História Inevitável - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Visualizações 4
Palavras 584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente não é nada fácil escrever,a quem faz parecer tão simples como a minha Diva Pan Alban ela me inspirou bastante para começar a escrever minhas hisórias e olha que eu só tinha idealizado na cabeça agora a parte dificil é tirar da cabeça para o caderno ou no computador poisc tem muita coisa que está no rascunho mas não posto.
Epah pessoal bom proveito.....

Capítulo 2 - Chapter two


                                                                                                                               Pov Sakura

Já haviamos nos cruzado varias vezes e em algumas vezes sempre nos esbarravamos e eu não suportava estar ao lado dele ,tudo por ele ser um estúpido e machista.

dorme com qualquer garota da faculdade pelo ao menos é isso que ouvi e a maioria das minhas colegas já deitaram na cama dele e é irritante tal cafajestice.

— Me explica mais uma vez porque tu não das bola nem para as desculpas dele,já lá vai um bom tempo que tenta se aproximar e tu não dás nenhuma. Diz Ino com um olhar intrigado em minha direção .

Dou um longo suspiro e digo sem um pouco importancia — Pelo facto de ele ser um mulherengo insensivel.

— E quem foi que te disse que ele é isso tudo -Ino fala com uma cara de porra que coisa garota.

As pessoas comentam muito sobre a vida dos outros e eu não quero ser motivo de alarido para ninguém e prefiro me manter afastada de pessoas deste tipo,e nem sei porque a Ino está inssistindo tanto neste assunto já estou ficando irritada com isso. Não sou movida por vontades eu me baseio nas minhas acções e nas possiveis consequencias que virão e isso me deixa assustada em partes.

Ok,ok acaba logo de se arrumar pois eu quero ir logo nessa balada e Hinata já deve estar lá com Karin.-Ino me apressa com uma expressão empolgada.

Chegando lá o lacal estava bastante cheio por sinal,mas conseguimos localizar a mesa do pessoal ,cumprimentamos todos presentes na mesa e vejo ele me encarando eu desconfio que este jovem é um tarado só pode ser essa a explicação , pedimos as bebidas e eu apenas fiquei mesmo pelo suco não quero acabar embreagada mas esse pessoal não entende isso e ficaram gozando com a minha cara e nessa altura Ino já se agarrava  com Gaara olha casal mas complicado eles preferem estar separados do que juntos mas fazer o que se eles acham mas excitante.

Hinata também já havia sumido com Naruto aposto que foram transar em algum canto,aquela menina é calminha mas na hora da transa ninguém lhe segura,ooo que fogo essa menina tem mas bem sei que Naruto fica bem satisfeito,kkkkkkk bota alegria maior que de uma transa na cara de Naruto,só se lhe disserem e as aulas acabaram.Vejom ele olha ao nosso redor e parece querer ir embora mas algo lhe impede e derrepente vira pra mim e diz

— Queres dançar

— Não.Respondo de modo ríspido.

Ele franzi o cenho e me olha de modo sério e dá um suspiro e volta a olhar ao nosso redor e mas uma vez me observa.

— Sabes eu sempre notei uma certa antipatia sua para mim e eu não entendo porque.Ele me diz ao pé do meu ouvido.

— Nã…Não sei do que estás tu a dizer,com licença eu vou embora.Me levanto de maneira bruta seguro minha bolsa e vou andando em direcção a saída e vejo ele me seguindo.

— Ei me deixa te levar para casa - Ele me para já fora do local onde estavamos .

Olho pra ele com nojo e irritação ,homem sujo  e indigno olho pros lados e vejo que somos os únicos na rua e isso me deixa mais frustrada ainda.

— Nem penses que com isso vais conseguir me levar pra cama.Digo raivosa.

— O que voce tem garota eu só quero ajudar voce pois se não notaste a essas horas é díficil pegar um táxi sem seresv estuprada,o que eu fiz para me odiares tanto em....

 

 

 


Notas Finais


Espero que voces gostaram e me desculpem os erros não deu para revisar e editar até a próxima.
O capitulo ficou curto demais pois não tive tempo de escrever mais, me perdoem pessoal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...