História Isto não é racional, mas que se DANE a psicologia!-Vhope - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Ajudar, Amor, Depressão, Paciente, Psicologia, Suícidio, Taeseok, Vhope
Visualizações 118
Palavras 624
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá olá.
Sim este é o último cap ;-;
Eu gostaria de agradecer a vocês a por casa comentário e favorito :3
Amo vuxes :3
Boa leitura :3

Capítulo 35 - Complexo demais (Final)


*POV Hoseok*

Sabe, às vezes eu me pergunto porque eu continuo a tentar achar lógica e racionalidade nos meus sentimentos, principalmente nos que tenho pelo Tae.

O Tae é a pessoa menos compreensível e possível de encaixar com a racionalidade  que eu conheço. Se pá do mundo. Como que eu quero achar lógica nesse ser!?

Logo o Tae, que se culpa por coisas a sem sentido, que é tímido, mas quando quer toma cada atitude, que fica com os olhos brilhando igual a de uma criança, mas de criança não tem nada, logo ele, que muda de humor muito rápido, logo ele que sempre me fez sorrir com seu sorriso, logo ele que junto comigo manda a psicologia se danar, logo ele que me fez ir contra tudo e todos, que me fez esquecer tudo sobre o meu objetivo de ser alguém que nunca sairia da racionalidade por ninguém e cá estou eu ao lado de um Kim Taehyung sorridente vendo anime.

Eu realmente nunca vou entendê-lo e deve ser por isso que ele é tão interessante. Por mais que eu tente compreender aquela cabecinha estranha é difícil, parece que cada dia ele mostra um pedacinho novo dele. E isso provavelmente nunca vai acabar, ele é complexo demais pra que mesmo depois de muitos anos eu o entenda.

Ah, como queria entender esse ser tão irracional e lindo…

Ele é tão perfeito em todos os sentidos.

Eu nunca fui de acreditar em anjos, mas aí que conheci Kim Taehyung.

Se ele não é um anjo se parece muito com um. Sinceramente, é só você encara-lo que em pouco tempo você percebe o quanto ele é bonito como um anjo, seu sorriso retangular, seus olhinhos brilhantes, seu nariz fino e perfeitinho, seu cabelo que está quase sempre mudando de cor (Desde que o conheço já foi castanho, ruivo, loiro, voltou pro castanho e agora está da cor natural ou seja preto), suas pintinhas pelo corpo, sua pele meio bronzeada, quase dourada de tão linda. Ah, sem contar no quão ele é adorável. Ele consegue ser fofo com uma facilidade incrível, sinto vontade de apertá-lo quase sempre… E nos momentos que não quero apertá-lo… Bom… Você sabe, né? Hehe.

Eu não deveria fazer esse tipo de coisa com um anjo na terra, mas é inevitável, ele mesmo que pede e não devemos negar pedidos dos anjos, não é? Hehe.

Eu gostaria muito de dizer que sou bom o suficiente para este ser maravilhoso chamado Kim Taehyung, mas eu discordo disso, já ele acha que eu sou bom demais pra ele, e os outros dizem que somos perfeitos um pro outro, acho que vou passar a acreditar nisso.

Ah, como ele fica fofo animado pra batalhas de anime.

—Vai! Vai! Vai! Você consegue!!!-diz tenso assistindo a luta.

Não o aperte, não o aperte, não o aperte, não o aperte, não o aperte, não o aperte, não o aperte, não o aperte… AAAAAAH!

Acabei por dar um apertão de leve na bochecha dele, que me olhou confuso por uns segundos, logo voltando a ver o anime como se nada tivesse acontecido.

Ele é tão fofo… Socorro, ele não tá fazendo nada, mas ainda sim é extremamente fofo.

—Seokie, você não acha interessante esse anime?-perguntei ame tirando dos meus pensamentos

—Ah… Sim, bastante.-digo fingindo que prestei atenção em alguma coisa do anime, desculpa, mas como o Tae do lado fica difícil.

Ele de repente encostou a cabeça no meu ombro.

Ele é muito fofo e carinhoso… Eu realmente gosto disso.

—Seokie… Te amo.-diz

—Também te amo, TaeTae.-sorrio

Ah, às vezes parece que tudo passou tão rápido, como num piscar de olhos, eu viveria tudo de novo (menos aqueles momentos tristes que passamos juntos, por mais que isso seja necessário, eu não viveria de novo, não). Desde que nos conhecemos até hoje.

Ah, eu amo tanto este ser irracional chamado Kim Taehyung.





Notas Finais


Obrigadinha mesmo :3
N chorem pelo amor de Deus.
Em breve postarei mais fics :3
Se quiserem ler fiquem a vontade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...