História K-idol Apaixonado - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Jimin, Jungkook
Visualizações 137
Palavras 737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um cap, estou correndo aqui contra o tempo, meu dia de folgaa.

Capítulo 4 - Uma Despedida


Fanfic / Fanfiction K-idol Apaixonado - Capítulo 4 - Uma Despedida

Jungkook ON

Nunca tive um ano tão maravilhoso como esse, cada vez mais eu me sentia apaixonada pela S/N, ela era perfeita em todos os aspectos, linda, compreensiva, carinhosa e amiga. Eu me sentia da melhor maneira sempre que eu estava com ela, antes eu odiava meu tempo na escola mas agora eu contava os minutos para estar lá e poder ficar com ela.

                A gangue ficava longe de nós porque morriam de medo da S/N, só bastava ela olhar feio para eles e eles saiam correndo, ela fez amizade rapidamente com todos na sala, o tempo inteiro eu não conseguia esconder meu olhar apaixonado por ela, era impossível, eu sorria todas as vezes que olhava para ela, e depois que notava o que eu estava fazendo virava o rosto e fingia que nada tinha acontecido.

_ Jeon! – eu me arrepiava inteiro quando ela me chamava assim manhosamente.

_ sim? – ela sorria e me batia brincando, o toque dela queimava em mim.

_ vamos lá.

                No portão de saída da escola ela me pedia para irmos comer em um restaurante comemorando nossos 6 meses juntos, eu tentava me fazer de difícil para ela não notar o quão emocionado eu tinha ficado, até parecia que éramos namorados e estávamos comemorando nosso namoro. Eu tentava esconder o sorriso que teimava em aparecer, mas acabei falhando e sorri.

_ há, sabia que você queria ir comigo. – ela começou a me puxar pelo braço e eu só a acompanhei, gostando muito de tê-la me arrastando pelos lugares, até que ela mudou a sua mão do meu braço para a minha mão, olhei para as nossas mãos entrelaçadas e dei mais um sorriso.

                Apertei a sua mão conforme íamos andando, eu não queria que ela soltasse, a sua mão era quente e macia, assim como no dia que ela tocou meu machucado eu senti sua pequena mão pressionando ali e por algum motivo o machucado não doía mais, e exatamente no outro dia ela estava me oferecendo uma pomada contra machucados e foi nesse momento que eu tive certeza que tinha me apaixonado por ela.

                Paramos em frente a uma doceria que ela amava e pedimos dois pedaços de bolo, o meu de limão e o dela de chocolate com morango, sempre que pedíamos esses sabores dividíamos os bolos em quatro pedaços e cada um pegava do prato um do outro. Riamos e brincávamos o tempo inteiro, e cada vez mais eu queria falar para ela “eu te amo, eu te amo tanto, quero ficar com você para sempre”. Eu estava planejando me declarar para ela, mas quando seria o momento perfeito? Optei pelo último dia de aula, que estava se aproximando bem rápido, mas dei de cara com uma notícia que partiu meu coração em mil pedaços.

_ Jeon, eu vou embora – olhei para ela, desejei que fosse uma brincadeira sem graça, mas não era.

_ o que?

_ Amanha eu estou indo embora, me desculpe te contar agora, estou voltando para Seul – isso não podia estar acontecendo, era o último dia de aula, eu estava planejando finalmente me declarar, por que?

_ eu... não. – ela baixou a cabeça e por um segundo pensei que ela iria chorar, mas se queria chorar se controlou.

_ eu realmente sinto muito, eu queria te contar esse tempo inteiro mas... eu estava gostando tanto de você, você virou meu melhor amigo – a palavra veio como uma faca no meu coração, era isso que eu era para ela, o melhor amigo, não mais que isso.

                Antes de ir para aula comprei uma pequena aliança para simbolizar o nosso futuro namoro que nunca iria acontecer, olhei para a pequena caixa que estava dentro da minha mochila e murchei. Ela decidiu me contar isso na hora da saída exatamente no momento em que eu estava prestes a jogar os meus sentimentos para ela, peguei o anel desanimado e o entreguei para ela.

_ um presente S/N – dei um sorriso amarelo – Quando você olhar para ele vai poder lembrar de mim. – agora eu sabia que meus olhos estavam marejados porque ardia, meu peito ardia com a dor de tê-lo quebrado, e eu vi a S/N com olhos marejados também e ela me abraçou forte e eu a senti soluçar no meu ombro, fechei os olhos com força deixando a lágrima solitária cair, era uma despedida eu havia perdido o meu primeiro amor sem nem ao menos ter começado.


Notas Finais


Gente me partiu o coração escrever esse cap, mas espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...