maria:- Aaaa achei que nunca mais ia sair de lá, tinha tinha vários cadáveres lá e o zumbi correu atrás de mim e eu cai e fora que eu nem achei a Ysa.

Falei rápido abraçando ele mas logo soltei o mesmo.

Jk:- Tá tudo bem, A Ysa já voltou

Me ajeitei levantei e logo ele também.

Maria:- Aonde ela tava?

Jk:- Ela disse que tinha deixado um bilhete dizendo que ia buscar comida, desculpa por isso…acabamos entendendo errado.

Ele coçou a nuca.

Maria:- Então vamos voltar.

Ele concordou e então pegamos o caminho de volta para o Trailer.

Maria:- JungKook, eu disse que vi cadáveres lá em baixo

Jk:- Eu ouvi, mas tem cadáveres em todo lugar que anda e tenta te matar.

Maria:- Quando eu digo cadáver quer dizer que estavam mesmo mortos e…e não tinha marca Guerra em seus corpos

Jk:- Você tá me confundindo

Maria:- O que eu tô tentando dizer é que morreram de uma forma misteriosa, não foi de tiro nem faca nem bomba. Se bem que não fomos nós que matamos, Então isso significa que..

Olhei para ele e ele me passou um olhar de que havia entendido aonde eu queria chegar.

Jk:- Vamos dizer ao Nam

Caminhamos rápido até o Trailer e estavam todos ali do lado de fora esperando e logo nos olharam mais aliviados.

Nam:- Está tudo bem? Ninguém foi mordido?

Jk:- Não, mas a Maria achou uma coisa interessante.

JungKook logo disse a eles tudo que eu havia dito há alguns minutos atrás antes de chegarmos

Sg:- Se existe alguém além de nós, significa que temos que ir até lá sem perca de tempo.

Ivy:- O suga tá certo, Você disse que é no subterrâneo. Concerteza se tem alguém lá, sabe uma forma de vida melhor do que a que temos.

Viih:- Não sei não, Se lembram do Jin?

Todos suspiraram pesadamente ao ouvir a Viih falar sobre o Jin.

Nam:- Viih…

Viih:- Desculpa, É que ele teve o mesmo pensamento que nós, e nunca mais voltou.

Ysa:- A Viih tá certa, Nem sabemos se a Maria viu certo, Você mecheu nos cadáveres?

Maria:- Escuta Ysa eu sei o que eu vi, eu caí de frente pra coisa.

Hoseok:- Ok Não vamos brigar, Pensem bem..se tem uma chance de vivermos melhor, não acha que devíamos tentar?

Sg:- Namjoon?

Ouvi Namjoon suspirar pesadamente.

Nam:- Ok, Vamos.

Todos concordaram com a cabeça.

Namjoon on~

Vi todos irem buscar suas armas e equipamentos e coloquei as mãos na cintura pedindo para que nada acontecesse.

Viih:- Vai ficar tudo bem.

Olhei para o rosto de Viih e ela sorriu para mim.

Nam:- Sim, Estamos juntos.

HaeRim:- Ei, Estamos prontos

HaeRim parou ao nosso lado enquanto colocava uma mochila em suas costas.

Laii:- Não é como se fossemos enfrentar o Fim do mundo novamente né.

Tae:- Um pretérito perfeito. Vamos ficar bem, É só matarmos e não sermos mortos.

Laii:- Tao fácil

Sorrimos e olhamos para onde tínhamos que ir.

Sg:- Ah, parem de tentar fazer momento dramático de filme nem tem câmera aqui.

Suga passou acabando com nosso momento "dramático".


Notas Finais


ENTÃO por tá ficando muito grande vou postar em partes separadas, Espero que estejam gostando

Um beijo ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...