História Into You - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper McLean
Tags Amor, Annabeth, Deuses, Frank, Hazel, Jason, Leo, Mitologia, Percabeth, Percy, Piper, Romance
Visualizações 90
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Annabeth aprende a voar.


Fanfic / Fanfiction Into You - Capítulo 3 - Annabeth aprende a voar.

                                         PERCY POV

Quando eu ergui contracorrente pra acertar o lestrigão, ele atirou Annabeth em direção ao rio.

- ANNIE ! - Gritei, mas era tarde demais.

Pude ouvir um barulho e percebi que Annabeth já estava na água. Meu coração se encheu de ódio. Gritei e fui em direção ao monstro. Ele tentou desferir golpes com as mãos mas eu desviava de todos.

- Isso é por Annabeth !!! - Falei e cravei minha espada no joelho do lestrigão.

Ele se dissipou e um pó dourado ficou rodopiando no ar.

Corri em direção ao rio e sem pensar me joguei. Eu nadava cada vez mais fundo e chamava por Annabeth em todo o momento ( o que não é muito comum embaixo d' água.). Não tive nenhum sinal de Annabeth, comecei a ficar preocupado. Eu não saberia viver sem ela, se alguma coisa acontecesse a ela seria minha culpa, eu nunca iria me perdoar. Eu me sentia forte por estar em contato com a água mas muito fraco por não conseguir achar Annie. 

Vi peixes de vários tamanhos e cores em volta um do outro. Me aproximei e pude ver que eles estavam olhando uma garota. Logo percebi que era Annabeth. 

- SAIAM ! - Falei e os peixes obedeceram.

Peguei Annabeth e subi até a superfície. Caminhei e deitei Annabeth no chão.

- Annie por favor, fala comigo. - Falei com o coração apertado.

Fiz respiração boca a boca nela e ela tossiu. Abriu os olhos lentamente.

- Percy - Falou com a voz baixa.

- Não fala nada meu amor, vou te levar pro hospital agora. - Disse eu.

Peguei Annabeth no colo e sai em direção ao parque pra levar ela pro Hospital.

          ...

Quando cheguei no Hospital com Annabeth nos braços, logo veio dois médicos com uma maca. Eu expliquei o havia acontecido(com algumas alterações, claro) e eles a levaram. Eu me sentei em uma das poltronas e comecei a chorar. Me curvei e coloquei as mãos no rosto. Ouvi uns passos perto de mim, olhei e era uma enfermeira.

- Você que está cuidado da minha Annie ? - Perguntei.

- Não, eu só...queria ver se você está bem. - A enfermeira falou. - Meu nome é Emma.

Ela pegou a caneta que estava segurando e escreveu algo em um cartão pequeno. Ela colocou no bolso da minha jaqueta.

- O que é isso ? - Perguntei. 

- Meu número, se você precisar de alguém pra conversar. - Emma disse.

Eu só conseguia pensar em Annabeth, nem percebi que a enfermeira estava dando em cima de mim. Ela se levantou e saiu.

O médico que levou Annabeth se aproximou de mim, eu me levantei da poltrona.

- E então doutor, como ela está ? - Perguntei.

- Annabeth Chase. Ela não está em perigo. 

Quando o doutor disse isso, senti um peso saindo das minhas costas. 

- Posso ver ela ? 

- Pode sim. Vem comigo.

Eu fui atrás dele até chegar em uma sala.

Annabeth estava deitada na cama do hospital ainda com a sua roupa. Eu sorri e fui até ela.

- Que susto sabidinha. - Falei.

- Parece que você me salvou de novo cabeça de alga. - Ela disse.

Eu ri e coloquei a mão no seu rosto.

- Eu tive medo de te perder Annabeth, muito medo. - Eu falei.

- Tá tudo bem agora Percy, eu tô aqui. 

Eu cheguei mais perto dela e lhe dei um selinho.

- Percy, eu quase morri. Mereço mais que um beijinho. - Annabeth disse.

Eu ri novamente. Me levantei e fui até o médico.

- Podemos ir embora ? - Perguntei.

- Ela precisa ficar de repouso.... 

- Eu vou ficar bem, me deixa ir doutor - Annabeth falou.

- Tudo bem, mas quando chegar em casa descanse um pouco. - O médico disse.

Caminhei até Annabeth e ajudei ela levantar.

   ...

Eu e Annabeth estavamos na porta da casa dela.

- Ele deve estar muito preocupado. - Falei.

- Ele já deve estar dormindo. - Annabeth disse.

Abri a porta devagar, a luz da sala estava apagada.  Quando Annie acendeu e tomamos um susto, Frederick estava dormindo no sofá da sala.

- Vamos acordar ele. - Falei.

- Não ! Vamos subir, ele vai ficar bem. - Annabeth disse.

- Annie ele deve estar muito preocupado com você, fale com ele.

Annabeth caminhou até Frederick e o cutucou.

- MAI DAI, MAI DAI. - Frederick disse.

Eu segurei o riso.

- Calma pai, sou eu. - Annabeth disse.

- Filha onde você estava ? - Ele perguntou passando a mão sobre o rosto de Annabeth pra conferir se era ela mesma.

- Tá tudo bem agora. - Ela disse abraçando seu pai.

Abri um sorriso.

- Me desculpe Frederick. - Falei.

- Tudo bem Percy. - Ele disse.

- Vamos subir Percy. - Annabeth falou.

Quando chegamos no começo da escadaria Annabeth olhou pra mim profudamente.

- Percy, estou tão cansanda - Ela falou colocando a mão na testa. - Você poderia fazer a gentileza de me levar no colo ? 

Eu sorri.

- Ah, claro madame - Falei e peguei Annabeth no colo.

Subi as escadas até o quarto dela.

- Chegamos madame. - Falei e a coloquei no chão.

- Obrigada, você é um cavaleiro legítimo. - Ela disse.

Annabeth caminhou até seu guarda roupa e pegou uma camisola azul, foi até o banheiro e fechou a porta.

Eu coloquei roupas de frio e liguei a televisão do quarto de Annabeth.

- Annie, qual o canal dos animais marinhos ? - Perguntei.

Ela não respondeu. Em vez disso, saiu do banheiro com a camisola no corpo. Só de olhar pra ela eu fiquei louco.

- Gostou ? - Disse ela.

Eu não respondi, apenas fiquei olhando pra ela.

- Ei, o que houve com você cabeça de alga ? 

- Nada, eu só...tava de observando. - Falei.

Ela subiu na cama e veio engatinhando até mim. Me beijou e se deitou no meu peito.

- Acho que aprendi a voar depois disso. - Annie disse.

Eu ri e acariciei seus cabelos.

- Eu te amo - Falei.

- Eu também te amo. - Ela disse pra mim.

Eu estava feliz por Annabeth estar salva e por estar comigo. Eu não deixaria nada ou ninguém tocar em um fio de cabelo da minha namorada, sempre que ela estivesse comigo, estaria segura.

Annabeth fechou os olhos e adormeceu sobre meu peito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...