História Inquebrável - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Justin Bieber, Ódio, Romance, Traição
Visualizações 2
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Quebrada


 Eu achava que nada poderia me atingir. Eu Alexandra Sanders, ou apenas Alexa, para os mais imtimos; no meu mundinho perfeito onde todos queriam estar perto de mim, e ao mesmo tempo me odiavam por ser tão arrogante. Tinha as melhores amigas:Melinda e Lucy. Éramos inseparáveis desde crianças. E no colegial não foi diferente. Éramos líderes de torcida do Tigres, time de futebol da nossa escola. Todas queriam ser como nós.
Eu era apaixonada por Erik Simmons. O garoto mais bonito e popular da escola. Éramos perfeitos um pro outro. Pelo menos era o que todos diziam.
Mas as coisas começaram a mudar. Erik já não era tão romântico comigo. Não parecia se importar mais comigo. Parecia que só queria desfilar comigo na escola e depois nada mais. E quando eu perguntava o que estava acontecendo ele sempre dizia:
-Nada. Estamos bem!
Mesmos assim, continuava louca por ele.
Então, no dia do nosso aniversário de 2 anos de namoro, eu já estava ansiosa para vê -lo. Estávamos planejando esse dia a meses e eu estava Muito ansiosa pela surpresa que ele disse que faria.
Me produzi toda e esperei Erik me buscar. Esperei 1 , 2 horas e nada. Comecei a ficar preocupada. Ele não atendia o celular. Decido pegar um táxi e ir até a casa dele.
Estava tudo muito quieto. Parecia não ter ninguém. Mas a porta estava aberta. Entrei. Uma música suave vinha do quarto dele. Assim como sons de suspiros altos. . Abri a porta do quarto e me deparei com uma cena devastadora: Erik,o meu Erik,aos beijos e amassos com Melimd5 a minha melhor amiga! Foi como um soco forte no estômago. Fiquei sem ar. Tonta, devo as escadas procurando ar..queria sair dali. Ouvi Erik correndo atrás de mim tentando se explicar, mas não ouvi sequer uma palavra. Como ele pode fazer isso comigo? Me enganando todo esse tempo! Com Melinda! Aquela vaca traidora!ela roubou o cara que eu amava.
Nem percebi o quanto eu havia andador. Eu já estava na frente da minha casa. A dor era tão grande que me sentei na calçada. Chovia muito. Mas não queria entrar e ser bombardeada por perguntas do meu pai e meu irmão.
De repente ouvi uma voz.
- Ei moça, tá chovendo! Disse a voz masculina parado ao meu lado.
Levantei a cabeça para ver quem era.
Um garoto com um guarda chuva. Não consegui ver o rosto direito. Não era ninguém importante,abaixei a cabeça de novo e respondi com o resto de voz que havia me sobrado:
- Sei disso!
Senti ele sentado ao meu lado tentando me proteger com seu gauarda chuva. Fiquei indignada
- por que está fazendo isso???? Vá embora! Não preciso de ajuda!
- você não parece bem.. aqui é sua casa?
- não lhe interessa! Você faz isso com todo mundo por aí?
- não!é a minha primeira vez!
Olhei bem pro rosto dele. Com tantos sentimentos ruins brigando dentro de mim,decidi apenas levantar e deixar aquele estranho ali, seja lá que fosse.
Entrei em casa e fui correndo pro quarto,me afogar em minhas lágrimas. Batiam na porta do quarto mas é claro que nao abri.
Se a minha mãe estivesse ali aquele dia, eu apenas me jogaria em seus braçose choraria a noite inteira. Meu coração estava quebrado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...