História Kim Taehyung (V)- "Como eu Era Antes de Você" - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Nina_11

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Jennie, Jisoo, Kai, Personagens Originais, V
Visualizações 2
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong! Hoje vim postar mais um capítulo da Fanfic (ATA), ficou grande, mas eu gosto de capítulos grandes e, desculpem caso vocês não gostarem..

Então, boa leitura!

Capítulo 2 - Cap. 2- A Briga


Fanfic / Fanfiction Kim Taehyung (V)- "Como eu Era Antes de Você" - Capítulo 2 - Cap. 2- A Briga

Conversamos mais um pouco e minha mãe disse que Kai não vai ir, um tal de Bacon... Ah, pera é Baekhyun, é... Baekhyun! Eu não conheço ele, não sei se ele é legal, ou chato, não sei. Sentei junto a minha mãe que assistia novela.


— Quem é Baekhyun mãe?- Perguntei ficando quase em cima dela.

 

Mãe- Ah, é o sobrinho da sua tia. 


— Hmm... Ok.


Me levanto e vou até a geladeira, abro a mesma e pego uma garrafa de água e tomo no bico mesmo.


Eu não curtia novela, então fui para meu quarto relembrar um pouco de coreano.


Subi as escadas correndo e entrei em meu quarto, peguei meu notebook e coloquei no YouTube e assisto uma tia ensinar coreano.


Como consigo me lembrar bem das coisas, vou conseguir falar pelo menos um pouco fluente. Mas né, esqueci que minha irmã ia ir junto.


Fui até seu quarto e abri a porta, ela estava sorrindo enquanto via algo no seu notebook.


~ Ta vendo X Vídeo a desgraça...


— QUE QUE CE TA VENDO AI?- Falo e corro até sua cama e pulando nela.


Samanta- Ai demônio, to conversando com o meu amigo!


Olho seu computador e estava no site do Omegle conversando com um coreano ou sei lá o que.


— Wha! Qual é o nome dele?


Samanta- Baekhyun!


Olho pro computador e aceno pra ele, mas ele apenas sorri fraco.


– Calma, não é esse Baekhyun que vai vir com a tia Kim?


Samanta- Sei lá, agora sai daqui por favor!


Mostro a língua pra ela e saio do quarto. Volto pro meu quarto e termino de ver o vídeo de fuckings 1 hora e meia de vídeo, desliguei notebook e me deitei na cama.


Fiquei pensando em coisas aleatórias, como: Gatinhos voadores, no tal Baekhyun, o que poderia acontecer se... MEU AVIÃO CAIR!


Não demorou muito, e eu adormeci.


• Quebra de Tempo

[Brasil, 7:00]


Acordei com a maravilhas do despertador berrando.


— CALMA DEMÔNIO!- Jogo o despertador no chão e por acidente, quebro ele.- MERDAAAA!


Me levanto e fico observando o despertador caido e quebrado no chão.


— Desculpa ai despertador... 


Vou para o banheiro e faço minhas higienes matinais, coloco uma calça rasgada no joelho e uma blusa de manga cumprida de lã branca, penteeio meu cabelo e deixo ele solto.


— LINDA, LIVRE, LEVE E SOLTA.- Canto alto e coloco minha meia.


Desso as escadas minha mãe deixou um bilhete no balcão, escrito o seguinte:


“S/n e Samanta, tem café na garrafa e pão no microondas. Fui ao shopping comprar algumas coisas pra vocês. Não reclamem e nem briguem, tenham juízo!

 Mamãe"


— Eu não gosto de café.- Vou até o armário e pego um pote de Nescau.- SAMAAAANTAA!- Grito e ponho leite na xícara.


A mesma sai correndo e tropeça no último degrau da escada e cai.


Samanta- AI MEU DEUS!- Ela olha pro seu joelho que estava apenas vermelho.


— Ai ela como é dramática.- Começo a rir.


Samanta- Aish, cade a mãe?


— Fugiu com o negão.- Rio e ela se levanta.


Samanta- Fala sério s/n! - Ela fica na minha frente, olhando pra cima me observando.- Eu vou te bater!


— Cala a boca menina, eu sou dois anos mais velha que você!- Fico mais perto dela.


Samanta- Obrigado!- Ela pega meu Nescau e toma.


— PORRAAAAAAAAAA!- Grito alto em seu ouvido.- Piranhona!


Samanta- Também te amo.


— MAS EU NÃO TE AMO!


Saio da frente dela rindo, e faço outro Nescau, tomo um pouco e olho pra ela.


— Meu.- Passo a língua pela beirada da xícara.


Samanta- Como você e é nojenta s/n.


— Como você gosta de cuidar da minha vida Samanta.


Samanta- Vai tomar um suco de Maracujá!


