História Jogo da Vida - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, One Direction, Rebeldia, Romance, Tortura
Visualizações 659
Palavras 926
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - O bilhete


Fanfic / Fanfiction Jogo da Vida - Capítulo 8 - O bilhete

Depois que todos foram embora, eu liguei pra Fê, acho que ela ficou bolada ou algo do tipo...

~ ligação on ~

- Oi Fê – falei

- Oi Isa

- Ta com raiva?

- Não to, me conta tudo, o que houve?

- Nada demais, nós ficamos fazendo trabalho e daí, me deixaram sozinha com o Harry.

- Meu Deus, você ficou sozinha com ele? Rolou alguma coisa? – sentia Fernanda surtar no telefone.

- Não, eu não o beijei, não rolou nada e não vai rolar, você sabe o porquê, sabe o que houve comigo e não quero sofrer de novo.

- Amiga para, nem todo mundo é igual, da uma chance pro Harry, tipo se fosse eu, já teria até dormido com ele.

- Meu Deus Fernanda – fiquei pasma com isso.

 

~Narrado por Harry:

- Gente, ela não confia em mim, tenho que provar que eu quero o bem dela. – falei

- Eu tive uma idéia – falou o Zayn.

- Envolve sequestros?  - perguntou o Liam

- Não – falou o Zayn

- Então fala – falou o Louis.

- Vamos pedir pra Perrie e as amigas dela derem um susto, uns tapas nela e daí o Harry chega e a defende e chegamos junto e ficamos contra ele, daí ele some com ela e quem sabe assim ele consegue a confiança dela.

- Que ótima idéia – falou o Louis e tenho que admitir que eu acho que vai adiantar.

- Gente, vocês vão machucar ela – falou o Liam

- Para com isso cara, não é nada demais, é só uma brincadeirinha – falei

- Eu não concordo com isso – Liam é muito certinho

- Então não ajuda, mas também não atrapalha – falou o Louis.

- Ok – concordou o Liam.

- Vou ligar pra Perrie – falou o Zayn e todos concordaram.

 

~Liam narrando:

Cara eles não podem fazer isso, mas eu também não posso ir contra eles, não é assim que se trata uma menina, eu tenho uma idéia, mas não sei se vai adiantar, só que mesmo assim eu vou tentar, ela não pode sofrer, ela deve ser legal, porém já deve ter sofrido muito e daí faz e fala essas coisas.

Esses meninos vão fazer muito mal a ela e o Harry, com certeza vai se arrepender conheço ele, tomara que a ficha dele caia antes que ele acabe sofrendo também.

 

~Harry narrando:

Bom, tava tudo certo, Perrie disse que nos ajudaria amanhã mesmo, o Liam não quis fazer parte disso e então disse que tinha algo pra fazer e daí saiu antes mesmo do Zayn desligar o celular, ele ficou cheio de gracinha com a Perrie, ridículo não? Foi de embrulhar o estomago, mas amanhã creio que vai dar tudo certo, tem que dar, mas eu tenho meu plano B ainda, só que eles não sabem e nem vão saber, vai ser surpresa.

 

~Isabella narrando:

- Bilhete? Como assim bilhete mãe? – não tava entendendo nada

- É Isabella, um bilhete, ta lá na mesa da sala, escrito “Para Isabella”, vai lá olhar anda – eu não to entendendo mais nada, caminhei em direção à sala e lá estava o tal, o papel era rosa, o peguei e levei para o meu quarto, isso ta estranho, não tem nome e nem nada, mas o que tava escrito foi profundo.

“Ei minha pequena, você é linda sabia disso?

Mesmo nunca lhe vendo eu sei que é.

Duvida? Você já fez alguém sorrir na vida? Já não é?

Então, se você fez ou faz alguém feliz, isso já lhe torna linda.

Então me promete uma coisa meu anjo? Promete-me que não vai deixar que ninguém te convença do contrário? Promete-me que independentemente de tudo que aconteça você vai sempre sorrir, você sempre vai erguer a cabeça e dizer “eu consigo”?

Faça tudo o que lhe der vontade: saia, dance, se divirta, sorria, viva intensamente.

“Faça tudo o que quiser só não se apegue minha pequena, porque quem se apega sofre.”

 

Quero saber quem mandou, seria o Harry? Não, claro que não, ele não faria isso, ele é idiota, mas seja quem for eu quero conhecer.

 

~Liam narrando:

Eu mandei um bilhete pra ela, vi esse texto na internet uma vez e daí achei que tem a cara da situação na qual estamos, não sei se ela vai entender, mas acho que depois de amanhã ela vai ver o que eu quis dizer com “não se apegue”, não to fazendo isso por ela, to fazendo isso por mim, não foi isso que minha mãe me ensinou, eu tenho caráter e trato uma menina do jeito que eu gostaria que tratassem minha filha e sei que todo ato gera uma consequência , o deles vai gerar uma ruim, acho que eles vão acabar se apegando à ela ou não sei, sei que ela sabe como revidar a altura, pelo pouco que eu conheço dela, acho que ela é muito forte pra uma menina de 17 anos.

 

~Narrador:

Os meninos estão mesmo querendo acabar com ela e será que o Liam fez certo em mandar o bilhete? Será que ela vai entender o recado? O que será que vai acontecer com ela amanhã? Perrie e as amigas dela têm um histórico bem cruel. Acho que a Isa ganhou um anjo protetor, ou não, eu não sei, a vida é um jogo, vive dando voltas, nada é previsível, vamos apenas aguardar e vê aonde isso tudo vai dar porque ainda tem muita coisa pra rolar. Espero que no final tudo dê certo ou não, como eu disse, o jogo da vida é imprevisível.


Notas Finais


Até a próxima e obg por lerem minha fic, não sabem o quanto eu sou grata a vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...