História IReunite With Victorious - Irmão Gêmeo Da Jade 2 Temporada. - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, David Henrie, Elizabeth Gillies, ICarly, Jennette McCurdy, Leon Thomas III, Miranda Cosgrove, Victoria Justice, Victorious
Personagens André Harris, Beck Oliver, Carly Shay, Cat Valentine, Erwin Sikowitz, Freddie Benson, Gibby Gibson, Personagens Originais, Rex Powers, Robbie Shappiro, Sam Puckett, Spencer Shay, Tori Vega
Tags Bade, Cabbie, Crossover, Gêmeos, Icarly, Seddie, Tandré, Victorious
Visualizações 22
Palavras 3.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Luta, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora, com a faculdade mais o estagio tá osso de arrumar tempo para postar.

Bem,chega de delongas,não preciso nem dizer que a fanfic está indo a reta final.

E um certo casal vai voltar neste capitulo,adivinhem quem.

Boa leitura.

Capítulo 50 - Royal vs. Rebel


No ringue, Jesse e Klaus ainda estavam se digladiando selvagemente.

Jesse: Eu devia ter chutado seu traseiro meses atrás!

Klaus: Você realmente é uma pessoa grosseira, não é?

Jesse: Algum problema com isso, almofadinha?

Klaus: Eu me pergunto o que a Carly viu em você, para que ela quer um cara como você se ela pode ter um cara como eu.

Jesse: Agora eu sei que você está apenas tentando me deixar irritado!

Klaus tenta aplicar um chute na cabeça de Jesse, que bloqueia e chuta a perna de Klaus, que chuta o tórax de Jesse, que agarra o pé dele em seguida,Jesse levanta um pouco a perna de Klaus e chuta a outra perna que ele estava se apoiando, derrubando Klaus, mas ele se levanta rapidamente.

Klaus: Chega de palhaçada!

Jesse: Finalmente concordamos com alguma coisa.

Klaus e Jesse estavam prestes a se socarem, mas os punhos acabam se acertarem, invés de acertarem os rostos dos adversários, eles continuam com o ritmo até ficar descontrolado e eles pararem para aliviar um pouco as mãos, mas eles se preparam para se socarem e acertam os rostos de um do outro ao mesmo tempo, eles fazem de novo mas dessa vez com a outra mão, sem seguida eles aplicam um gancho um no outro, fazendo sangue sair de suas bocas.

Jesse e Klaus se olham furiosamente e aplicam uma cabeçada um no outro, eles começam a ficarem desnorteados, mas Klaus fica mais ainda, Jesse aproveita, pula e aplica um cascudo com as duas mãos na cabeça de Klaus, derrubando-o de cara no chão.

Jesse: DE PÉ!

Klaus se levanta com dificuldade, Jesse aplica um forte soco em seu rosto, arrancando quatro dentes dele e derrubando-o novamente.

Klaus começa a tossir, Jesse fica apenas olhando para ele, ofegante e ao mesmo tempo,tentando não sucumbir ao gás rage, que estava cada vez mais difícil, nessa hora Carly aparece no local.

Carly: Jesse!

Jesse olha para trás e vê Carly e vai até o limite do ringue.

Jesse: Carly, você está bem?

Carly: Estou, mas...Você está com sangue na sua boca!

Jesse: Ah! Isso, não se preocupe, estava lutando com o Klaus.

Carly: Mas você venceu, né?

Jesse: Carly, você esta vendo ele aqui de pé? Não, né.

Carly: Mas você também não o matou, né?

Jesse: Não, eu não o matei...Ainda.

Carly: Não Jesse, você não vai fazer isso!

Jesse: É um pouco tarde demais para mudar as minhas decisões.

Carly: Tudo bem que ele fez a gente passar por coisas muito difíceis, mas tirar a vida dele não é a solução.

