História Julia Robson e os descendentes do universo - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 4
Palavras 1.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Científica, Mistério, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Cap 03


Fanfic / Fanfiction Julia Robson e os descendentes do universo - Capítulo 3 - Cap 03

Saímos e ele me levou até o que ele disse ser "Escola" e definitivamente era enorme, os detalhes era como se fosse de arte barroca e os jogos de luzes usados no teto era uma arte única.

-Bom, vou começar te explicando como tudo funciona aqui- paro de admirar o lindo lustre que se encontra no teto e o encaro -Quando eu terminar pode fazer qualquer pergunta, certo? - concordo com a cabeça e faço movimentos com a mão indicando para ele continuar- Nós somos divididos por elementos, sendo eles elementos da natureza, terra, água, fogo e ar. Cada elemento tem seu dom e sua função aqui, nós precismos uns dos outros por isso é importante que nao haja nenhum tipo de desentendimento, por isso é melhor lembrar que nenhum elemento é melhor que o outro, somos uma família e temos que nos manter unidos, tem alguma pergunta? - ele desmancha aquele semblante sério e abre um sorriso para mim.

-Quais são os dons de cada elemento?pergunto um pouco interessada no assunto, enquanto íamos para um elevador. ele aperta o número 10, e o elevador começa a se movimentar, enquanto ele volta a virar para mim e falar- Pessoas de terra tem o dom de mecher com a mente das pessoas, de ler suas expressões faciais facilmente. As pessoas de fogo tem o dom de saber oque voce pensa, o dom de fazer você pensar oque elas querem. As de água pode fazer você ter delírios fortes, assim como podem curar uma dor facilmente. As pessoas de ar tem o dom de levitação, e também podem te fazer enlouquecer em poucos segundos, mecher com a sua mente ao ponto de fazer você se matar- não sabia se ficava admirada ou espantada com cada palavra que saia de sua boca.

-Como vou descobrir qual será o meu elemento?- O encaro meio séria.

-Terá uma pessoa para testar você, saber no que você é boa, no que é ruim, fazer você despertar seus poderes e assim designar você para o seu elemento. -

quando o elevador para voltamos a andar.

-E se eu não pertencer a elemento nenhum? E se vocês abrirem os olhos e descobrirem que isso tudo é apenas um mal entendido?- ele da uma gargalhada.

- Você é engraçada, porém dificilmente nos engamos, apenas aceite que é uma de nós que que se acostumara muito mais rápido do que pesa.- quando percebo estamos em frente a uma porta de madeira, assim como todo aquele lugar a porta também tinha mínimos detalhes de arte, lindo assim como todo o local.

-Este será seu quarto, tudo que precisará estará aí dentro, aqui estão a chaves, espero que goste. Depois que se ajeitar esteja lá em baixo, temos que ver suas matérias e também quem irá lhe treinar.-concordo com ele abrindo a porta do meu quarto e por alguns minutos fico vagando admirando aquele quarto, era enorme, seu teto era com detalhes aparentemente feitos a dedo, com um lindo lustre de flores no teto, o chão era um piso liso com detalhes floridos, era tudo muito delicado, sou tirada dos meus pensamos rapidamente pelo rapaz .

-Ah, sinto que não perguntei seu nome, qual é? Ele pergunta olhando em meus olhos.

-Júlia, Júlia Robson

-Michael, prazer Julia, se acomode e não demore e bem vinda a SHS. - ele dá um sorriso e acena da porta logo sumindo.

Era tudo insano, meus pensamentos estavam a mil, olho para a cama que estava ali, penso seriamente em me jogar e dormir, porém me lembro das palavras de Michael que era para descer o mais rápido possível.Olho para o guarda roupa na minha frente e o abro, as roupas não eram muito coloridas, tinham mais preto, cinza, branco e marrom. As blusas eram totalmente sem estampa,eram totalmente lisas, pego uma toalha, branca e com o bordado "SHS". Abro a porta e confirmo se era o banheiro mesmo, tomo um banho quente para que relaxem meus músculos, e fecho os olhos.

Penso por poucos minutos que tudo isso foi causado pela batida forte que tive no acidente, e meu cérebro planejou isso para me alivar da dor do acidente, sou desviada totalmente quando o chuveiro apita, eu me enrrolo imediatamente na toalha e corro para fora do box do banheiro. Quando percebo perto do chuveiro tinha algo parecendo um tubo de vidro escrito "Água esgotada" em palavras grandes e vermelhas.

-Mas que merda- saio do banheiro e pego no guarda roupa uma blusa cinza e uma calça preta, umas botas que estavam no chão, quando percebo que estou pronta abro a porta para ir no Michael. Era um corredor enorme e fiquei com medo de ficar perdida ali, vou andando reto pelo corredor sem saber onde iria dar, era um local enorme mas no final do corredor encontro o mesmo elevador que usamos para vim, entro nele e junto comigo entra uma menina com cabelos e olhos cor azuis vibrantes, ela me encara e da um sorriso.

-Olá, sou Sara - ela fala sorrindo para mim.

-Olá, sou Julia- devolvo o sorriso porém não tão entusiasmada quanto ela.

-Você é nova não é Julia, você é a terraquea de que estão falando certo?

- Sim sou nova, porém não sabia que estavam falando de mim- olho para ela meio confusa, e quando percebos o elevador pausa.

-Sim estão, e bom eu tenho que ir, foi um prazer te conhecer.- ela acena e eu lembro que não conheço nada aqui.

-Poderia me ajudar a achar Michael?

-Ah o Mike, você o encontrará seguindo reto,virando a esquerda tenho, certeza que o encontrará.

-Muito obrigada- dou um sorriso e um aceno.

Sigo meu caminho indo para onde ela me indicou, e lá realmente estava ele, Michael, sentado em uma cadeira mexendo em um vidro.

Vou chegando mais perto e vejo que ele percebeu minha presença e guarda o vidro no bolso e levanta.

-Foi rápida.- ele dá um sorriso.

-É, minha água esgotou..- finjo graça.

-Ah sim, água é muito importante não podemos desperdiçar, por isso existe o regulamento de água. - ele ri.

-Mas, bom,vamos escolher suas matérias- ele aponta para um balcão, e la um caderno com várias folhas e com várias matérias diferentes, ele disse que poderia escolher qualquer uma sendo que é obrigatório no mínimo 3, escolho 5.

Gravitação Universal;

História dos universos;

Português geral;

Matemática geral;

E

Biologia Geral.

-Belas matérias, eu já escolhi os professores para te treinarem, esta pronta para começar sua jornada aqui?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...