— Não.- Pego uma torrada e como. 


Ela fica quieta e eu faço o mesmo, termino de comer e lavo a minha xícara, seco e coloco no armário.


— Lava a sua xícara.


Ela faz um "sim" com a cabeça e vai pra pia, lava sua xícara e a seca.


Então deixo a mesa para Samanta arrumar então subo para meu quarto, pego minha toalha, vou pro banheiro e tomo um banho.


— Yolo yolo yolo yo...- Começo a cantar baixo e dançar no chuveiro.


Saio do banho e me enrolo na toalha, ando até meu quarto, entro e tranco a porta, me visto, passo perfume, lápis de olho e um rímel. Arrumei meu material e desci para baixo, Samanta já estava pronta, estava de cabelo amarrado e seu uniforme.


— Vamos, vou trancar a casa.- Vou trancando as janelas e depois vou para a porta, Samanta estava já lá fora, já de tênis.


Samanta- Eu estou com dor de cabeça...- Colocou a mão na cabeça e fez uma careta enquanto eu trancava a porta. 


— Tomou remédio?


Samanta- Não tinha... Pode deixar as chaves pra, mim caso eu venha para casa...?


— Pega.- Entreguei as chaves a ela.


Samanta- Obrigado.


— Se precisar me chame.- sorri para a menor e ela retribuiu com um sorriso e com um "sim".


Andamos até a escola, onde não era muito longe e nem muito perto. Conversamos um pouco sobre a viajem até chegar na escola, entramos e damos um "oi" para o tiozinho do portão, o ' Seu Regi', mas o nome dele é Reginaldo.


Ficamos no pátio esperando o sinal tocar, até o mesmo tocar.


— Tchau Samanta, se cuida.- Sorrio e ela faz o mesmo.


Samanta- Obrigado.


Ela foi pra sua sala e eu pra minha, cheguei minha sala e entrei, sentei no meu lugar que era na parede, adoro ficar morta lá.


— DIABÉTICOS SAIAM QUE O DOCINHO CHEGOU!- Gritei ficando de pé e apenas alguns garotos ficaram me olhando.


Sarah- Cala a boca menina!


— Quer tentar calar? Tampinha Anã de jardim!- Falei rindo e todos fazem o mesmo.


Sarah- Cala a sua boca, vagabunda!


— Quer fazer plástica ou o que? Ta com essa cara toda coisada, só vem que eu te dou um lindo tapa na cara que vai ficar linda.- Risos rodavam pela sala.


Eu odeio mais que tudo a Sarah! Aquela Saracura anã de jardim! 


Sarah- Quer que eu te bata sua peste!?- Ela fala e todos uivam.


Ninguém gosta dela, até trocou de sala e veio para a nossa, infelizmente, ma felizmente, uma garota do 7° ano bateu nela! E estamos no 1° grau. Acho que to amando essa garotinha.


Fui até a sua frente e ela começou a falar coisa com coisa.


— CALA A BOCA!


Sarah- Tu acha que vai me bater? Tu nem me alcança.


— Será?- Com a minhã mão, rapidamente puxo seus cabelos.


Ela fica de joelho, não consegue me alcançar e então eu dou uma joelhada em sua boca, começo com chutes e ela tenta me socar, apenas da alguns socos nas pernas. Socos fracos, igual a ela.


?- O QUE ESTÁ HAVENDO AQUI!?- O professor chega e alguns garotos postes também, tentam tirar Sarah de mim, mas eu tirava cada vez mais cabelo dela. 


O professor leva a gente para a diretoria e ela só da uma palestra que não sei o que lá, blá blá blá!

Ela chorava autos, eu só ria, a diretora quase me deu uma advertência por ficar rindo, eu sai da sala dando altas gargalhadas.


Volto pra sala, e todos estavam quietos, me sentia vermelha por todos estarem olhando para mim ao mesmo tempo.


— Qual é o problema? Perderam algo? Procurem no Posto Ipiranga! 


Todos sorriam ao ver que a piranhona entrou na sala, e todos começaram a gritar


Alunos- UUUH! A SARAH APANHOU! APANHOOU!

Sarah- Vai ter volta ainda, s/n.

Todos riam se ficaram zoando da pequena piranha. Que de pequena, só tem o cérebro, por que a vergonha na cara é enorme. 

(Aut.: Adoro )

[Continua...]







Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado! Se vocês gostarem, deixem seu favorito ❤ desculpem a demora por postar, mas está ai. O próximo capítulo já está sendo escrito, então espere.

E karaio, eu tava escrevendo a fic desse jeito, ai alguns dias depois, eu briguei do mesmo jeito :'v, seloko, me inspireu aki tiu

Até mais!
❤🍷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...