Jesse: De qualquer jeito, ele já está morto, quando os esquemas dele vierem a publico, o mundo inteiro vai querer a cabeça do cara!

Nessa hora, Tori, André, Sam e Freddie chegam ao local.

Sam: Carly! Jesse!

Carly: Sam! Ai meu Deus, me desculpe pelo que eu fiz!

Sam: Deixa isso para lá, Jesse o que está fazendo nesse ringue?

Jesse: Partindo a cara do príncipe encantado.

André: Serio mesmo? Você acabou com o Klaus?

Jesse: Na porrada não têm limites.

Jesse olha para trás e vê que Klaus não estava mais lá.

Jesse: Cade ele?

Freddie: Ele quem?

Jesse: O Klaus! Ele estava bem ali!

Tori: Olhem! Ele está fugindo!

Jesse corre atrás dele, Carly, André, Tori, Sam e Freddie o seguem, Klaus estava entrando em uma área que parecia ser de decolagem.

Jesse: KLAUS! VOLTE AQUI SUA COPIA DO AUSTIN BUTLER!!!

Klaus entra em um dirigível que estava pronto para espalhar o gás rage no pais inteiro, Jesse entra nele, mas o dirigível estava começando a levantar do chão, naquela mesma hora, Carly e os outros conseguem entrar no dirigível e se reunido com Jesse que tinha perdido Klaus de vista.

Tori: O dirigivel está subindo.

Freddie: Percebemos, e agora?

Carly: Temos que encontrar o computador principal do Klaus e sabotar a inteligência artificial com esse cartão que o Nevel me deu.

Jesse: Deixa eu ver.

Jesse pega o cartão e vê o que está escrito.

Jesse: Schneider? Isso é um nome, sobrenome ou codinome?

André: Sei lá.

Jesse: Perai, e esses machucados? Quem fez isso com vocês?

Freddie: Nós mesmos, inesperadamente ficamos sobre o efeito do gás rage e atacamos uns ao outros, mas não se preocupe, todos nós já voltamos ao normal, mas alguns de nós não puderam vir.

Jesse: E a Jade?

Sam: A Tori deu uma surra nela.

Tori: Sam!

Jesse chega até Tori e a pega pelo colarinho agressivamente e juntando um pouco seu rosto para o dela.

Jesse: Você bateu na Jade?

Tori: Não foi por que eu quis, eu não consegui resistir ao efeito do gás, por favor acredite em mim!

André: A Tori está certa, Jesse, ninguém lá foi responsável pelos próprios atos, os meus instintos me obrigaram a lutar com o Freddie, eu não queria fazer aquilo!

Freddie: Nem eu queria brigar com o Beck! Para que eu queria fazer isso?

Carly: Jesse, eu também fui obrigada a lutar com a Sam, e se o Spencer não tivesse tentado me impedir...Acho que eu faria algo lastimaria para sempre.

Jesse: Eles têm razão, isso por que todo mundo sabe que você não teria a menor chance contra a Jade sem o gás.

Tori:Nisso eu concordo plenamente.

Jesse solta Tori.

Jesse: E também deve ter sido sorte de principiante.

Freddie: Vamos em frente.

Enquanto isso, na outra parte da PCA, o resto da turma estava repousando,e eles vêm o dirigível levantando voo, mas o balão que estava cima era muito estranho.

Beck: Robbie? Aquele balão não se parece muito com o Rex?

Robbie:É como se fosse um Rex gigante balão!

Cat: E por que eles iriam fazer um balão do dirigível em forma do Rex?

Spencer: Sei lá, têm gosto para tudo nesse mundo.

Jade: Sem comentários.

Voltando ao dirigível, eles entram em uma parte que parecia um restaurante fino.

Sam: Alguém aqui gosta de uma comida boa.

Carly: Claro, ele é um principe.

André: Um principe que adora ver espetaculos de pessoas brigando até a morte.

Freddie: Tradução: Um bárbaro com um titulo monarquio, a historia está cheia deles.

