História Is it Love? Drogo - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Is It Love
Visualizações 122
Palavras 1.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eae galerinha da pesada kk voltei!!! Com muitas referências!!! Não aguentei ficar muito tempo sem escrever essa fic.. Então mudei o jeito de escrever a fic resolvi dá uma atualizada ❤ espero que gostem assim❤❤
Boa leitura ❤

Capítulo 10 - Sebastian Jones


Fanfic / Fanfiction Is it Love? Drogo - Capítulo 10 - Sebastian Jones


Sarah me leva para se limpar na casa dela, chegando lá a senhora Carteryne abri a porta e fica abismada com o que tá vendo

- meu Deus o que aconteceu naquela festa?! - ela fala me dando espaço para passar - você se machucou?! Vocês não deviam ter ido!

- uma idiota armou tudo isso para mim.. mas não se preocupe - falo tentando acalmar ela 

- bom mãe Anny vai se limpar aqui, e vou procurar uma roupa para ela, pelo menos até chegar em casa..- Sarah fala entrando no quarto vasculhando o guarda roupa

Entro no banheiro com uma raiva daquela vadia, eu respiro fundo tentando não quebrar o espelho do banheiro, ser um vampiro as vezes não me ajuda em nada.. queria ver meu reflexo

Tiro o vestido e sento na banheira com cuidado para não sujar toda de tinta.. fico lá uns quinze minutos voando em meus pensamentos ainda não tirei da cabeça a minha vingança, quando alguém bate na porta eu saio daquele transe 

- já escolhi a sua roupa tá lá em cima da cama - Sarah fala do outro lado da porta

- tá bom já vou sair..

Saio do banheiro e vou direto para o quarto, coloco o moletom que tava em cima da cama; desde da primeira vez que vim aqui nunca reparei direito nesse quarto tem um toque retrô.. começo a olhar para tudo mesmo até meus olhos chegarem no livro que Sarah disse para não mecher, mas a curiosidade é maior, vou até ele devagar para não fazer nem um barulho, do jeito que eu sou qualquer barrulhinho seria um furacão..

Eu passo a mão pela capa grossa  abrindo e começo a folhear até parar em uma página interessante, eu já devia está nas páginas de magia negra. O título da página tava borrado mas dava para ler tava escrito: "maldição imperius" eu tentei ler algumas partes mas alguém me atrapalhou batendo na porta, a minha reação foi destacar a página e esconder no moletom

- oi querida fiz um chá para nós vem tomar - dona Carteryne me puxou até a cozinha

Depois de ter tomado o chá e comer alguns biscoitos caseiros Sarah me levou até o ponto de ônibus, para ir até a mansão. Chegando lá adivinha quem abriu a porta! Isso mesmo Nicolae o melhor detetive do mundo

- você não tava com essa roupa, aconteceu alguma coisa que eu não tô sabendo? - ele fala desconfiado como sempre

- só passei na casa de uma amiga para trocar de roupa aconteceu um acidente com a outra..

- acidente? Que tipo de acidente?! - ele fala ainda mais curioso, como eu odeio isso

- coisas de garota Nicolae, coisas de garota.. posso subir agora?! - falo com ironia  e ele afirma com a cabeça

Subo as escadas para o meu quarto "às vezes Nicolae é muito intrometido" penso comigo mesma deitada na cama, enfio a mão no bolso e tiro a página que arranquei do livro, quando ouço alguém batendo na porta aff hoje não é o meu dia ér.. noite

- posso entrar? - Drogo fala na maior inocência, cara de pau

- o que você quer? - falo em tom seco

- você está bem? Ér.. depois do que aconteceu mais cedo. - ele senta do meu lado colocando sua mão em minha coxa

- eu estou ótima, e aproveita fala para aquela loira V-A-D-I-A o mesmo - recuso seu toque

- não fala assim da Samantha ela é problemática - ele fala rindo

- é para rir? Agora sai daqui! - falo apontando para a porta segurando a página na mão, merda agora vou ter que explicar para Drogo - e-então já pode sair

- o que é isso? - ele arranca o papel da minhas mãos - VOCÊ TÁ SE ENVOLVENDO COM MAGIA?!

- não é da sua CONTA!! - pego o papel denovo - AGORA SAI DO MEU QUARTO!!

- Anny me esculta, você é uma vampira não uma bruxinha qualquer!

- Drogo por favor, não vou pedir mais de uma vez, SAI DO MEU QUARTO agora - eu empurro ele para fora e tranco a porta

"Finalmente a sós" eu olho para o papel e começo a ler: "é uma das três maldições imperdoáveis, ou seja uma das mais poderosas, essa magia faz com que a vítima obedeça o lançador como um criado" 

hum quer dizer que a vítima passa a seguir ordens, interessante.. acho que alguém vai servir de empregada para mim

Eu deito na cama pensando nas possibilidades de usar essa magia "maldição" dormir rápido.. acordo com uma zoada no vidro da janela era a coruja

- oi fofa - faço carinho em suas penas - me acordou bem na hora de ir para universidade

Me levanto e vou até o banheiro fazer minha higiene, visto o uniforme e vou para universidade.. eu já estava bem atrasada todo mundo já tava nas salas eu entrei ofegante na sala e todos me olharam

- senhorinha! - olho para o professor devia ser o substituto me perco em seu olhar penetrante - senhorinha?! Pode se sentar

Eu apenas o obedeço não sou capaz de fazer mas nada

- bom meu nome é Sebastian Jones o novo professor de mitos e lendas, bom quero que abram na página noventa, onde estudaremos Liliths - nessa hora ele olha para mim como se já soubesse de alguma coisa, que cacete!

Ele passou a aula toda explicando sobre esse assunto e sempre seu olhar se desviava para mim, o que ele quer afinal?; O sino toca e todos já estão saindo da sala quando to chegando na porta o professor Sebastian me chama

- senhorinha! Quero conversar com você

- então.. desculpa mas eu tenho um assunto para tratar - falo tentando despistar 

- não vou tomar muito do seu tempo - ele insiste

- você não vem Anny? - Drogo aparece na porta, graças!!

- eu quero conversar com a sua amiga senhor Bartholy - ele fala com um certo clima

- Anny?! - Drogo insiste

- eu vou ficar e conversar com ele, pode ir

Drogo sai meu desconfiado e eu fico cara a cara com o professor to nervosa

Continua.


Notas Finais


Obrigada por ler ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...