História Island - Taekook Vkook - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Taekook Vkook
Visualizações 183
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eu sei que demorei para postar peço mil desculpas, foi por conta de que eu terminei a minha outra fic, between two times, então dediquei meu tempo à ela.

enfim, boa leitura 💞

Capítulo 7 - Lagoa azul


Fanfic / Fanfiction Island - Taekook Vkook - Capítulo 7 - Lagoa azul

 Nós saímos da cachoeira e fomos até a beira, passamos o dia como todos os outros, conversando sobre nossas vidas. A noite chegou e nós adormecemos lado a lado, Kookie fazendo conchinha comigo, eu não me incomodava com aquilo, pelo contrário gostava. 

{...}

- Ei bela adormecida acorda! - Acordei com Jungkook me balançando. Eu esfreguei meus olhos por conta da luz e olhei para Kookie. 

- Por que me acordou assim? - Perguntei levemente irritado.

- Pela posição do sol é mais ou menos meio dia, você disse que queria ir até a caverna e não podemos demorar tanto por conta da distância. - Ele falou me convencendo. 

- Ta, tudo bem, só preciso comer algo antes. - Falei já me sentando. Comi algumas frutas e logo eu e Jungkook nos dirigimos até a caverna. O caminho foi tranquilo, sem problemas, quando chegamos em frente a estátua não havia onça nenhuma o que deixou eu e Kookie aliviados. 

Eu prescionei a estátua mas nada aconteceu o que me deixou intrigado.

- Não está dando certo! - Falei chamando a atenção de Jungkook. 

- Espera. - Falou vindo em minha direção prescionando a estátua junto a mim, dessa vez funcionou, a escada no chão apareceu e eu e Jungkook hesitando, um pouco, descemos a mesma. Tudo estava como da última vez, até a tocha acessa. Nós a pegamos e começamos a andar pelos inúmeros túneis que tinham alí. 

- Kookie, não tem nada aqui, além de pedra e poeira, está muito quente. - Falei já perdendo minhas esperanças.

- Tem que ter alguma coisa aqui Tae, não é todo dia que encontramos túneis de baixo na terra e desenhos em suas paredes que só você consegue ver. - Ele falou fazendo minha esperança voltar. 

- Tem razão. - Falei sorrindo para o mesmo que retribuiu. De repente eu avistei uma luz vinda de um túnel, era fraca e tinha coloração azul. - Você está vendo essa luz Kookie? 

- Estou sim, vamos seguí-la. - Falou e nós fomos em direção à mesma.

- Wow! - Falei quando vi a imagem de onde vinha aquela luz, era uma lagoa com suas águas da cor azul, ela refletia deixando o ambiente iluminado. Larguei a tocha no chão apreciando aquela bela paisagem.

- Que lindo! - Kookie falou se aproximando da água, ele colocou a sua mão dentro da mesma. - A água está ótima. - Falou olhando para mim.

- Por que está me olhando assim? - Questionei ao ver o mais novo sorrir para mim.

- O que acha de nadarmos aqui? 

- Claro que não! Vai saber o que tem nessa água. - Falei me virando.

- Tae, vamos lá, você mesmo disse que aqui está calor. - Falou vindo para perto de mim.

- Não Kookie, já disse. - Falei me afastando um pouco dele.

- Então ta, já que é assim... - Falou vindo mais perto e me pegando no colo.

- Kookie me solta! - Falei dando socos nas costas do mesmo.

- Não. - Falou seco. O mesmo me atirou para dentro da lagoa fazendo eu ficar enfurecido.

- JUNGKOOK! VOCÊ NÃO FEZ ISSO! - Gritei de raiva.

- Fiz. - Falou e logo depois pulou também na água. - Você é muito sem graça sabia? Devia se divertir mais.

- Aish Kookie. - Falei jogando pouca água no mesmo. - Não é que eu sou sem graça, é que eu tenho precaução, ao contrário de você, vai lá se saber o que tem nessa água. - Falei com a cara fechada. 

- Tae... Tem algo de estranho que você ta sentindo aqui? Não né? Então para de ter medo, eu estou aqui para te proteger. - Falou me abraçando por trás.

- Eu não preciso de proteção de ninguém. - Falei fazendo o mesmo desfazer o abraço.

- Aé? - Questionou levantando uma sombrancelha. Eu assenti. - Então ta, não vou mais buscar comida para você de manhã. 

- Não preciso mesmo. - Falei virando a cara.

- Ótimo. - Falou me puxando de volta para sua direção ficando extremamente perto de mim. - Um trabalho a menos para mim. - Falou sorrindo sarcástico. Eu não consegui desviar meu olhar de seus lábios, eles eram tão lindos e beijáveis, Jungkook acabou notando meu olhar o começou a olhar também para meus lábios. Eu sentia sua respiração quente contra minha pele e cada vez estávamos nos aproximando mais, se é que isso seria possível, Kookie lentamente selou nossos lábios fazendo aquela sensação maravilhosa de sentir sua boca doce junta a minha voltar. Ele pediu passagem para a língua e eu cedi deixando Jungkook explorar toda a minha boca. Aquilo era divino, nunca tinha sido beijado tão bem em toda minha vida, parecia que nossas bocas foram feitas uma para a outra de tão perfeitamente que se encaixavam.

Infelizmente o ar fez falta e nos separamos, dessa vez eu não me escondi como da primeira vez, fiquei encarando Kookie que se mantinha com os olhos fechados. Logo ele também abriu seus olhos e mostrou seu lindo sorriso. 

- K-kookie... - Falei meio sem jeito.

- Ei, não se culpe novamente, fui eu que te beijei.

- Não é isso, eu só... - Falei abaixando minha cabeça mas logo voltei meu olhar para Jungkook e avancei em seus lábios voltando a inicar um beijo, mas dessa vez, mais quente. Eu adorava beijá-lo não podia negar isto. Kookie posicionou sua mão em minha cintura e eu em sua nuca acariciando seus fios de cabelos enquanto ainda nos beijávamos. Jungkook parou nosso beijo e começou a depositar beijinhos em meu pescoço fazendo eu arrepiar por inteiro, ele deixou alguns chupões que com certeza ficariam marcados. Voltamos as nos beijar sensualmente e aquilo já estava ficando quente demais, eu estava gostando, mas não resultaria em coisa boa, ou talvez sim. 

- K-kookie acho melhor pararmos - Falei quando nos separamos. 

- D-desculpa Tae, eu me empolguei. - Jungkook falou meio sem graça.

- Tudo bem, eu que comecei o beijo. - Falei com um sorrisinho. - E... eu gostei.

- Sério? - Questionou surpreso. Eu assenti. 

- Pode fazer isso mais vezes se quiser. - Falei sem pensar.

- Ok, eu faço. - Falou rindo fraco.

Nós começamos a nadar pelo lago que até agora tinhamos ficado parados em um lugar só. Enquanto nadávamos trocamos vários olhares e sorrisos o que me vez refletir que daquela vez tinha sido tão diferente, no nosso primeiro beijo eu fiquei muito tímido e retraído, mas agora, algo despertou em mim fazendo eu desencadear esse bloqueio com relacionamentos que eu tinha. Jungkook era diferente de todas as pessoas que eu já havia ficado, não sei explicar em qual aspecto exatamente ele seria diferente, mas algo nele é especial eu conseguia sentir isso. 


Notas Finais


eai o que acharam? espero que tenham gostado do capítulo!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...