Tori vai até a janela.

Tori: Vocês não acham que o dirigivel está indo rapido demais?

Freddie: Ele deve ter instalado foguetes de alta potência para chegar rápido aos outros estados.

Carly: Vamos, temos que terminar logo com isso.

De repente, umas câmeras surgem no local.

Jesse: Mais cameras, isso aqui é um Big Brother ou o que?

Sam: Quantos ricaços sádicos estão assistindo a gente esperando um sou todos nós morrerem?

Jesse: Eles que esperem sentados.

Eles correm até a sala do computador que é a mesma sala de controle do dirigível, chegando lá...

André: Não devia ter um piloto aqui?

Freddie: Aqui está dizendo que foi posto no piloto automático.

Tori: Pessoal, o que uma estatua do príncipe Klaus está fazendo aqui?

Carly: Foi aquela que Spencer fez para ele, mas por que está conectado a cabos?

De repente, Freddie leva uma voadora de Klaus, e acaba batendo a cabeça nos controles são revestidos de aço e caindo no chão.

Sam: FREDDIE!

Jesse: Klaus, seu desgraçado!

Jesse parte para cima de Klaus e os dois vão para fora da sala de controles, Carly os segue, mas leva um soco no rosto e quase cai, ela olha para o lado e vê Missy.

Carly: Missy?

Missy: Oi Shay.

Carly: Você é uma das piores pessoas que conheci.

Missy:E o que você vai fazer? Vai me bater assim como fez com a Sam?

Carly: Acho que sim, mas em você, vai ser com gosto, por mais que eu não goste de violência.

Enquanto isso, Jesse e Klaus se confrontavam no salão de jantar.

Klaus: Achou que eu iria jogar a toalha?

Jesse: Segundo round?

Klaus acena com a cabeça positivamente.

Enquanto isso, na sala de controles, Sam estava tentando acordar Freddie.

Sam: Freddie acorda, por favor, não faz isso comigo!

André e Tori iam até ela, mas André tinha percebido um vulto atrás de Tori segurando alguma coisa prestes a ataca-la, ele puxa Tori para o lado evitando que ela fosse atacada, eles olham para a atacante, era Ponnie.

Tori: Ponnie? Mas...

Ponnie: Conseguir escapar e agora eu vou acabar com você de uma vez por todas, Tori!

André(cochichando): Eu duvido que a Sam possa ajudar a gente agora.

Tori: Eu sei.

Ponnie, que estava segurando uma presa de Mamute, tenta acerta-los, os três acabam indo para uma sala de antiguidades, enquanto Sam ainda tenta acordar Freddie.

Ponnie, furiosa e mais insana do que nunca, tenta atingi-los de todos os jeitos, quebrando as antiguidades no processo e gritando também, Tori e André vêm uma mesa atrás deles, vão atrás dela e a empurram para Ponnie, eles continuam empurrando até pressiona-la na parede, mas antes que pudessem chegar na parede, ela tenta acerta-los com a presa de mamute, eles se afastam um pouco, Ponnie atira a presa de Mamute na cabeça de André, fazendo-o derrubar uma caixa de vidro, em seguida, ela puxa um bastão e acerta a cabeça de Tori, derrubando-a.

Ponnie sai de trás da mesa, pega a presa de Mamute e vai até André.

Ponnie: Primeiro você, "Predador".

Ponnie levanta a presa de mamute pronto para atingir André, mas ele joga uns pequenos pedaços de vidro nos olhos dela.

Ponnie: AARRGHH! MEUS OLHOS!

Tori aparece por trás e aplica um soco no rosto de Ponnie, derrubando-a, e ajuda André a se levantar.

André: Agora sim você está parecendo com a Shelby Marx.

Tori: Ah, meu Deus.

De volta ao salão de jantar,Jesse pressiona a cabeça de Klaus contra a parede, que chuta Jesse nas costelas para solta-lo, e consegue e chuta Jesse no rosto, Jesse tenta aplica um soco em Klaus que se esquiva e desce o pé na coxa de Jesse, quase o deixando de joelhos, Klaus tenta outro chute no rosto, mas Jesse agarra a perna e aplica um chute no rosto de Klaus.

Jesse tenta aplicar outro chute em Klaus,que bloqueia e acerta um chute no peitoral de Jesse, que gira e aplica um chute no rosto de Klaus,Jesse vai para cima dele,Klaus tenta levantar uma mesa como um escudo,mas Jesse aplica um chute na mesa,partindo-a em duas e atingindo Klaus no processo,que cai no chão,mas se levanta.

Jesse vai até Klaus e começa a aplicar rápidos socos no estilo Wing Chun,mas Klaus protege sua cabeça com os braços, Jesse aplica um soco debaixo dos braços de Klaus,acertando seu rosto, Klaus acaba abrindo a guarda e recebe um chute no rosto por Jesse logo em seguida.

Klaus: Eu vou matar você.

Tô vendo que você não dá nem para o cheiro, "Klaudia"-Diz Jesse provocando Klaus. 

Enquanto isso,os telespectadores ricos online que assistiam a briga de Jesse e Klaus vibravam,até mesmo o povo de River estava vendo o confronto em um telão no meio de uma das cidades,eles estavam torcendo por Jesse, muitos deles gritavam para ele matar Klaus.

Enquanto isso, Klaus tenta aplicar um soco em Jesse, que bloqueia e soca Klaus no pescoço e o chuta na barriga e no rosto, Jesse corre até Klaus, coloca a mão em um dos ombros dele, pula e aplica uma cotovelada no meio da cabeça dele, deixando-o desnorteado e fraturando parte de seu cranio.

Jesse olha um taco de baseball com longos pregos fincados nele e tambem percebe que a parede que estava a frente deles tinha um alvo, Jesse pega o taco de baseball e vai até Klaus, que estava tonto e de cabeça baixa, Jesse usa o taco para levantar a cabeça de Klaus e faze-lo olhar para ele.

Jesse: Vamos ver se eles vão gostar disso.

Jesse se prepara e acerta Klaus com o bastão, Klaus praticamente sai voando depois de ter sido atingido e vai até o meio do alvo e parte da cintura para cima dele explode deixando a da cintura para baixo dele intacta, uma enorme mancha de sangue fica na parede, Jesse solta o taco e vai embora dali.

Enquanto isso, Carly acerta um soco em Missy, que tenta revidar, mas Carly se abaixa e agarra Missy a arrastando-a para um armário, Missy aplica uma cotovelada nas costas de Carly, que joga Missy no chão.

Missy se levanta.

Missy: Você era mais selvagem quando estava lutando com a Sam, será por que você realmente sentia raiva dela quando ela sempre te metia em encrencas e sempre fazia assumir responsabilidades que deveriam ser dela?

Carly: Cala essa boca, Missy!

Missy: Você sabe que eu estou certa, Carly, você pode ter errado com ela, mas Sam está longe de ser uma santa, as suas falhas com ela são as falhas dela como amiga, e eu nunca fiz isso com você!

Carly: O que está tentando fazer Missy? Fazer com que eu me torne sua amiga de novo? Esquece! Sam pode ter errado comigo muitas vezes, mas pelo menos ela nunca tentou me manipular, como certas pessoas que eu conheço.

Missy se irrita e avança contra Carly, ela tenta aplicar uma joelhada, mas Carly bloqueia o golpe com o cotovelo e usa o outro para atingir Missy no estomago, na mesma hora, Missy pega uma garrafa de vinho e atira na cabeça de Carly, que cai, Missy vai até ela.

Missy: Pode dizer adeus a esse mundo, Carly Shay!

De repente, alguém agarra Missy pelos cabelos e a puxa violentamente, era Jesse.

Jesse: Garota errada!

Jesse aplica um soco no rosto de Missy quebrando seu nariz e tambem deixando-a inconciente.

Jesse:Nunca ferre com um West.

Jesse vai até Carly que estava caída.

Jesse: Carly acorda.

Carly: Jesse?

Jesse: Você está bem?

Carly: Acho que sim, Missy jogou uma garrafa na minha cabeça.

Jesse ajuda Carly a se levantar e verifica se tem algum corte na cabeça dela feita pela garrafa.

Carly: Eu já disse que estou bem.

Jesse: Carly, eu não iria suportar te ver ferida, bem...Vamos, temos que ver os outros.

Jesse e Carly vão até a sala de controles, já la dentro, Sam ainda estava tentando acordar Freddie que ainda estava desfalecido.

Sam: Acorda, Freddie...Acorda, você não pode ter morrido!

Sam se desespera e começa a bater em Freddie.

Sam: Acorda seu imprestável! Acorda seu Nerd! Acorda eu sei que eu te machuquei durante todo esse tempo, mas o mundo depende de você por que eu não sei mexer nisso...

Sam para de bater em Freddie e começa a lacrimejar.

Sam:...Mesmo se eu soubesse, eu não quero que você vá embora...Pode não parecer e apesar de tudo que eu disse...Você é muito importante para mim que você não faz nem ideia.

Os sentidos de Freddie voltam a funcionar ao poucos.

Sam: Nós nos machucamos demais um ao outro, tinha horas que eu perguntava do por que disso.

Freddie abre os olhos e olha para Sam.

Freddie: Sam?

Sam: Freddie?

Freddie: Me perdoa por ter te machucado tanto, não fui certo o que eu fiz, sei que errei, mas se você me permitir, eu vou fazer de tudo para me redimir com você...Eu te amo.

Sam: Eu também te amo, Freddie.

Sam e Freddie se abraçam, Freddie usa uma das mãos para secar as lagrimas da Sam, nessa hora, Jesse e Carly chegam na sala.

Jesse: Perdemos alguma coisa?

Sam e Freddie olham para eles, desfazem o abraço e se levantam.

Carly: Olha, se vocês dois se entenderam, não precisam ficar com vergonha disso.

Jesse: Verdade, bom deixa isso para depois, temos coisas mais importantes no momento.

Tori e André chegam na sala e se reúnem com eles.

Carly: Onde é que vocês dois estavam?

Tori: Ponnie, foi isso que aconteceu!

Freddie: Quem?

André: Explicamos depois, e agora?

Jesse puxa o cartão.

Jesse: Carly, você disse que devemos colocar o cartão para sabotar a inteligência artificial do computador, não é?

Carly: Foi Nevel quem disse.

Jesse: Ok, mas onde devemos introduzir isso? Não há nenhuma entrada de cartão nesse sistema.

Tori: Talvez não seja nesse sistema, talvez seja em outro.

Sam: Tá, mas qual?

André olha para estatua de Klaus e lhe vêm uma ideia.

André:Pessoal, me ajudem a abrir essa estatua, mas com cuidado.

Eles abrem a parte da frente da estatua, a parte da cabeça tinha uma entrada para o cartão.

Carly: Como você soube disso?

André: Apostei.

Jesse: Marcando gol de olhos fechados, mandou bem André.

Jesse introduz o cartão na entrada e o vírus faz o resto do trabalho, de repente a voz da inteligencia artificial se pronuncia.

Sistema e dados comprometidos, contagem do lançamento do gás abortada.

Tori e Carly: Conseguimos!

Freddie: Por pouco, por muito pouco.

Contagem de alto destruição iniciada.

Jesse, Carly, André, Tori, Sam e Freddie: O QUE?!

Jesse: Contagem de alto destruição? Nevel sabia disso?

Freddie:Não sei dizer, por que geralmente um sistema de alto destruição é instalada quando o sistema é comprometido e para não cair em--

Sam: FREDDIE, CALA A BOCA E VAMOS FUGIR DAQUI!

Eles correm desesperados até a saída de emergência que ficava em uma das salas, eles abrem e vêm o tamanho da altura.

Tori: Cruzes!

Jesse: Só por que eu não estava querendo ir ao baile de formatura desse ano, não queria dizer que eu queria morrer.

Carly: O que a gente faz?

Freddie: Se tivesse algum para quedas...

Jesse: Olhem!

Eles olham para trás e vêm quatro paraquedas e resolvem dividir com quem ira saltar, Jesse com Carly, Tori com André e Sam com Freddie, Carly coloca um dos para quedas em Missy que estava acordando.

Missy: Por que está fazendo isso?

Carly: Eu não vou me rebaixar a você.

Em seguida, todos eles pulam e puxam os paraquedas e alguns chegam no chão, Jesse e Carly aterrissam bruscamente com Carly em cima de Jesse.

Jesse: Ai!

Carly: Você está bem?

Jesse: Estou, é que é primeira vez que pulo de para quedas...E tambem servindo de colchão de segurança para alguém.

Carly: Desculpa.

Carly tenta sair de cima de Jesse, mas o lençol do para quedas estava muito em cima deles dois,quase impossibilitando algum movimento, ela acaba caindo em cima de Jesse de novo e dessa vez com o rosto dela colado com o rosto dele, os narizes se tocando e os lábios quase se encostando, Carly olhava os olhos azuis de Jesse, que olhava nos olhos castanhos de Carly, os dois estavam fortemente corados, uma parte deles estava com medo de tomar a iniciativa de dar o próximo passo, a outra estava gritando para acabar com o espaço entre eles dois, de repente, o tecido que estava em cima deles é tirada por Sam, Freddie, Tori e André.

Tori: Vocês estão bem?

Jesse(em um tom irritado) :É.

Carly sai de cima de Jesse, que em seguida se levanta.

Sam: Helicopteros vindo.

Eles olham para cima e vêm uns helicópteros militares aterrizando próximo onde eles estavam, de dentro deles sai o Coronel Steven Shay acompanhados por um grupo de fuzileiros.

Carly: Pai!

Carly corre até Steven e o abraça, ele retribui, Jesse e os outros vão até eles.

Carly: Senti muito a sua falta.

Steven: Eu tambem, Carly.

Carly e Steven desfazem o abraço.

Sam: Coronel Shay, é bom ver o senhor novamente, mas o restante dos nossos amigos estão no PCA.

Steven: Tudo bem, Sam, uma outra equipe estão cuidando deles, mas todos vocês estão bem?

Todos respondem positivamente em respostas diferentes.

Steven olha para Jesse.

Steven: Oi Jesse, há quanto tempo.

Jesse:É bom revê-lo, coronel Shay.

Steven: Como vai seu pai?

Jesse: O mesmo de sempre, mas eu já não espero mais nenhuma melhora dele.

Steven: Eu sinto muito.

Jesse: Que seja.

Steven: Bem, nos confiscamos os frascos da cura que Klaus recolheu para ele mesmo, Nevel concordou em testemunhar, o Chanceler foi encontrado amarrado na sala do diretor, ele será investigado e Isabelle Kravinoff também.

Tori: Que bom que tudo acabou.

Steven: Vamos, temos uns frascos da cura para o gás rage, vamos livrar vocês logo disso.

André, Tori, Sam e Freddie vão andando na frente, enquanto...

Jesse: Carly.

Carly: Que foi?

Jesse:Quer ir ao baile de formatura comigo?

Carly: Achei que você não iria.

Jesse: Mudei de ideia, e quero que você venha comigo, e ai, pode ser?

Carly: Aceito, por que não?Vai ser divertido.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...